Connect with us

Renda Variável

Day trade: como conseguir retorno relâmpago

Avatar

Publicado

on

Existem várias estratégias e maneiras de se operar na bolsa de valores, hoje vamos falar sobre uma destas, o day trade. Para quem tem pressa e um pouco mais de habilidade esta pode ser uma forma de ganhar dinheiro de forma rápida.

Por isso, caso queira fazer aplicações seguindo essa metodologia leia o texto a seguir e saiba se você se encaixa nos requisitos. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto.

O que é day trade?

A principal característica do day trade é a compra e venda de ações no mesmo dia. Portanto, essa pode durar alguns minutos ou no máximo algumas horas. Essa modalidade de compra e venda de ações requer grande atenção por parte do investidor.

Pessoas que investem com foco no day trade não buscam se tornar sócios de uma empresa, receber dividendos, ou uma valorização a longo prazo. Na verdade, estes investidores querem lucrar com a valorização rápida das aplicações que fez em um dia.

publicidade

O perfil dos investidores em day trade é o de pessoas com mais experiência na bolsa de valores. Sendo assim, deve haver um cuidado maior, já que estas operações têm um risco maior no retorno.

Como se faz?

Em primeiro lugar, uma pessoa que quer entrar no mundo do day trade deve definir o seu stop loss. Sendo assim, fica protegida de grandes prejuízos e sabe que não perderá muito dinheiro.

Essa modalidade de investimento também exige atenção constante. Por isso, é indicado que o investidor tenha essa atividade como principal. Afinal, já pensou comprar uma ação pensando em day trade e perder o melhor momento de venda porque está trabalhando?

Por fim, também é necessário que o investidor faça análise técnica. Em outras palavras, estude o mercado financeiro e encontre ativos que estão com tendência em alto crescimento. No entanto, é sempre bom lembrar que crescimento passado não é garantia de crescimento futuro. Por isso, o estudo e o aprendizado devem ser constantes.

Tendo cumprido todas estas características, o investidor pode começar a operar em day trade. Este deve comprar ativos entre as 10 horas da manhã e 5 horas da tarde, o horário de funcionamento da bolsa. O day trader deve comprar ações por um valor e vender estas quando estiverem mais valorizadas.

publicidade

Características e cobranças

Ao contrário da negociação de ações em um prazo maior, na qual o imposto de renda é de 15%, no day trade a cobrança é de 20% sobre os lucros. A taxa de corretagem também pode ser cobrada dependendo da corretora. Porém, em operações de day trade esta é menor.

Ainda vale a pena lembrar que o day trade conta com a opção de alavancagem. Sendo assim, caso não tenha dinheiro para operar uma compra, a corretora de valores pode fazer um “empréstimo” para o investidor.

Desta forma, a corretora irá ceder o dinheiro necessário e quando o investidor vender as ações e tiver o seu lucro a empresa terá o seu dinheiro de volta. Vale lembrar que também serão cobradas taxas por essa operação.

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Renda Variável

EURP11: investindo na Europa pela B3

Pedro Hostyn

Publicado

on

Se você pensou que não podia investir no mercado europeu, está enganado, pois o EURP11 serve justamente para isso. Da nossa extensa série de ETF da bolsa e seus funcionamentos, chegamos agora a ativos um tanto desconhecidos dos investidores em geral.

Por isso, é comum que esse ativo tenha baixa liquidez, ou seja, é mais difícil de comprar e vender ele. Mas para quem deseja o longo prazo, pode ser uma excelente ferramenta.

Vale a pena investir na Europa?

Para responder essa pergunta e saber se o EURP11 faz sentido para você, é necessário entender como funciona o ETF e como funciona, ainda, o mercado europeu. Por isso, vamos por partes para deixar tudo claro.

Mas antes de começarmos, vale sempre ressaltar que isso não é recomendação de compra ou venda e qualquer ação tomada por você é de sua responsabilidade! Ainda, quem investe baseado em “diquinhas” da internet sem, de fato, pensar no que está fazendo, provavelmente perderá dinheiro no futuro.

publicidade

Mas começando pelo mercado europeu, ele é a terceira potência do mundo, atrás apenas da China e dos Estados Unidos. No país, a Alemanha detém a economia mais forte e o mercado por lá é extensamente diversificado, assim como o EURP11. Dessa forma, você deve ter em mente que investirá em um mercado desenvolvido, ou seja, que muito provavelmente não tem o potencial que o Ibovespa tem. Mas diante das quedas atuais do índice por aqui, quem tem o dinheiro por lá ficou menos tenso.

Isso porque apenas nesse ano, desde seu lançamento, o EURP11 rendeu mais de 17%. Contudo, o Ibovespa opera em baixas fortes na casa dos 10%. Com isso, parte do portfólio em mercados externos é sempre um bom hedge.

EURP11 ETF

Foto: freestocksorg – reprodução

Sobre o EURP11

O EURP11 replica o índice teórico do MSCI Europe, que tem apenas empresas de grande e média capitalização nas bolsas europeias. Sim, são várias bolsas, indo da Suíça até o Reino Unido, passando por Alemanha e mais algumas bolsas.

Dessa forma, Nestlé, Roche, Louis Vuitton, ASML Holdings e tantas outras empresas fortes no mundo estão dentro do EURP11. Além disso, a carteira é diversificada em mais de 10 países, sendo Reino Unido, França, Suíça, Alemanha e Suécia as top 5 do ranking. Isso quer dizer que você vai investir, de fato, em quase todo o continente, o que dá uma segurança maior ao investidor.

Contudo, o ETF tem taxas cobradas pelo gestor do fundo, nesse caso, a XP Asset. A taxa é de 0,39% ao ano. Vale lembrar que esse valor é descontado da cotação e você não precisa fazer nada a respeito desse pagamento.

Por isso, se você deseja ter uma carteira mais internacionalizada e com menos exposição ao Brasil, pode ser uma excelente opção. Apesar disso, é importante que você entre na página da BlackRock e veja como o ETF de referência atual e como ele pode ajudar você. Ainda, você pode acessar o link de sites externos que explicam o ETF com excelentes detalhes também.

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Flls

Fundos imobiliários: saiba como ganhar dinheiro com eles

Pedro Hostyn

Publicado

on

Se você gosta de uma renda passiva, você provavelmente já conhece os fundos imobiliários (FII) e, com certeza, adora eles. Isso porque a categoria de investimento tem um risco-retorno bem menor que as ações, mas representam, igualmente, riscos.

De qualquer forma, existem duas formas de ganhar dinheiro com os fundos imobiliários. Se você conhece apenas uma, não saia daqui!

A forma tradicional de ganhar com FII

O jeito mais comum de ganhar dinheiro com os fundos imobiliários é, de fato, comprar cotas e esperar o dinheiro entrar todos os meses. Apesar disso, esses retornos tem algumas desvantagens, mesmo que as vantagens compensem sempre.

Das vantagens dessa forma, podemos enumerar que a oscilação dos preços dos FII são, em sua grande maioria, bem menores que das ações. Assim, em dias que a bolsa caiu 3,28% (19 de outubro), o IFIX operou em leve baixa de 0,27%. Apesar disso, a retomada também é mais lenta.

publicidade

Contudo, os fundos imobiliários são recomendados para iniciar na bolsa, dado que a variação é menor que o cotista pode se acostumar gradativamente. Além disso, escolher bons FII pode ser a chave para o sucesso no longo prazo. Isso porque o investidor reaplica o valor das cotas e, gradativamente, esse bolo vai crescendo. A isso damos o nome de “efeito bola de neve”, ou seja, um investidor que compra dez cotas de MXRF11, por exemplo, recebeu R$0,80 no último mês. Se for reinvestindo no ativo, juntamente com novos aportes, uma hora os proventos ultrapassarão o valor de uma cota. Quando isso ocorre, o investidor compra uma cota com custo zero.

Apesar disso, os proventos mensais não são a única forma de ganhar dinheiro com fundos imobiliários. E é isso que mostra uma outra estratégia.

fundos imobiliários FII

Foto: Scott Webb / Pexels

Uma forma incomum nos fundos imobiliários

Outro modo de ganhar dinheiro é comprar fundos imobiliários descontados no mercado. Para isso, alguns indicadores deve ser conhecidos, assim como as vantagens e desvantagens.

Quem usa essa estratégia, usa o P/VP (preço sobre valor patrimonial) para ver quais FII estão descontados. Assim, um P/VP abaixo de 1 representa FII descontado, enquanto que valores acima de 1 representam ativos supervalorizados. Dessa forma, o investidor busca comprar os fundos imobiliários com o indicador abaixo de 1 e vender quando estiver acima de 1. Assim, ganha-se dinheiro na cotação do ativo e, por vezes, com proventos mensais também.

Isso porque uma das desvantagens de comprar dessa forma é que você pode acabar esbarrando em ativos ruins, que não pagam proventos e que estão em fases péssimas. Por outro lado, também pode pegar um fundo imobiliário excelente que o mercado, por algum motivo, decidiu precificar abaixo do valor patrimonial. Uma das estratégias que usa esse modelo é a S-Rank, do Clube do Valor, mas existem outras também. Ou melhor ainda, você pode montar a sua!

Dá pra inovar?

Sim! Você pode mesclar duas estratégias de FII ou, ainda pode seguir uma delas e simular a outra para ver qual dá um retorno mais satisfatório para o que você procura. Como sempre reafirmamos, o ideal é tomar decisões autônomas, sem seguir dicas. E vale lembrar que o ativo mencionado aqui não é recomendação de compra!

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Ações

Investimentos Offshore: Por onde começar?

Jéssica Queiroz

Publicado

on

Os investimentos Offshore são praticamente considerados uma modalidade de investimento fora do território nacional 

Dentro do universo de negócios e investimento é possível encontrar uma grande variação de tipos de investimentos. Alguns são específicos e aplicados apenas dentro do país, através de plataformas autorizadas. No entanto, também existem investimentos que podem ser feitos fora do país, sem a necessidade de uma plataforma. Uma dessas modalidades é o investimento Offshore. Já ouviu falar? 

Investimento Offshore: O que é? 

Investimento Offshore

Imagem: Istock Photos

Assim como investimentos realizados no próprio país, através da B3, existem outros tipos de aplicações. 

O investimento Offshore, por exemplo, é um tipo de investimento cujas aplicações em seus ativos são feitas fora do país. 

Mesmo possuindo uma sede internacional, ainda é possível que os investidores invistam em ativos no próprio país de origem. Além disso, esse tipo de aplicações garante investimento em:

publicidade
  • Títulos privados;
  • Fundos;
  • Variação cambial;
  • Ações;

Onde essas companhias de ações Offshore estão localizadas? 

Imagem: Istock Photos

Diferente de algumas plataformas de ações que são autorizadas para exercer funcionamento fora do próprio país, as companhias  de investimento Offshore atuam em paraísos fiscais. 

Motivo? Esse tipo de investimento garante inúmeros benefícios tributários que geram confusão em outros tipos de países. Benefícios como sistema fiscal simples e Cobrança de impostos de natureza baixa;

Por isso, é uma companhia que pode ser encontrado em paraísos fiscais como: 

  • Suíça;
  • Bahamas;
  • Panamá;
  • Ilhas Cayman;

Veja o quão fácil é investir em fundos Offshore 

Investimentos Offshore

Imagem: Istock Photos

Quando se pensa em investir no exterior, muitas pessoas acabam desistindo por achar ser uma tarefa complicada. 

No entanto, diferente do que muitos pensam é possível encontrar formas muito mais fáceis de realizar esses tipos de investimento. 

Uma dessas formas é a procura de plataformas e corretoras de investimento internacionais. Existem muita delas e cada vez mais elas têm ganhado espaço no mercado de investimento, conquistando a confiança de seus investidores:

ETFs

O Exchange Traded Funds são fundos de ações que possuem suas cotas negociadas pela BM & FBovespa. 

publicidade

Sendo assim, é permitido realizar investimentos em diversos tipos de ativos simultâneos dentro da plataforma, principalmente investimento Offshore.

BDRs

Brazilian Depositary Receipt permite acesso total ao mercado financeiro internacional através de aquisição de valores mobiliários estrangeiros. 

Os BDRs são uma grande oportunidade para quem deseja realizar investimentos Offshore sem grandes burocracias. 

Quais as vantagens desse tipo de investimento? 

Imagem: Istock Photos

Uma das consideradas principais vantagens de investimentos Offshore é a possibilidade de exploração de um mercado mais estável e rendimentos satisfatórios. 

Além disso, alguns dos países mais procurados para a realização desse investimento, oferecem isenções totais de impostos e sigilo em cada operação. 

Claro que, um investimento completo e volátil como esse não garante apenas essas vantagens. Através dos investimentos Offshore, é investidor tem: 

publicidade
  • Grande possibilidade de realizar investimentos diversificados;
  • Liberdade cambial;
  • Proteção total e completa de todo patrimônio adquirido nas operações;
  • Tributações consideravelmente menores do que em outros investimentos;

Além disso, essa modalidade é mais voltada a investidores que possuem uma carteira de investimento considerada maior. 

Isso porque, o investimento garante que quanto maior a carteira de investimento, mais vantagens são oferecidas pelo investimento Offshore. 

 

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Ações

Ativos financeiros: Quais são os tipos mais comuns?

Jéssica Queiroz

Publicado

on

Ativos financeiros são ótimas oportunidades para investidores que desejam fazer com que o dinheiro renda cada vez mais 

Ativos financeiros podem ser encontrados dos mais variados tipos dentro do mercado de investimento. Com eles, torna- se mais fácil para um investidor traçar suas metas e alcançar seus objetivos financeiros. Além disso, é possível que esse mercado seja maior aproveitado, podendo expandir cada vez mais a linha de investimento. 

Ativos financeiros: O que são?

Ativos financeiros

Imagem: Istock Photos

 

Ativos financeiros são considerados instrumentos intangíveis derivados de acordos contratuais que já existem. 

No caso do mercado financeiro, esses ativos são os conhecidos “investimentos”, como é o caso de ações e títulos referentes a dívidas. 

Os ativos do ramo de finanças são capazes de gerar renda. Sendo assim, seus investidores podem explorar seus valores e obter rentabilidade ao investir neles. 

publicidade

Ativos financeiros e passivos financeiros são a mesma coisa? 

Imagem: Istock Photos

Ao falar sobre os ativos financeiros, também é necessário que sejam considerados os passivos financeiros.

Apesar de serem semelhantes, a principal diferença entre eles é que os ativos são capazes de gerar renda, e os passivos geram apenas despesas. 

Ativos financeiros podem ajudar na construção de patrimônio, justamente por gerarem renda a seus investidores. 

Entretanto, passivos financeiros agem de outra forma. Eles consomem toda a renda gerada através dos ativos. 

Conheça mais sobre esses ativos. Veja quais os tipos mais comuns 

Ativos financeiros

Imagem: Istock Photos

Ativos financeiros são divididos de acordo com seus resultados. Sendo assim, um investidor pode escolher as melhores alternativas que estão alinhadas aos seus objetivos de investimento. 

São inúmeros os tipos de ativos que se pode encontrar no mercado. No entanto, existem aqueles considerados favoritos dos investidores: 

Reserva de emergência 

Embora muita gente ainda não saiba, as reservas de emergência são consideradas um tipo de ativo de investimento. 

publicidade

Isso porque, a reserva simboliza um montante de dinheiro aplicado para que o investidor tenha uma estabilidade financeira no futuro.

Além disso, qualquer pessoa pode realizar uma reserva de emergência. Mesmo aqueles que não têm nenhum tipo de participação com a bolsa de valores ou o mercado geral de ativos.  

Geração de renda

Ativos financeiros

Imagem: Istock Photos

Muito diferente da reserva de emergência, a geração de renda tem seu foco baseado em ganhos periódicos. 

Neste caso, também são conhecidos como ativos de renda passiva. Esse tipo de investimento é conhecido por serem de longo prazo. 

Crescimento de capital 

Como o nome já diz, os ativos financeiros de crescimento de capital visam a multiplicação de um montante financeiro. 

Uma das características mais fortes desse tipo de ativo é o seu potencial de retorno de longo prazo. 

publicidade

Quais os principais ativos investidos no mercado financeiro?

Imagem: Istock Photos

Esses ativos podem ser divididos em diferentes classificações, mas também podem ser caracterizados por diferentes tipos. 

Dentro do mercado de investimento, os ativos mais conhecidos e investidos são as ações. 

No entanto, não é o único tipo. Também podem ser considerados ativos financeiros: 

  • Títulos públicos;
  • Fundos multimercado;
  • Títulos privados;
  • Poupança; 
  • Fundos de ações;
  • Derivados;
  • Letras de câmbio; 
  • Fundos de renda fixa; 
  • Debêntures; 
  • CRI’s; 
  • LCI’s; 
  • Fundos imobiliários; 
  • ADRs;
  • COE’s;
  • ETFs;

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Ações

Facebook vai mudar de nome; entenda

Pedro Hostyn

Publicado

on

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, afirmou que a empresa vai trocar de nome nos próximos dias. Segundo ele, é uma tentativa da companhia de se desvincular apenas de uma rede social para fazer bem mais que isso.

Além disso, a empresa tem uma estratégia de mudança, passando do social para uma rede chamada metaverso.

O que é o metaverso do Facebook?

Metaverso é um ambiente na internet onde pessoas podem interagir de forma econômica e social. Para resumir, seria como um ambiente para conversar e fazer trocas de dinheiro. Para fazer isso, os clientes usam diferentes ícones e bonequinhos, chamados de avatares.

Isso acontece, por exemplo, em jogos de entretenimento. O mais famoso deles é um jogo onde cria-se um avatar para minerar uma criptomoeda própria do jogo. É a intenção do jogo Axie Infinity, por exemplo. Nesse jogo, os players jogam as fases e os universos do jogo em busca de uma criptomoeda que, na vida real, vale dinheiro. Eles podem trocar essa moeda em casas de exchange de criptos, como a Binance. A criptomoeda é a AXS.

publicidade

A ideia do Facebook é fazer o mesmo caminho de modo a ter uma carteira digital própria, como já comentamos anteriormente por aqui. Dessa forma, os usuários do Facebook, que são muitos, poderiam transacionar na moeda da empresa, o que geraria alta liquidez e daria força à moeda. É mais um jeito de descentralizar o dinheiro, como dólar e euro.

Facebook

Foto: Divulgação/Facebook

Mas vai mudar o nome de tudo?

Não. Espera-se que o Facebook troque apenas o nome da holding, o que manteria o nome das empresas que estão no guarda-chuva da empresa, como a própria rede social e o WhatsApp.

Funciona assim: o Facebook é uma empresa que tem diversas empresas. Dessa forma, o Facebook é dona de uma rede social com o mesmo nome (Facebook), além de ter outras empresas, como o WhatsApp e o Instagram.

A ideia de Mark é que o Facebook dono das demais empresas troque de nome para que todas as empresas da companhia sejam vistas de forma distinta. Isso porque, hoje, o mercado vê Facebook Holding e Facebook rede social como a mesma coisa. Dessa forma, o novo nome daria uma cara nova à empresa.

Contudo, nenhum nome ainda foi divulgado e os fãs esperam ansiosamente para ver as novidades. O mercado espera que o novo nome seja lançado na conferência anual da empresa, que será no dia 28 de outubro. Com a nova cara, a empresa se torna ainda mais voltada à tecnologia do futuro, buscando investir naquilo que os novos tempos estão demandando.

Esse tipo de reestruturação é comum em diversas empresas. Dos casos brasileiros, tivemos o nome da Via Varejo mudado para Via recentemente. O intuito era o mesmo: sair do setor que o nome empregava. Dessa forma, a troca do nome Facebook para outro é apenas uma jogada de marketing que pode dar muito resultado.

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Ações

Tesla registra lucro e anima o mercado

Pedro Hostyn

Publicado

on

A Tesla, do icônico Elon Musk, apresentou ao mercado lucros acima das expectativas e animou os investidores nos dois últimos pregões da semana. A empresa de carros elétricos conta com números excepcionais e já é uma das queridas do mercado mundial.

A empresa apresentou US$1,62 bilhão de lucro líquido, o que representou uma alta de 389% em relação ao mesmo período do ano passado.

Quem é a Tesla?

A Tesla (B3: TSLA34) é uma empresa de carros elétricos e outros componentes de baterias para automóveis. Mais conhecida pelo seu dono, o polêmico e divertido Elon Musk, a empresa é lider em automotivos movido à energia.

Isso porque a empresa é a primeira do mundo a vender mais de 2 milhões de carros elétricos. Com isso, a empresa deixa de ser uma empresa do futuro e passa a ser uma realidade no mundo sustentável.

publicidade

Além disso, os carros da Tesla são extremamente seguros. Conforme a distribuição das baterias no chão do veículo, alguns modelos tem baixíssimas probabilidades de capotar, por exemplo. Assim, a empresa ganha mercados cada vez mais amplos, como Estados Unidos e União Europeia.

Com esses resultados, o Lucro por Ação ficou na casa dos US$1,86, acima das expectativas do mercado, que giravam em torno de US$1,59.

Cresceu muito!

Com o resultado apresentado, a Tesla já cresceu 57% no ano de 2021, mais que muitas empresas do mundo. Com isso, ela se tornou a queridinha do mercado, operando em forte alta nos pregões que sucederam o release.

Isso porque os lucros aumentaram, assim como as vendas. O número de carros entregues no ano já passa dos 200 mil. Vale lembrar também que o mundo sofre com a escassez de chips, o que mostra a força da empresa em driblar os cenários de adversidade.

Na quinta-feira, 21, os BDR de Tesla (TSLA34) operaram em alta de 5,84%, fechando o dia a R$158,05. Já no pregão de ontem, 22, os mesmos ativos operaram em mais uma alta não muito relevante, fechando com subida de 0,03%. Apesar disso, o ativo ficou bem melhor que o Ibovespa em ambos os dias, mostrando a importância da diversificação.

publicidade

Outro fato curioso dos resultados da empresa foi o lucro reportado na categoria “reestruturação e outras”. Isso porque esse ativo representa os investimentos da empresa em Bitcoins. Para a surpresa do mercado, o valor investido na criptomoeda ficou na casa dos US$51 milhões.

Tesla

Tesla Model Y 2022. Foto: Tesla / Reprodução

É um bom investimento?

Investir na Tesla pode parecer um excelente negócio para o futuro. De fato, muitos analistas passam a prever que a empresa será líder em venda de automóveis no futuro. Apesar disso, é preciso tomar cuidado no investimento.

Isso porque a empresa ainda não é líder de mercado e pode perder se as concorrentes se moverem mais rapidamente. Contudo, os números mostram que os investidores estão se dando bem. Vale a pena dar uma estudada e ver se o ativo se encaixa na sua carteira!

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Title

Ibovepa Ibovepa
Investimentos2 horas atrás

Ibovespa: à espera da Selic, índice fica de lado

O Ibovespa ficou de lado hoje, à espera da definição das taxas e juros na economia brasileira. A nova Selic,...

Ciro Gomes Petrobrás Bolsonaro Ciro Gomes Petrobrás Bolsonaro
Política3 horas atrás

Ciro Gomes critica a política de privatização da Petrobrás

Em mais uma de suas fortes declarações, o presidenciável Ciro Gomes se manifestou em sua rede social, se colocando contra...

Selic dólar banco central Selic dólar banco central
Economia6 horas atrás

Selic e dólar: o que podemos esperar daqui em diante?

O Banco Central, através do COPOM, falará ao mercado qual a nova taxa básica de juros do Brasil, a Selic....

exportação de carne exportação de carne
Economia7 horas atrás

Exportação de carne: por que a China barrou o Brasil?

Desde o dia 4 de setembro, a China barrou a entrada de carnes provenientes do Brasil. Com isso, a exportação...

10 fundos de investimentos que mais renderam no C6 Bank 10 fundos de investimentos que mais renderam no C6 Bank
Investimentos8 horas atrás

10 fundos de investimentos que mais renderam no C6 Bank

Diante das incertezas no cenário político-econômico e da alta da taxa básica de juros (a Selic), muitos investidores estão aumentando...

EURP11 EURP11
Renda Variável23 horas atrás

EURP11: investindo na Europa pela B3

Se você pensou que não podia investir no mercado europeu, está enganado, pois o EURP11 serve justamente para isso. Da...

Ibovespa Ibovespa
Investimentos1 dia atrás

Ibovespa fecha em queda com dados da inflação

O Ibovespa fechou mais uma vez em queda. Hoje, os motivos do mercado para as fortes vendas ficaram a sob...

CPI da Covid Bolsonaro CPI da Covid Bolsonaro
Política1 dia atrás

CPI da Covid mira Bolsonaro e outros políticos

A CPI da Covid votou, nesta terça-feira (26), o relatório final da comissão e solicitou o afastamento do presidente Jair...

99Pay lança cashback com pagamento em bitcoin 99Pay lança cashback com pagamento em bitcoin
Moedas e Câmbio1 dia atrás

99Pay lança cashback com pagamento em bitcoin

A 99Pay, carteira digital do app de transporte 99, anunciou que vai incluir em sua plataforma um sistema que permite...

Bolsa estressada Bolsa estressada
Economia1 dia atrás

Bolsa estressada: Saiba o que pode estar causando

A Bolsa estressada é apenas um termo usada quando a Bolsa de valores se mantém em constante queda  A Bolsa...

Mais lidos