Connect with us

Economia

Finanças pessoais: 4 gastos escondidos no orçamento

Publicado

on

Uma das principais dificuldades das pessoas é a de fechar as contas no verde no final do mês. Conforme os dias vão passando os gastos essenciais vão surgindo, enquanto outros já retiram grande parte de seu dinheiro já no início do mês. É o caso do supermercado e do aluguel, os dois maiores gastos dos brasileiros. Contudo, estudar suas finanças pessoais permite que você encontre, pelo menos, 4 gastos escondidos.

Isso porque existem alguns custos que não vemos durante o nosso mês que, no final das contas, somam valores pesados. Dessa forma, não vemos que pequenos gastos no dia a dia se tornam grandes faturas no fim do mês. Por isso, as finanças pessoais devem ser sua prioridade.

Os 4 gastos escondidos

Nas faturas do seu cartão de crédito, existem pelo menos 4 gastos escondidos que você ainda não se atenta. No final do mês, eles podem somar valores relevantes, a depender da quantidade que você usa esses serviços. A notícia boa é que existem formas de conter esses gastos, para que eles não saiam do controle.

O primeiro gasto é a famosa assinatura de streaming. Muitas vezes nem nos damos conta desse gasto, mas para quem tem mais de uma assinatura, o valor pode atingir, facilmente, os R$100,00. Contudo, mesmo que você assine apenas um serviço, isso já é motivo para se atentar ao valor da mensalidade. Isso porque qualquer gasto deve entrar no monitoramento das suas finanças pessoais.

publicidade

O segundo gasto é o famoso Uber. As corridas de R$10 pode se transformar em faturas de cartão na casa dos R$400,00 sem que você veja. Isso porque o serviço dá mais agilidade no transporte, além de ser mais cômodo para os passageiros. O terceiro gasto fica com as pequenas compras durante o mês, como as refeições do dia a dia, além da anuidade do cartão de crédito, que muitas vezes você nem sabe que paga.

Foto: Reprodução

Como superar essas contas nas finanças pessoais?

Mesmo que você tenha gastos invisíveis nas suas finanças pessoais, é possível contorná-los e, com isso, diminuir as suas contas. Para isso, é possível usar a criatividade, mas também é necessário que você analise todos os extratos das suas contas. Isso porque podem existir outros gastos escondidos.

Citando os gastos anteriores, você pode diminuir a parcela das assinaturas de streaming dividindo elas com outras pessoas. Para isso, basta criar um perfil para cada pessoa que usará o serviço com você e, todos os meses, todos dividem a conta. No caso do Uber, uma maneira de controlar esses gastos é comprando créditos do Uber, fixando um determinado valor mensal.

Em relação às refeições do dia a dia, que também pesam nas suas finanças pessoais, uma das melhores estratégias é começar a fazer marmitas e levar lanches para o serviço. Com isso, você não gasta nada além do usual. Por último, os cartões que possuem anuidades podem ser substituídos, facilmente, por cartões sem anuidade, como o do Nubank e do Banco Inter.

publicidade

O post Finanças pessoais: 4 gastos escondidos no orçamento apareceu primeiro em Brasil123.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.