Connect with us

Direitos do Trabalhador

Auxílio Brasil: dois grupos ainda recebem 8ª rodada nesta semana

Publicado

on

Mais dois grupos de usuários do Auxílio Brasil poderão receber o dinheiro da oitava rodada do benefício ainda nesta semana. Segundo as informações oficiais, nesta quinta-feira (23) é a vez dos cidadãos que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) final 5. Já na sexta-feira (24), é a vez das pessoas que possuem o NIS final 6.

Para quem tem o NIS final 5, o dinheiro já está depositado na conta desde as primeiras horas da manhã. Basta abrir o app do Caixa Tem e conferir o saldo. O cidadão pode usar a quantia para pagar contas na forma de boletos, realizar transferências e até mesmo algumas compras utilizando o formato do cartão de débito.

Na sexta (24), a mesma regra poderá ser aplicada para as pessoas que recebem o Auxílio Brasil e têm o NIS final 6. Os usuários que têm o Número de Inscrição Social finais 7, 8, 9 e 0 poderão movimentar a quantia apenas a partir da próxima semana. Para ser mais preciso, os pagamentos para este público acontecem entre os dias 27 e 30 de junho respectivamente.

Segundo o Ministério da Cidadania, pouco mais de 18,15 milhões de brasileiros estão aptos ao recebimento do Auxílio Brasil neste mês de junho. O número representa um aumento de pouco mais de 10 mil cidadãos em relação aos dados registrados no mês de maio. No entanto, a elevação não foi suficiente para acabar com a fila de espera.

publicidade

Dados mais recentes da Confederação Nacional dos Municípios apontam que pouco mais de 2,8 milhões de brasileiros estavam na fila de espera para o recebimento do Auxílio Brasil no último mês de abril. A lista inclui as pessoas que cumprem todas as exigências de entrada, mas que por falta de espaço no orçamento, ainda não foram selecionadas para o benefício.

Quem pode receber o Auxílio Brasil?

Segundo as informações oficiais, as regras de entrada no Auxílio Brasil seguem basicamente as mesmas. Segue valendo a ideia de que é necessário ter uma conta ativa e atualizada no Cadúnico. A inscrição acontece pelas prefeituras de cada cidade.

Além da vaga no Cadúnico, também é importante ter uma renda per capita que coloque o cidadão em situação de extrema-pobreza. Quem está em condição de pobreza também pode receber, desde que resida com uma gestante ou um menor de 21 anos de idade.

Como dito, mesmo as pessoas que cumprem todas as regras acima, ainda precisam esperar pela seleção do Ministério da Cidadania. O Governo Federal argumenta que não tem como inserir todos os indivíduos no programa neste momento.

Aumento no valor?

Segundo informações de bastidores, membros do Palácio do Planalto começaram a ventilar a possibilidade de aplicar um novo aumento para os valores do Auxílio Brasil. A ideia é elevar as parcelas para a casa dos R$ 600 por família.

publicidade

Hoje, dados do Ministério da Cidadania apontam que todos os mais de 18,15 milhões de brasileiros que fazem parte da folha de pagamentos, recebem um patamar mínimo de R$ 400 por família. Até aqui, a regra não foi alterada.

O plano de elevar o valor do Auxílio Brasil para a casa dos R$ 600 não encontra apoio do Ministro da Economia, Paulo Guedes. Internamente, o chefe da pasta econômica acredita que é melhor deixar o programa social do jeito que ele está hoje.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.