Connect with us

Direitos do Trabalhador

Auxílio Emergencial: Saiba como consultar se tem direito a parcela retroativa

Publicado

on

Após oito meses do encerramento do Auxílio Emergencial, o Governo Federal continua a realizar pagamentos retroativos do programa. No entanto, desta vez, estão sendo beneficiados os pais solteiros chefes de família monoparental que receberam apenas as cotas simples do auxílio.

Os primeiros pagamentos foram realizados em janeiro, na ocasião, cerca de 823,4 mil pais solos foram contemplados. Segundo o Ministério da Cidadania, mais de 1,2 milhão de pessoas serão atendidas no total. Sendo assim, cerca de 450 mil cidadãos ainda faltam receber.

14º salário do INSS pode ser liberado para os aposentados e pensionistas este ano?

Quem tem direito ao Auxílio Emergencial retroativo?

Podem receber os valores aqueles que cumprem os seguintes requisitos:

publicidade

Ser homem chefe de família monoparental;
Estar inscrito no CadÚnico até o dia 2 de abril de 2020;
Não possuir cônjuge ou companheira;
Ter efetuado o cadastro do Auxílio Emergencial através das plataformas digitais até o dia 2 de julho de 2020, prazo final para ter feito a inscrição no programa;
Estar cadastrado como “Responsável Familiar”;
Ter recebido cota simples do Auxílio Emergencial;
Ter na família pessoas menores de 18 anos de idade.

Nubank: Confira 5 maneiras para aumentar o limite do seu cartão

Como saber se tenho direito ao Auxílio Emergencial retroativo?

A consulta deve ser realizada pelo site da Dataprev, com o login do Gov.br.

Preencha o campo com o seu Cadastro de Pessoa Física (CPF);
Com o seu nome completo; e
Com o nome da sua mãe completo (ou selecione a opção “mãe desconhecida);
Coloque sua data de nascimento no campo solicitado;
Selecione o reCAPTCHA para provar que é humano;
Clique em “ENVIAR”.

Qual valor do Auxílio Emergencial retroativo?

O valor da parcela retroativa pode variar de R$ 600 a R$ 3 mil, conforme o mês em que foi admitido no programa. Lembrando que estão sendo cotadas as parcelas distribuídas entre abril e agosto de 2020. Confira:

publicidade

Quem recebeu 5 parcelas simples do programa recebe R$ 3.000,00;
Aquele que começou a receber em maio de 2020 recebe R$ 2.400,00;
Aquele que começou a receber em junho de 2020 recebe R$ 1.800,00;
Aquele que começou a receber em julho de 2020 recebe R$ 1.200,00;
Aquele que começou a receber em agosto de 2020 recebe R$ 600,00.

Auxílio permanente de R$ 1.200 com liberação ainda em 2022

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.