InícioSem categoriaSelic e IPCA: Taxas que podem afetar seu bolso

Selic e IPCA: Taxas que podem afetar seu bolso

A Selic e IPCA são dois tipos de taxas diferentes que andam junto quando o assunto é economia

As mudanças da Selic e IPCA podem afetar diretamente as taxas e economia do brasileiro. No entanto, poucas pessoas percebem ou sabem disso. Essas taxas são referentes a bolsa de valores e moeda brasileira ou estrangeira. O aumento ou diminuição desse valor afetam diretamente o bolso dos brasileiros

O que é a Selic e IPCA?

Selic e IPCA

Para quem apenas acompanha as notícias acreditam que a Selic e IPCA se trata de uma mesma taxa de investimento.

No entanto, para investidores que se encontram dentro da bolsa de valores, estudando e apostando em investimentos seguros, existe diferença.

Selic

A Selic é considerada uma taxa básica que é usada pelo BC (Banco Central). Sua sigla significa Sistema Especial de Liquidação e Custódia.

Sendo assim, a Selic é considerada a taxa de juros da economia. Podendo ser usada como uma forma de controle da inflação.

Essa taxa Selic é capaz de afetar vários fatores da vida de uma pessoa, seja ela investidora ou não, podendo afetar:

  • Investimentos
  • Poupança
  • Taxa de juros bancários

IPCA

Muito diferente da taxa Selic, o IPCA é conhecido como um índice de Preços ao Consumidor Amplo.

Ou seja, é o índice que revela oficialmente a inflação existente no país. Esse índice indica quais as variações que ocorreram no preço dos produtos do país em questão.

Saiba se a taxa Selic pode afetar seu dinheiro

Selic e IPCA

A taxa Selic afeta até mesmo pessoas que não são investidores ou nunca pensaram em investir.

Os efeitos relacionados à taxa Selic podem ser sentidos por todos os bancos, investidores e brasileiros. Isso porque, caso a Selic diminui:

  • Investimentos de renda e títulos referentes ao tesouro direto ficam menores;
  • Bancos baixam as taxas de juros e o crédito se torna acessível
  • A inflação começa a subir consideravelmente

No entanto, se a taxa Selic aumentar, os brasileiros também podem se tornar beneficiados com:

Rendimentos referentes a aplicações financeiras de Renda fixa e tesouro direto aumentado

  • Preços baixos e estáveis
  • Controle maior da inflação
  • Juros mais altos em créditos e parcelamentos

Selic e IPCA: Quais as relações?

Apesar de terem funções diferentes dentro do mercado econômico brasileiro, a Selic e IPCA trabalham sempre lado a lado.

A taxa Selic é considerada uma ferramenta para controlar a inflação e está sempre afetando diretamente o IPCA.

No entanto, o IPCA existe apenas para mostrar o aumento ou queda de preço de produtos e o quanto a taxa Selic está aumentando ou em queda junto a esses valores.

Veja um grande exemplo de como a Selic e IPCA trabalham lado a lado com relação à inflação.

Quando a taxa Selic aumenta, os brasileiros têm maior dificuldade de ter acesso a dinheiro relativos a:

  • Crédito;
  • Empréstimos;
  • Financiamentos;

Sendo assim, os consumidores deixam de realizar gastos maiores. A longo prazo, essa ação controla a inflação, gerando demandas menores e ofertas baratas.

Neste caso, uma taxa maior da Selic é capaz de manter o IPCA contido e estável.

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDOS