InícioRenda FixaCDBCDB: Tudo que você precisa saber

CDB: Tudo que você precisa saber

CDB é a sigla para Certificado de Depósito Bancário. Esse é um jeito de investir em renda fixa. Nesta modalidade uma pessoa empresta dinheiro para um banco e depois de um prazo combinado recebe o valor de volta com juros. 

Já pensou em inverter os papéis? Ao invés de pegar dinheiro emprestado de um banco e pagar por isso, você vai receber e sair no lucro! Gostou da ideia? Acompanhe nosso artigo para ter mais informações sobre o assunto.

Como funciona?

Os bancos emprestam dinheiro, certo? Isso todos sabem. Mas de onde vem esse dinheiro que é emprestado? Os bancos não podem simplesmente inventar o dinheiro! O valor tem que vir de algum lugar. E é aí que entra o investidor que realiza um CDB.

Deste modo o banco paga juros para aqueles que fizeram CDB e cobra juros de quem realiza empréstimos no banco. Assim a instituição consegue se manter e fazer o dinheiro ir para quem está precisando no momento, de uma forma que todos ganhem.

Como é feito o rendimento?

Existem duas maneiras. Um tipo de CDB tem sua taxa de rendimento ligada ao IPCA. Esta é a taxa da inflação. Se você escolher um CDB desta modalidade pode ter certeza de que nunca perderá dinheiro. Isso porque seus rendimentos sempre serão maiores que a inflação.

Existem também os CDBs com uma taxa pré fixada. Na prática isso significa que no momento do investimento será definida uma taxa de rendimento, como 10% ao ano, por exemplo. Esse será o valor que seu dinheiro vai render enquanto ficar aplicado.

Muitos investimentos em Renda Fixa se baseiam na Taxa Básica de Juros para fazer seus rendimentos. Essa atualmente está em 2,75%. É possível encontrar CDBs com rendimentos maiores no mercado, alguns pré fixados chegam a ter taxa de 13%. Sendo assim essa modalidade pode ser muito mais vantajosa que outras.

Um CDB tem cobranças?

O CDB tem Imposto de Renda. Mas este é apenas sobre a rentabilidade. Em outras palavras, será cobrado imposto apenas sobre o seu lucro. Quanto maior o tempo que seu dinheiro ficar investido, menor será o Imposto de Renda cobrado. Isso se chama Imposto de Renda Regressivo. Procure por essa vantagem em investimentos.

Caso você queira tirar o dinheiro antes da hora alguns bancos podem fazer cobranças! Por isso, o ideal é esperar até o momento definido para poder recolher seus lucros. Leia bem todas as regras da aplicação para saber se é possível resgatar o dinheiro antes do prazo ou não.

Algumas corretoras de valores cobram uma taxa para realizar seus investimentos. Essa é chamada de Taxa de Corretagem, mas também pode aparecer com outros nomes. Fique atento! No mercado já existem ótimas corretoras com muita segurança que não cobram taxa alguma. É possível investir em CDB sem ter essa cobrança.

CDB é seguro?

Sim, eles são! CDBs têm garantia do FGC. Essa é a sigla para Fundo Garantidor de Crédito. Uma garantia que caso o banco em que você fez seu investimento decrete falência você terá seu dinheiro de volta. E o melhor: com os rendimentos.

Mas atenção! O FGC só cobre investimentos até 250 mil reais por instituição e por pessoa física.

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDOS