Connect with us

Economia

Commodities: o que são e qual seu impacto na economia

Publicado

on

Você já deve ter ouvido falar de operações com commodities ou, ainda, deve ter sentido a variação delas na pele, principalmente se investe em Vale e Petrobrás. Mas, afinal, o que são commodities? Como elas impactam a sua vida e seus investimentos?

Nesse texto, vamos falar sobre os produtos, as cotações no mercado internacional e como os preços do mundo afetam o rendimento das ações.

O que são commodities?

Commodities são ativos que não se diferenciam nos diferentes lugares do mundo e que são fontes universais de matéria-prima. Em termos mais informais, é tudo aquilo que todo mundo precisa e que o mundo faz em grande escala. E como você deve ter notado, existem diversas commodities, e o mercado internacional negocia a grande maioria delas.

Dessa forma, você pode ver cotação de minério de ferro, petróleo, ouro e outros metais. Mas também entram na jogada alguns ativos “inesperados”, como boi gordo, milho, soja, e assim por diante. Dessa forma, quase tudo que todo mundo, no planeta inteiro, precisa, é negociado via mercado de commodities. Por isso, esses ativos são de grande importância mundial, são produtos de origem primária, são altamente comercializados e exigem pouca industrialização. Com isso, são produtos que não têm diferenças entre as marcas. Ou seja, quem produz minério, não terá diferentes tipos de minérios. São produtos padronizados.

publicidade

Foto: Bernard Hermant | Reprodução

Os principais tipos e os impactos na sua vida

Os principais tipos de commodities, no caso do Brasil, são as agrícolas, que englobam produtos produzidos no setor da agropecuária. Com isso, temos o boi gordo, café, milho, soja e mais produtos. Dessa forma, os negociantes no mercado internacional definem o preço por esses produtos, e exatamente por isso que você pode sofrer no bolso.

Pense no caso do petróleo. A cotação internacional subiu muito no último ano. Isso porque as empresas produziram menos, mas a população passou a demandar mais. Com isso, o preço fica mais caro. E, no efeito cascata, a gasolina fica mais cara, encarecendo também o frete, aumentando a inflação do país.

E o mesmo ocorre com a carne, com o milho, com a soja. Essas commodities têm um grande efeito cascata, que é o efeito em que um bem inicial encarece, deixando diversos outros produtos mais caros. No caso da soja, quando ela fica mais cara, a carne fica menos acessível, dado que produtores utilizam na ração do gado. Cada produto interfere de modo diferente na sua vida. Por isso, saber a cotação internacional desses produtos pode ser um excelente termômetro para saber quando e como os preços vão subir.

Vale lembrar sempre que tudo é decidido pelo mercado internacional, e que os governos podem apenas minimizar os impactos. Uma das formas do governo brasileiro, por exemplo, minimizar os impactos da alta das commodities é incentivando a produção para exportação ou, ainda, valorizando o real frente ao dólar, dado que o dólar é a moeda de todos os bens negociados.

publicidade
publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.