InícioInvestimentosRenda VariávelSwing trade: aprenda mais sobre a modalidade

Swing trade: aprenda mais sobre a modalidade

O swing trade pode ser considerado o oposto do day trade. Essa metodologia de investimentos em renda variável conta com outros objetivos e um período de investimento diferente.

Sendo assim, se quiser saber mais sobre o assunto e começar a investir desta maneira, acompanhe o texto a seguir. Nós preparamos um guia sobre o assunto para que você fique por dentro do tema.

O que é swing trade?

O swing trade é a operação de compra e venda de ações em um prazo maior comparado ao day trade. Por isso, ao operar nesta modalidade as negociações devem ser feitas no período de poucos dias ou semanas.

Para realizar estas aplicações não é necessário um conhecimento elevado sobre o mercado financeiro. Por isso, podem ser seguidas as orientações de um analista.

É importante lembrar que o swing trade ainda não é a metodologia de investimento em renda variável com os maiores prazos. Por isso, ainda é possível encontrar pessoas que tem como objetivo se tornar sócios de uma empresa e receber dividendos. Estas não tendem a se desfazer dos seus ativos em semanas.

Para aplicar em swing trade um investidor deve estudar as tendências do mercado em um prazo de dias ou semanas. Isso pode ser feito com base nos gráficos de rendimentos passado. Porém, é sempre bom lembrar que rendimento passado não é garantia de rendimento futuro. Por isso, o estudo e atualização é sempre necessário.

Como se faz?

Em primeiro lugar, para começar a fazer swing trade é necessário estudar o mercado em renda variável. Por isso, o investidor deve ter como foco encontrar tendências a médio prazo.

Swing traders costumam definir os gráficos que estudam com a variação de um ativo em dias ou semanas. Desta forma conseguem ter a visualização de tendências de forma mais prática.

Como o prazo dos investimentos têm por foco um retorno mais devagar, o investidor não precisa ter essa como sua única atividade. Sendo assim, alguém que opera em swing trade pode trabalhar ou ter outra atividade remunerada.

Por último, é interessante para quem quer operar em swing trade o conhecimento sobre mercados específicos. Desta forma, se o investidor souber muito sobre o meio imobiliário, por exemplo, saberá quando é o momento de investir neste a longo prazo, antes da valorização.

Cobranças e características

A taxa de corretagem costuma ser maior nas operações de swing trade. Por isso, é bom ter em mente que uma parte considerável do seu lucro pode ir para a taxas da corretora de valores.

Por outro lado, é bom lembrar que a cobrança de imposto de renda diminui em operações que duram mais do que um dia. Sendo assim, com o swing trade você tem como cobrança 15% sobre o seu lucro com a compra e venda dos ativos.

Nesta modalidade o investidor pode fazer uso do stop loss e do stop gain. Isso é indicado uma vez que a pessoa pode não estar atenta ao sobe e desce das ações a todos os momentos. Sendo assim, estas duas ordens de stop irão te proteger de eventuais perdas.

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDOS