InícioFinanças PessoaisME e MEI: Qual o melhor tipo de empresa?

ME e MEI: Qual o melhor tipo de empresa?

ME e MEI são tipos diferentes de empresa que oferecem certos benefícios aos pequenos empresários

Escolher entre ME e MEI é uma das principais ações antes de começar uma pequena ou média empresa. Ambas as opções de empresa possuem seus benefícios e cada uma atende a um grupo específico de pequenos empresários.

O que é ME e MEI?

ME e MEI

Quando se pensa em montar uma empresa grande ou pequena, existem várias formas de fazê-la.

Atualmente, até mesmo vendedores e pessoas que trabalham de forma informal podem montar sua própria empresa através do ME e MEI.

Um trabalhador pode começar sua microempresa (ME) que, neste caso, é uma empresa de pequena dimensão.

Diferente de Micro Empreendedor Individual (MEI) que já é uma empresa de porte maior que a microempresa.

Qual a diferença entre ME e MEI

Apesar de ambas serem negócios de pequeno porte e aparentarem serem a mesma coisa, existem algumas diferenças.

Microempresa

Para que uma Microempresa possa ser aberta, é necessário tomar algumas providências:

  • Elaborar um contrato social;
  • Formalizar a situação na junta comercial;
  • Ter faturamento de até 360 mil por ano;
  • Ter somente 1 funcionário contratado;
  • Não ser sócio de outra empresa;
  • Se encaixar dentro das atividades permitidas como ME;

Caso o empreendedor não se encaixe nesses requisitos, não será possível realizar atividades como microempreendedor.

Micro Empreendedor Individual

Para que o trabalhador possa ser registrado como sendo MEI, também existem algumas exigências a seguir:

  • Faturar até um valor anual de até 81 mil;
  • Não ser sócio ou titular de outra empresa;
  • Ter somente um funcionário com carteira assinada;

Uma das poucas diferenças entre ME e MEI é com relação ao valor arrecadado por ano pela empresa.

Ou seja, um MEI que ultrapasse o valor limite, precisará transformar a empresa em ME.

Afinal, sua empresa não conta mais somente como uma empresa de porte pequeno.

Como transformar uma empresa MEI em ME?

ME e MEI

Transformar o MEI em ME pode ser por meio de opção do próprio empreendedor e, ou, por comunicação obrigatória.

Sendo uma opção própria, o empreendedor precisará fazer alguns ajustes na forma como sua empresa funciona:

  • Aumentar o salário de seu único funcionário que possui carteira assinada;
  • Exercer novas atividades que possuem relação com a Microempresa;
  • Ter um faturamento anual maior que 81 mil;
  • Relatar a entrada de um segundo sócio na empresa;
  • Abrir uma filial no nome do empresário;

Em casos de comunicação obrigatória, significa que todos esses ajustes já foram feitos.

No entanto, a empresa continua sendo registrada como microempreendedor individual.

ME e MEI: Qual tipo de empresa vale a pena criar?

Ambos os tipos de empresa podem ser considerados como empresas que vale a pena fazer.

Todavia, é importante que o empreendedor veja qual é o tipo de sistema mais viável para sua empresa.

Se o pequeno negócio criado ainda não garante grandes rendimentos, começar como MEI é a opção correta.

Aos poucos, conforme a empresa for crescendo, ao ultrapassar o limite anual decretado pelo MEI, ele pode considerar mudar.

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDOS