Connect with us

Sem categoria

Renovação da CNH: Poupatempo terá mutirão neste sábado (25)

Publicado

on

Condutores que tiveram a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) vencida entre março e abril de 2021, têm até o dia 30 deste mês para renovar o documento.

Para facilitar para as pessoas, o Poupatempo fará um mutirão, sendo este o último do mês, com 9,3 mil vagas para atendimento no próximo sábado (25) nas unidades do programa.

Vale ressaltar que o serviço deve ser agendado. Sendo assim, basta acessar os canais digitais de forma gratuita:

Site;
Aplicativo Poupatempo Digital; e
Totens de autoatendimento.

publicidade

Pesquisa do PicPay aponta maior gasto de brasileiros com transporte do que alimentação

Lembrando que os documentos que forem renovados a partir de agora já serão emitidos na nova versão da CNH. Só este ano, o Poupatempo já realizou quase 1,5 milhão de atendimentos para solicitações de renovação do documento. No ano passado, o número foi de 7 milhões.

É importante frisar que os motoristas que tiverem CNH nas categorias C, D ou E precisam realizar o exame toxicológico em laboratório credenciado pela Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran) com antecedência. Isso porque, o laudo pode ser solicitado durante o procedimento.

Além disso, é importante destacar que o exame é válido por dois anos e meio seja para maiores ou menores de 70 anos. Também há a opção de rebaixar a categoria, o que pode ser feito ainda pelos canais digitais, inclusive durante o processo de renovação simplificada.

Já perdeu RG, CNH ou CPF? Você pode ter os documentos no seu celular

publicidade

Confira 4 infrações que comprometem a sua CNH

Quando falamos de infrações de trânsito, as primeiras que vêm à cabeça costumam ser as relacionadas à conduta ao volante, como excesso de velocidade e o estacionamento irregular, por exemplo.

Esses flagras costumam gerar multas e pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do condutor autuado. No entanto, outras infrações, aparentemente leves, podem gerar sérias consequências ao motorista irregular.

Infrações que comprometem a sua CNH 

Por lei, para dirigir é necessário possuir uma carteira de habilitação e portá-la em todas as viagens, além de ter muito cuidado e prudência na conduta ao volante. Existem, pelo menos, quatro infrações relacionadas à habilitação. Confira:

Dirigir sem obter a CNH

Conduzir um veículo sem ter CNH ou permissão para dirigir é considerado uma infração de natureza gravíssima. A penalidade é uma multa multiplicada três vezes, chegando ao valor de R$ 880,41.

Em alguns casos, o transporte ainda pode ser retido até a apresentação de um condutor habilitado. Caso o veículo seja de uma pessoa recém habilitada, ou seja, que ainda possui a PPD, a penalidade será repetir todo o processo de habilitação.

publicidade

No entanto, caso o condutor já tenha a CNH permanente, ele será multado por entregar o veículo a alguém sem habilitação, podendo receber até 7 pontos na carteira e a redução do limite de 40 pontos.

Dirigir sem portar a CNH

Além de possuir a carteira de habilitação, é necessário andar com ela em todas as viagens que irá conduzir algum veículo. Caso seja flagrado sem o documento sobre a direção de um carro ou moto, por exemplo, será penalizado com uma multa no valor de R$ 88,38.

A infração é caracterizada como de natureza leve, com a somatória de 3 pontos na habilitação. No mais, o condutor também poderá ter o veículo retido até a apresentação do documento. Contudo, se possível, é permitido apresentar a versão digital do documento.

Dirigir com a CNH de outra categoria

O condutor só pode dirigir veículos autorizados segundo as categorias nas quais a CNH foi emitida. Do contrário, conforme determina o artigo 162, inciso terceiro, o condutor poderá ser multado.

A infração é considerada de natureza gravíssima, e pode gerar uma multa multiplicada em três vezes, sendo de R$ 880,41. Além disso, o documento é retido até a apresentação de um condutor habilitado.

publicidade

CNH vencida

Por fim, outro cuidado que deve ser tomado é o de estar com o documento dentro do prazo de validade. Dirigir com a carteira vencida há mais de 30 dias gera uma infração de natureza gravíssima, com multa de R$ 293,47.

No mais, o condutor também pode ter o documento recolhido, bem como a retenção do veículo até a apresentação de um condutor habilitado. O prazo estendido da CNH só liberado no processo de emissão da 2ª via ou na renovação.

Auxílio Brasil : Bolsonaro decide aumentar o benefício para R$600

publicidade
publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.