Connect with us

Sem categoria

Selic: Copom deve definir hoje (03) a taxa básica de juros

Publicado

on

Nesta quarta-feira (3), o Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central (BC), deve definir a taxa básica de juros (Selic) dos próximos 45 dias. De acordo com o Boletim Focus, pesquisa realizada semanalmente com analistas do mercado financeiro, a expectativa é que a Selic passe de 13,25% para 13,75% ao ano, com alta de 0,5 ponto percentual. 

Além disso, especialistas esperam que a Selic permaneça nesse mesmo patamar até o final de 2022. Na última reunião realizada pelo Copom, os membros do Comitê indicaram a pretensão de aumentar novamente a taxa básica de juros em 0,5 ou 0,25 ponto percentual. Apesar disso, a possibilidade de realizar novas altas por conta da inflação ficou em aberto.

De acordo com a Agência Brasil, comunicados divulgados pelo Banco Central até maio de 2022 indicavam que havia a pretensão de encerrar as elevações na taxa básica de juros (Selic). No entanto, as altas além do previsto em âmbito internacional acabam adicionando uma pressão sobre a taxa de juros brasileira.  

A empresa de comunicação ainda informou que após consequentes altas nos últimos meses, estimativas indicam que a inflação no Brasil vem diminuindo, como a última edição do boletim Focus. Apesar disso, alguns impactos internacionais como a guerra entre a Rússia e Ucrânia continuam influenciando no valor do diesel, fertilizantes e outras mercadorias importadas, impactando o dia a dia dos brasileiros.  

publicidade

Além da guerra no Leste Europeu, a instabilidade econômica nos Estados Unidos também tem provocado uma volatilidade na cotação do dólar ao redor do mundo. Desse modo, a economia de vários países acaba sendo influenciada. 

Apesar disso, o Conselho Monetário Nacional definiu que a meta de inflação para 2022 é de 3,5%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Sendo assim, o limite inferior é 2% e o superior, 5%. 

Comitê de Política Monetária (Copom)

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central do Brasil reúne-se a cada 45 dias com o intuito de estipular a taxa básica de juros. No primeiro dia do encontro, especialistas realizam apresentações técnicas sobre a evolução e as perspectivas das economia brasileira, bem como da economia mundial e o comportamento do mercado financeiro. 

Por fim, no segundo dia de encontro, os membros do Comitê de Política Monetária (formado pela diretoria do Banco Central) analisam as possibilidades e definem a taxa Selic. 

Saiba como o aumento da taxa Selic influencia a população

A taxa Selic é a taxa básica de juros utilizada em negociações de títulos públicos pelo Tesouro Nacional no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic). Desta forma, ela serve como referência para outras taxas da economia brasileira, sendo a principal forma do Banco Central do Brasil manter a inflação controlada. 

publicidade

Quando a taxa Selic se mantém baixa, paga-se menos juros por empréstimos. Sendo assim, a rentabilidade nos investimentos na renda fixa também é mais baixa, ou seja, quando a taxa Selic tem uma alta, significa que os juros dos investimentos também vão render mais.

O aumento da taxa Selic é uma ótima oportunidade para investidores que possuem perfil mais conservador. Pois, desse modo, é possível garantir rendimentos, sem a necessidade de investir o dinheiro em aplicações de renda variável que são um pouco mais arriscadas. 

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Generated by Feedzy