Connect with us

Sem categoria

INSS: Após a greve, peritos receberão os salários normalmente

Publicado

on

Após o fim da greve dos médicos peritos do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), o Governo Federal anunciou que o pagamento do salário integral será realizado a partir do mês de julho.

Os grevistas estavam reivindicando várias situações, a ressaltar melhorias no trabalho e ajustes salariais. Por terem ficado quase dois meses afastados, estavam recebendo o salário com descontos.

No entanto, com o retorno às atividades, a autarquia informou que pagamento integral do salário ocorrerá no contracheque do mês de junho, que é repassado no mês de julho. Até este mês, o pagamento ainda será reduzido.

De acordo com a ANMP (Agência Nacional de Médicos Peritos), a devolução do dinheiro cortado foi combinada assim que começaram a discutir o fim da paralisação. Porém, o acordo só foi oficializado no dia 20 de maio.

publicidade

Os peritos voltaram a trabalhar no dia 23 de maio. Devido ao período de suspensão das atividades, a lista de espera concernente a análise médica para concessão de benefícios do INSS aumentou significativamente.

Segundo os próprios profissionais, eles trabalharão mais tempo a fim de diminuir o número de pessoas que estão aguardando a liberação das aposentadorias, pensões ou auxílios.

INSS: Beneficiários vão receber até R$ 1,6 bilhão em atrasados neste mês

Motivos da greve

O presidente da república, Jair Bolsonaro, autorizou uma serie de reajustes salariais aos servidores públicos do âmbito federal no fim do ano passado. A medida trouxe muita insatisfação para o público não contemplado, sendo este o caso dos servidores do INSS.

Sendo assim, a paralisação foi fundamentada nessa ‘injustiça’ entre os servidores públicos federais. De todo modo, Paulo Guedes, Ministro da Economia, afirmou que o governo não deve pagar os reajustes para nenhuma categoria neste ano.

publicidade

Calendário de pagamentos do INSS deste mês liberado

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) já divulgou o calendário de pagamentos referente ao mês de junho. Os repasses serão iniciados nesta sexta-feira (24) e seguirão até o dia 7 de julho.

Vale ressaltar que, como de costume, os pagamentos serão iniciados com os segurados que ganham apenas um salário mínimo (R$ 1.212 em 2022), seguidos dos que recebem um benefício maior.

Como consultar extrato do INSS

A consulta ao extrato de pagamentos do INSS pode ser feita 100% online, através do site ou aplicativo de celular. Confira como fazer.

Através do site

Primeiramente, acesse o site Meu INSS;
Acesse a conta utilizando o seu CPF e senha (caso seja o primeiro acesso será preciso criar uma chave);
Clique na opção “Serviços”;
A opção fica no menu superior direito – Selecione a opção “Extratos/certidões/declarações”;
No próximo menu, clique em “Extrato de pagamento de benefício”;
Na tela seguinte, clique no calendário – ajuste o período que deseja retirar o extrato do pagamento do seu benefício;
Em conclusão, a relação com os pagamentos recebidos no período será exibida e será possível baixar na opção “Baixar PDF”.

Através do aplicativo

Em primeiro lugar, baixe o aplicativo no seu celular Android ou iOS;
Entre com seu CPF e senha (caso seja o primeiro acesso será preciso criar uma senha);
Toque no menu principal, os três pontos ou barras no alto da tela;
Ademais, selecione “Extrato de pagamento de benefício”; Toque no calendário e selecione o período que deseja consultar;
A tela exibirá o extrato com os pagamentos recebidos no período escolhido;
Por fim, para imprimir ou salvar, clique na opção “Baixar PDF”;
A relação com os pagamentos recebidos no período será exibida.

publicidade

Calendário de pagamento de junho do INSS

Para quem ganha um salário mínimo:

Número final do benefício 1 – 24 de junho;
Número final do benefício 2 – 27 de junho;
Número final do benefício 3 – 28 de junho;
Número final do benefício 4 – 29 de junho;
Número final do benefício 5 – 30 de junho;
Número final do benefício 6 – 01 de julho;
Número final do benefício 7 – 04 de julho;
Número final do benefício 8 – 05 de julho;
Número final do benefício 9 – 06 de julho;
Número final do benefício 10 – 07 de julho.

Para quem recebe acima do piso nacional:

Número final do benefício 1 e 6 – 01 de julho;
Número final do benefício 2 e 7 – 04 de julho;
Número final do benefício 3 e 8 – 05 de julho;
Número final do benefício 4 e 9 – 06 de julho;
Número final do benefício 5 e 0 – 07 de julho.

publicidade
publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.