InícioFinanças PessoaisDicas4 dicas para manter as finanças em ordem em 2021

4 dicas para manter as finanças em ordem em 2021

Manter a saúde financeira é um desafio de boa parte dos brasileiros, que acabaram adquirindo dívidas no último ano por conta da pandemia do coronavírus e tentam se recuperar agora em 2021.

Isso acontece porque não somos ensinados desde cedo a poupar dinheiro ou investir de forma correta, onde o incentivo ao consumismos é maior, prejudicando as finanças, seja dos jovens como adultos.

Entretanto, você sabia que existem algumas formas de manter as finanças em ordem, poupando dinheiro para aquele momento de necessidade?

4 dicas para manter as finanças em ordem

Para isso, separamos 4 dicas que vão te ajudar a economizar, evitando alguns erros tão comuns, o que gera prejuízos ao bolso:

Dica 1 – Fique de olho na sua movimentação financeira

Um erro muito comum é não saber quanto se ganha e quanto se gasta. Quando isso acontece, a probabilidade de se endividar é grande. Uma das soluções mais práticas é anotar tudo o que entra e tudo o que sai em um mês. Isso pode ser feito em um caderno, em uma agenda ou em uma planilha no computador. O ideal é que o processo seja simples e prático.

Dica 2 – Monte um orçamento

Sabendo quanto você ganha e gasta mensalmente, fica mais fácil decidir onde cortar ou onde investir. Isso vai equilibrar as suas finanças e vai limitar os gastos. Mas lembre-se de que há custos fixos e custos variáveis. Os fixos são aqueles que se repetem mês a mês, geralmente um aluguel, a prestação de um carro etc. Os custos variáveis são exatamente o oposto, determinados pelo consumo – luz, gás, alimentação.

Dica 3 – Diferencie necessidade de consumo e impulso de compra

Necessidade é tudo aquilo que precisamos para viver ou para manter um negócio funcionando. Então nosso orçamento deve estar voltado para esses gastos. Comprar algo que queremos, mas que não precisamos, faz parte de nossa vida e deve ser realizado dentro do possível, com responsabilidade e bom senso – e sempre que sobrar um dinheirinho, é claro!

Dica 4 – Negocie suas dívidas

Se endividou e não tem como pagar? Bem, isso não é o ideal, mas às vezes é inevitável. Antes de tudo, reconheça suas dívidas e não dê calote, pois isso pode comprometer sua vida pessoal e profissional. Contate seus credores, renegocie débitos e prazos. Veja o que é essencial e possível pagar e revise novamente seu orçamento para organizar os pagamentos futuros. Dívidas comprometem não apenas a saúde financeira, como também o bem estar emocional.

Raquel Luciano
Jornalista formada pela Universidade Nove de Julho com experiência na produção de matérias para portais de notícia nos estados do MS, BA, MG e SP. Atualmente é Redatora do Sua Finança.
Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDOS