InícioFinanças PessoaisPrevidência privada: Entenda como funciona

Previdência privada: Entenda como funciona

Com a Previdência privada os aposentados também podem ter uma maneira fácil de investir sem perder dinheiro

Trabalhar depois de muitos anos e finalmente aposentar para descansar. Esse é o sonho de muitos trabalhadores. No entanto, existem pessoas que não querem depender somente do governo e, por isso, apostam na previdência privada como uma forma de garantir uma renda extra.

Previdência privada: O que é?

previdência privada

A previdência privada funciona como um sistema de aposentadoria que não possui nenhuma ligação com o INSS.

No entanto, funciona de maneira complementar à previdência pública conhecida como INSS.

Neste caso, a previdência privada se tornou um fundo de investimento para aposentados ou futuros aposentados.

A ideia principal desse sistema de previdência é garantir que no futuro o aposentado receba um valor maior de aposentadoria.

Esse valor, atualmente, está limitado e pode chegar a até 6.500 reais por pessoa.

Todavia, esse não é o único objetivo da previdência privada, ela também oferece alguns outros como:

  • Possibilidade de compra de imóvel;
  • Pagamento de faculdade para filhos;
  • Possibilidade de pagamento de intercâmbio;

Os benefícios oferecidos por esse tipo de aposentadoria dependem bastante de onde ele será solicitado.

Para que se possa ter um aproveitamento máximo do dinheiro da previdência privada, existe um prazo de carência.

É recomendado que os aposentados esperem um prazo mínimo de 6 anos.

Diferença entre previdência privada e INSS

previdência privada

O INSS também pode ser conhecido como previdência pública ou previdência social.

É um benefício oferecido pelo governo de cada Estado e segue regras que o benefício não tem direito a decidir.

No entanto, com a previdência privada, o beneficiário tem todo o direito de escolher o plano que deseja.

Além, é claro, de poder escolher o valor de contribuição e o período em que a contribuição será feita.

Outra diferença considerável com relação ao INSS é a forma como o dinheiro é resgatado.

Neste caso, o beneficiário apenas pode resgatar o dinheiro ao concluir o tempo de serviço necessário.

Todavia, para os clientes desse beneficio, pode escolher quando e quanto do dinheiro será resgatado.

Apesar da previdência privada ser considerada uma ótima maneira de investir, ele não substitui o INSS.

Ou seja, mesmo a profissionais mais liberais, é necessário continuar colaborando para ter acesso a benefícios como:

  • Auxílio acidente;
  • Pensão por morte;
  • Auxílio reclusão;
  • Salário-família;
  • Salário-maternidade;

Vantagens de investir nesse beneficio

Existem muitas vantagens em investir na previdência privada e não somente na INSS.

Com ela os clientes podem garantir uma aposentadoria mais segura financeiramente, pois estará investindo dinheiro para o futuro.

Além disso, existe uma taxa de confiança alta neste tipo de investimento. Afinal, o capital da previdência privada é gerido totalmente por um profissional.

Para clientes mais exigentes, são oferecidos planos mais flexíveis que funcionam de acordo com a exigência do cliente.

Outra grande vantagem é a opção de portabilidade. Essa opção é oferecida caso o cliente não esteja satisfeito com o plano.

O cliente também conta com a vantagem de um dinheiro complementar ao que recebe da aposentadoria pública.

 

 

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDOS