Connect with us

Economia

FGTS rende menos que inflação: o que fazer?

Publicado

on

O fundo de garantia está rendendo menos que a inflação nos últimos 12 meses. Isso porque o FGTS tem um dos menores rendimentos do Brasil, mesmo com a distribuição dos lucros. Diante desse cenário, muitos se questionam se é o momento certo de optar pelo saque-aniversário, que permite que você invista em produtos melhores.

Para responder a essa questão, vamos comentar sobre os rendimentos do FGTS, como eles impactam as suas finanças e como você pode decidir se vale a pena, ou não, optar pelo saque-aniversário. Vale lembrar que você deve sempre analisar o seu caso particular antes de tomar uma decisão.

O rendimento do FGTS

O fundo de garantia tem uma rentabilidade determinada por lei, mas a distribuição dos lucros é o que faz os percentuais aumentarem. Com o recente pagamento, a Caixa Econômica Federal viu que o rendimento do FGTS ficou em 5,83% em 2021, ao passo que a inflação no ano passado ficou em 10,06%. Em 2022, até agora, a inflação já subiu 5,49%, segundo o IBGE.

Por conta disso, o rendimento do FGTS do ano passado deve perder até mesmo para a inflação desse ano, que deve passar dos 5,83% ainda nesse mês, com a próxima divulgação do IBGE. Por conta disso, podemos afirmar que o dinheiro do fundo de garantia vem tendo rendimentos reais negativos, o que significa que você está conseguindo comprar menos produtos com aquele dinheiro parado. Dessa forma, mesmo que ele seja um valor para casos emergenciais e delicados, como uma demissão, você pode cuidar muito melhor das suas finanças.

publicidade

Isso porque você pode optar pelo saque-aniversário e fazer o valor render 100% do CDI em diversos produtos do mercado financeiro. Contudo, é preciso ficar atento às regras dessa modalidade de resgate, dado que ela mexe na sua situação financeira em momentos mais delicados.

Reprodução AdobeStock

Vale a pena o saque-aniversário?

Uma das maneiras de driblar os baixos rendimentos do FGTS é optar pelo saque-aniversário e investir o valor resgatado em produtos melhores. Contudo, na prática as regras mudam para você, dado que fazer essa escolha retira alguns direitos de você na hora de demissão por justa causa. Por isso, você precisa pensar bem antes de tomar qualquer decisão.

Ao optar pelo saque-aniversário, o trabalhador segue tendo direito a receber e resgatar o valor de 40% da multa paga pela empresa na hora da demissão. Contudo, o saldo do FGTS fica na conta e poderá ser acessado apenas no mês do seu aniversario, através do resgate. Além disso, se você quiser desistir do saque-aniversário depois de ter optado por ele, você deve esperar um prazo de 24 meses. Contudo, esse prazo pode ser longo demais para quem precisa de valores na hora do aperto.

Por isso, se você não recebe o FGTS mensalmente, por ser autônomo ou empresário, ou você acredita que não será demitido em um espaço curto de tempo, optar pelo saque-aniversário pode ser uma excelente ideia para fazer o seu dinheiro render. Além disso, é preciso que você saiba que deve investir esse valor e evitar ao máximo mexer nele, dado que ele será a sua alternativa em caso de acontecimentos ligados a sua vida profissional.

publicidade

O post FGTS rende menos que inflação: o que fazer? apareceu primeiro em Brasil123.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Generated by Feedzy