InícioFinanças PessoaisCartão de CréditoBoa notícia! Juros do cartão de crédito rotativo cai 329,6%

Boa notícia! Juros do cartão de crédito rotativo cai 329,6%

A taxa de juros do cartão de crédito rotativo variou de 336,1% ao ano em abril para 329,6% em maio.

Já a taxa do parcelado do cartão saiu de 165,7% para 164,4%. No cheque especial, a taxa de juros cobrada foi de 122,1%, vinda de 124,3% em abril.

Conheça mais sobre o juros do rotativo

O rotativo é um tipo de crédito que pode ser oferecido aos clientes de cartão de crédito que não conseguem pagar a fatura por inteiro – isso é, o valor total dela.

Quando a pessoa paga uma quantia menor que o total da fatura, o valor restante entra na fatura seguinte – e sobre este valor em aberto são cobrados juros.

Quando o crédito rotativo pode ser cobrado?
Com as novas regras do cartão de crédito (de abril de 2017), só é possível usar o crédito rotativo uma vez por mês.

Isso porque o Conselho Monetário Nacional (CMN) exige dos bancos a obrigatoriedade de transferir essa dívida para o crédito parcelado, que é uma opção de juros menores.

A média da taxa do rotativo é divulgada todo mês pelo Banco Central. Em março de 2019, ela chegou a 298,6% ao ano.

Como não entrar no crédito rotativo?

Algumas atitudes simples podem evitar que o usuário precise da opção do crédito rotativo.

  • Saiba quais são as taxas de juros cobradas (verifique com seu banco);
  • Anote seus gastos para ter um controle e não gastar mais do que pode pagar;
  • Sempre que puder, pague o total da fatura para evitar qualquer tipo de juros;
  • Lembrando que é melhor pagar qualquer valor do que não pagar nada e deixar a fatura total em atraso.

 

 

Raquel Luciano
Jornalista formada pela Universidade Nove de Julho com experiência na produção de matérias para portais de notícia nos estados do MS, BA, MG e SP. Atualmente é Redatora do Sua Finança.
Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDOS