Início Investimentos Renda Variável B3: desmistificando a bolsa de valores nacional

B3: desmistificando a bolsa de valores nacional

A primeira ideia que vem à cabeça quando se fala em bolsa de valores nacional (B3) é aquele cenário onde várias pessoas gritam ordens de compra e venda de ações em meio a uma bagunça. Porém, atualmente a bolsa não opera dessa forma, há mais de 10 anos as transações vêm acontecendo de forma virtual.

Preparamos este texto para desmistificar a imagem que muitos podem ter da bolsa de valores. Você sabia que apenas 0,3% dos brasileiros investem na B3 (Bolsa de valores nacional)? Por isso, caso queira entrar para este mercado de investimentos lucrativos, continue a leitura e saiba mais.

O que é a Bolsa de valores?

A bolsa de valores é um mercado de títulos, pessoas ou empresas podem comprar ou vender estes. Por isso, a B3 busca fazer estes processos de compra e venda rápidos e seguros. Esta entidade administra e registra todas as negociações que são realizadas.

Ao comprar uma ação de uma empresa você se torna um sócio desta. Portanto pode receber dividendos, bonificações ou revender a sua participação em um momento de alta da empresa.

Vale lembrar que ações não são o único tipo de aplicações negociadas na bolsa de valores. Por exemplo, commodities, derivativos e moedas também podem ser comprados e vendidos.

1º passo para ter sucesso na B3

Em primeiro lugar, para ter sucesso na B3, é preciso que você saiba qual é o momento certo para comprar e para vender seus títulos. Portanto, é necessário comprar títulos quando estes estão em baixa e os vender durante momentos de valorização.

Pode ser complicado no começo entender qual é a lógica por trás destes movimentos da B3. No entanto, existem corretoras de valores nas quais um analista irá fazer indicações dos melhores investimentos para você. É importante lembrar que o único profissional que pode fazer recomendações de investimentos na bolsa é o analista financeiro, uma vez que este tem estudo na área.

2º passo para ter sucesso na B3

Uma vez que você tiver uma noção maior sobre o momento de compra e venda é possível ir para o segundo passo. Este é o que analistas financeiros chamam de gestão de risco e planejamento.

Como investimentos em renda variável não apresentam certeza de retorno é necessário saber se planejar. Por isso, saiba que um dos fatores principais que garantem sucesso na B3 é a capacidade de lidar com cenários ruins.

Sendo assim, este passo se refere à capacidade de estar pronto para reagir a eventuais prejuízos do mercado e se preparar para adversidades. Desta forma, mesmo depois de não ter os retornos esperados você pode continuar investindo.

3º passo para ter sucesso na B3

Esse é o momento que mais assusta os investidores, é hora de ir para a prática. Tente começar colocando uma quantidade pequena de dinheiro e tendo em mente que esta primeira aplicação tem apenas fins educativos.

Também é importante procurar por uma corretora que te ofereça informações e analistas confiáveis. É possível até mesmo encontrar corretoras que não cobram por esse serviço, por isso procure com atenção.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui