InícioRenda FixaCDBRenda fixa: um guia para o investidor

Renda fixa: um guia para o investidor

Renda fixa é a melhor escolha para investidores conservadores. Estes são aqueles que querem correr riscos pequenos e ter retorno garantido. Em resumo, é possível fazer investimento de curto ou longo prazo e em instituições públicas e privadas. E o melhor! Na renda fixa você já sabe o quanto seu dinheiro vai render no momento da aplicação

Preparamos um Guia completo para você encontrar o investimento perfeito:

Poupança

Muitas pessoas não sabem, mas Poupança é uma aplicação em Renda Fixa. Atualmente os rendimentos são de 70% da Taxa Selic ao ano. Esta é taxa de juros básicos nacional. Usada tanto para empréstimo e investimentos. A Poupança é um dos investimento menos rentáveis. Mas conta com segurança.

Como fazer? Basta abrir uma conta Poupança na sua agência bancária.

Tesouro Direto

Primeiramente, existem 3 diferentes Tesouros Diretos. Este é um título público. Em outras palavras, você empresta dinheiro para o Governo. Ao fim do prazo você irá receber o valor de volta acrescido de juros. A segurança é alta e a rentabilidade maior que a Poupança, o que chama a atenção. Se lembre que há cobrança de Imposto de Renda. Contudo, quanto mais tempo seu dinheiro ficar aplicado menor será o imposto.

Como fazer? Procure uma corretora ou agências bancárias e informe a intenção. É possível achar corretoras sem taxa de corretagem.

CBD

Sigla para Certificado de Depósito Bancário. São empréstimos para bancos. Na maioria bancos novos que precisam de fundos. O Imposto de Renda diminui quanto maior o tempo de investimento. Existe chance de achar ótimas taxas. Contudo, verifique se o investimento conta com FGC. Uma vez que essa é a garantia que seus investimentos estão seguros.

Como fazer? Procure uma corretora ou agências bancárias e informe a intenção. É possível achar corretoras sem taxa de corretagem.

LCI e LCA

Estas são siglas para Letra de Crédito Imobiliário e Letra de Crédito do Agronegócio. Portanto, são maneiras de emprestar dinheiro para estes setores. Os rendimentos podem ser fixos, ou ficar ligados ao CDI. Além disso, neste não se cobra Imposto de Renda!

Como fazer? Procure uma corretora ou agências bancárias e informe a intenção. É possível achar corretoras sem taxa de corretagem. Pode ser pedido um valor mínimo de 5000 reais.

Debêntures

Neste o seu dinheiro é emprestado para empresas privadas. Assim há um risco maior. Similarmente a LCI e LCA, o rendimento pode ter uma taxa fixa definida no momento do investimento ou depender do CDI.

Como fazer? Procure uma corretora ou um investidor que já tem uma debênture para revender.

CRI e CRA

Siglas para Certificado de Recebíveis Imobiliários e o Certificado de Recebíveis do Agronegócio. Podem ser muito rentáveis. Mas são menos seguras que títulos públicos. Este investimento é taxado pelo Imposto de Renda e o IOF. Os rendimentos podem depender do CDI ou ser fixos.

Como fazer? Procure uma corretora ou um investidor que já tem uma CRI ou CRA para revender.

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDOS