Connect with us

Sem categoria

Economia: cenário de referência de curto prazo

Publicado

on

O Banco Central do Brasil (BCB) informa que a taxa de câmbio parte de USD/BRL 4,90 e evolui segundo a paridade do poder de compra (PPC), impactando suas projeções oficiais. Assim sendo, o Banco Central do Brasil (BCB) destaca que o preço do petróleo segue aproximadamente a curva futura pelos próximos seis meses, atualmente, essa projeção termina o ano em US$110/barril, e passa a aumentar 2% ao ano a partir de janeiro de 2023, resumindo os apontamentos feitos pelo Copom.

Economia: cenário de referência de curto prazo

De acordo com o Banco Central do Brasil (BCB), a surpresa negativa decorreu do comportamento dos preços livres: alimentos, industriais e serviços.

Redução de alíquotas

A projeção incorporava uma estimativa dos efeitos da redução das alíquotas de IPI, mas é possível que o impacto tenha sido limitado em razão de incertezas que persistem. Segundo a análise oficial do Banco Central do Brasil (BCB), a energia elétrica e os combustíveis surpreenderam para baixo (petróleo e câmbio mais baratos, bandeira verde). 

Projeção

O Banco Central do Brasil (BCB) destaca que o cenário contempla arrefecimento gradual, mas ainda com pressão de preços de bens industriais e serviços. A inflação de alimentos ainda é alta em junho, mas recua com sazonalidade favorável nos meses seguintes.

publicidade

Diversas medidas impactam os preços dos combustíveis

Além disso, a projeção contempla reajuste no preço dos combustíveis no curto prazo. Segundo o Banco Central do Brasil (BCB), essa análise não incorpora o impacto das medidas tributárias sobre preços de combustíveis, energia elétrica e telecomunicações que estão em tramitação.

Outros cenários avaliados

No cenário alternativo ao lado, as projeções de inflação aumentam em 0,3 p.p. para 2023, tal como explicou o Copom através de Ata oficial.

Em exercício adicional em que a Selic é estável em 13,25% durante todo o período, mas usando preço do petróleo do cenário de referência, as projeções de inflação para 2023 caem em 0,3 p.p, explica o Banco Central do Brasil (BCB).

O hiato do produto

Sobre o hiato do produto, segundo o Banco Central do Brasil (BCB), o hiato no 2º trimestre de 2022 foi estimado em -1,3%. Já o hiato no 4º trimestre de 2023 projetado em -1,7%.

Acompanhe os dados sobre a economia

Acompanhe as informações oficiais do Banco Central do Brasil (BCB) e entenda os diversos fatores que impactam a economia, a inflação e o fluxo de oferta e demanda, visto que são fatores que impactam a rotina do consumidor final e seu poder de compra de forma direta.

publicidade

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.