InícioMoedas e CâmbioDólar começa a semana em alta de olho no cenário político e...

Dólar começa a semana em alta de olho no cenário político e Covid-19

O dólar opera em alta nesta segunda-feira (12), com os investidores de olho no clima político em Brasília, enquanto, no exterior, os mercados acompanhavam com cautela a disseminação da variante Delta da Covid-19.

Às 10h19, a moeda norte-americana subia 0,16%, vendida a R$ 5,2424. Na máxima até o momento chegou a R$ 5,2850. Já o Ibovespa opera em alta.

Na sexta-feira, o dólar fechou em queda de 0,37%, a R$ 5,2341, mas acumulou alta de 3,57% na semana. Na parcial do mês, tem avanço de 5,25% contra o real. No ano, a alta é de 0,90%.

Neste pregão, o Banco Central fará leilão de swap tradicional (equivalente à venda futura de dólares), para rolagem de até 10.570 contratos com vencimento em janeiro e maio de 2022.

Qual o motivo da alta do dólar para essa semana?

O avanço do dólar nas últimas sessões é reflexo de um cenário político de maior incerteza. Na quinta-feira (8), o dólar chegou a superar R$ 5,30.

O dólar já acumula ganho de cerca de 7% contra a moeda brasileira desde que fechou o dia 24 de junho numa mínima em mais de um ano de R$ 4,90.

Na cena doméstica, permanecem no radar dos investidores os desdobramentos dos trabalhos da CPI da Covid, fonte de diversos ruídos políticos e desgaste ao governo federal.

Pesquisa Datafolha divulgada no domingo mostrou que, para 70% dos brasileiros, há corrupção no governo Jair Bolsonaro. No sábado, o Datafolha mostrou que a maioria dos entrevistados apoia a abertura de um processo de impeachment contra Bolsonaro.

No exterior, o radar dos investidores internacionais tem sido dominado pelas notícias sobre a variante Delta, altamente contagiosa, do coronavírus, em meio a temores de que novos surtos da Covid-19 possam atrapalhar a recuperação da economia global.

Raquel Luciano
Jornalista formada pela Universidade Nove de Julho com experiência na produção de matérias para portais de notícia nos estados do MS, BA, MG e SP. Atualmente é Redatora do Sua Finança.
Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDOS