InícioFinanças PessoaisJuros simples: Saiba como é importante calculá-lo

Juros simples: Saiba como é importante calculá-lo

Saber calcular os juros simples é algo realmente fundamental no dia a dia para evitar complicações futuras

Apesar de parecer um bicho de sete cabeças, os juros simples não são bem assim. Entender sobre ele e saber calculá-lo pode ser uma tarefa bem fácil, principalmente se você criar o hábito de calculá-lo sempre que puder.

Juros simples: O que são?

Juros simples

Os juros simples é uma conta que representa o valor da porcentagem inicial aplicada em um determinado período de tempo.

Sua principal característica está na não alteração do valor referente eles.

Neste caso, de forma mensal, eles incidirão ao valor inicial, tornando a porcentagem sempre a mesma.

De início, os juros simples eram um dos grupos de operação na matemática básica.

Todavia, atualmente está mais aplicada em cursos avançados relacionados à matemática financeira.

Isso não impede que ela seja usada em diversos tipos de transações financeiras relacionadas a parcelamento.

Aplicação na prática

Juros simples

Durante o período de estudo, a aplicação de juros se resume a equações e fórmulas a serem resolvidas.

No entanto, a aplicação deles pode ser bastante observada em aplicações do dia a dia como:

  • Empréstimos;
  • Financiamentos;
  • Parcelamentos no cartão de crédito;
  • Compras realizadas no crediário;
  • Investimento;
  • Poupanças:

Diferenças entre os tipos de juros

juros simples

Muitas pessoas acreditam que juros simples e composto são a mesma porcentagem.

No entanto, não são, e isso ainda pode confundir muito se não souber diferenciar da maneira correta.

Os juros simples podem ser calculados de forma menos complicada.

Diferente do composto, que exige cálculos mais complexos e maiores. Outra principal diferença entre eles está relacionada a sua estabilidade.

O simples não possuem nenhum tipo de alteração no valor de onde está sendo aplicado.

Enquanto o composto pode sempre ser aplicado sobre o valor inicial e com acréscimo de mais juros.

Por essa razão, o composto costuma ser conhecido por muitas pessoas como “juros sobre juros”. Ou seja, são aplicados sobre o valor do último.

Como calcular os juros simples

Existe um conceito conhecido como a aplicação prática da forma.

Com esse conceito, é possível fazer o cálculo de forma bem simplificada.

No entanto, para realizar esse cálculo, é importante seguir algumas etapas para encontrar o montante correto.

O valor dos juros simples é sempre informado em porcentagens.

Todavia, você precisa converter a forma decimal da porcentagem antes de realizar a multiplicação da fórmula.

Além disso, você também precisa ficar atento à medida do período de tempo.

Neste caso, se o período estiver determinado em meses, o valor da taxa precisa ser convertido em meses.

Você pode usar a fórmula J=C.i.t, sendo:

  • J = o valor;
  • C = o capital;
  • i = a taxa;
  • t = o período de tempo;

Realizando essa fórmula, você irá encontrar o valor total dos juros.

No entanto, para finalizá-la, é preciso realizar outra fórmula M = J + C, sendo:

  • M = O valor do montante;
  • J = O valor dos;
  • C = O capital;

 

 

 

 

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDOS