Connect with us

Sem categoria

PicPay e PIX: pagamentos poderão ser aceitos em um único QR Code

Publicado

on

Com o decorrer dos anos o PIX vem ganhando cada vez mais popularidade entre os brasileiros. O que influenciou nesta fama é o fato do sistema ser um meio de pagamento instantâneo que permite pagar, receber e fazer transferências imediatas, a qualquer hora do dia, inclusive nos finais de semana.

Com o avanço dos métodos de pagamento, agora, os comerciantes que oferecem as possibilidades de pagamento via PicPay e PIX passarão a contar com mais praticidade. Os QR Codes que liberam a transação instantânea nestes dois métodos agora estão reunidos em um código só.

Atualmente, 1,5 milhão de estabelecimentos comerciais já estão ativos no PicPay, dos quais aproximadamente 600 mil oferecem o PicPay como principal forma de pagamento em seus negócios. Enquanto o PIX, método de pagamento instantâneo do Banco Central, já representa 10% das vendas em e-commerce e possui mais de 430 milhões de chaves registradas.

Como definir limites para o pagamento do PIX

No PIX, não há limite mínimo para pagamentos ou transferências. Com este ponto é possível fazer transações a partir de R$ 0,01. Em geral, também não há limite máximo de valores, porém as instituições que ofertam o PIX estabelecem limites máximos de valor para diminuir os riscos de fraude e por prevenção à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo.

publicidade

A definição de novos limites para pagamentos pode ser feita pelo próprio cliente diretamente no aplicativo do banco. Segundo o Banco Central do Brasil, os pedidos de redução têm efeitos imediatos e os pedidos de aumento só são considerados após um prazo de 24 horas. Veja a seguir como mudar os limites em sua conta PIX:

Faça o login no aplicativo de seu banco;
Clique na opção “Pix”;
Toque em “Meus Limites”. A partir daí, o aplicativo vai mostrar seu limite diário atual.
Para realizar a mudança nos valores, clique nas opções “Gerenciar meus limites”, “Personalizar Limites Pix” ou “Alterar meus limites”, dependendo de qual seja a instituição bancária, para definir um novo valor;
Confirme a operação.

Em alguns bancos, como no caso do Banco do Brasil, o aplicativo vai alertar que, caso você precise aumentar o limite do PIX, uma confirmação deve ser feita no Internet Banking ou caixa eletrônico.

PicPay e PIX com um só QR code

Com esta novidade, agora, os comerciantes não terão a necessidade de possuir duas “placas” ou dois arquivos de QR Code no balcão, ou até mesmo dois QR code no celular. Um único código será o suficiente, este servirá para os dois arranjos de pagamentos, inclusive PIX de outras instituições financeiras.

O consumidor poderá escolher como deseja pagar, mas os comerciantes não precisarão enviar códigos diferentes caso o cliente opte pelo PIX ou PicPay. A solução também funciona via link online de cobrança.

publicidade

Além de facilitar a experiência, a nova tecnologia amplia o leque de pagamentos aceitos pelo estabelecimento comercial e evita possíveis golpes. A atualização também irá ajudar na hora de receber, já que ele não precisa compartilhar informações e aguardar o cliente preencher.

Para ter o QR Code unificado, basta o usuário PJ imprimir a placa com código QR ou enviar um link de cobrança através do app PicPay Empresas. Caso o consumidor seja cliente PicPay, o app será automaticamente aberto quando o código for escaneado. Se preferir realizar o PIX por outra instituição, é só abrir o app escolhido e fazer a leitura.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.