Connect with us

Sem categoria

Auxílio Brasil pode pagar salário de R$ 1 mil em junho; veja o calendário

Publicado

on

O Auxílio Brasil, programa social que substituiu o Bolsa Família em novembro do ano passado, atende atualmente cerca de 18 milhões de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza.

Mensalmente, o programa disponibiliza um benefício mínimo no valor de R$ 400 aos beneficiários. No entanto, é possível que as famílias recebam quantias consideravelmente superiores.

O Auxílio Brasil conta com uma série de benefícios complementares criados justamente para aumentar a mensalidade básica de R$ 400. Em alguns casos, a parcela extra pode chegar ao valor de R$ 1 mil.

Auxílio Brasil não fará pagamentos dobrados para mães solteiras, diz Governo

publicidade

Benefícios do Auxílio Brasil

Abonos básicos

Benefício Primeira Infância: pago a famílias com crianças de 0 a 36 meses incompletos – valor de R$ 130 por integrante (limitado a 5 benefícios);
Benefício Composição Familiar: pago a famílias com gestantes ou com integrantes de três a 21 anos incompletos – valor de R$ 65 por integrante (limitado a 5 benefícios);
Benefício de Superação da Extrema Pobreza: pago a famílias com renda mensal por pessoa igual ou inferior ao valor da linha de extrema pobreza (até R$ 100) – valor calculado a depender da renda familiar;

Abonos complementares

Auxílio Esporte Escolar: pago a estudantes (entre 12 e 18 anos incompletos) que se destacarem nos Jogos Escolares Brasileiros – valor R$ 100 por 12 meses + parcela única de R$ 1 mil para a família;
Bolsa de Iniciação Científica Júnior – pago a estudantes que se destacarem em competições acadêmicas e científicas nacionais – valor de R$ 100 por 12 meses + parcela única de R$ 1 mil para a família;
Auxílio Criança Cidadã: pago a famílias com criança de 0 a 48 meses incompletos, que não conseguirem vagas em creches públicas ou particulares – valor de R$ 200 para turno parcial e de R$ 300 para turno integral;
Auxílio Inclusão Produtiva Rural: pago a agricultores familiares inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) – valor de R$ 200 por família;
Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: pago a beneficiários do Auxílio Brasil que comprovarem vínculo de emprego formal – valor de R$ 200 por família;
Benefício Compensatório de Transição: pago a famílias beneficiárias do Bolsa Família que tiverem redução no valor recebido – valor calculado a depender da renda familiar.

Quem pode receber o Auxílio Brasil?

Para receber o Auxílio Brasil, os interessados deverão atender os seguintes requisitos:

É necessário estar inscrito no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);
Ser selecionado pelo Ministério da Cidadania;
Estar em situação de pobreza ou de extrema pobreza.
A exigência para as famílias em situação de pobreza para ter direito ao benefício é ter em sua composição, gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças, adolescentes ou jovens entre 0 e 21 anos incompletos.

CAIXA finaliza liberação de R$1 mil, mas você ainda pode sacar; veja como

publicidade

Calendário do Auxílio Brasil em junho

Os pagamentos do Auxílio Brasil costumam ocorrer nos últimos dez dias úteis do mês, e em junho isto não será diferente. Vaja abaixo o calendário de repasses conforme o final do Número de Identificação Social (NIS).

NIS final 1: dia 17 de junho;
NIS final 2: dia 20 de junho;
NIS final 3: dia 21 de junho;
NIS final 4: dia 22 de junho;
NIS final 5: dia 23 de junho;
NIS final 6: dia 24 de junho;
NIS final 7: dia 27 de junho;
NIS final 8: dia 28 de junho;
NIS final 9: dia 29 de junho;
NIS final 0: dia 30 de junho.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.