Connect with us

Sem categoria

Auxílio Brasil: confira as novas datas de pagamento

Publicado

on

As famílias beneficiadas pelo Auxílio Brasil já podem consultar quando receberão o benefício mínimo de R$ 400 neste mês de maio. De acordo com o cronograma, os repasses serão iniciados no dia 18 e ocorrerão segundo o Número de Inscrição Social (NIS).

Atualmente, o Auxílio Brasil atende mais de 18 milhões de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, totalizando um investimento de R$ 7,4 bilhões. Vale lembrar que para participar do programa é preciso ter inscrição ativa no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Quem pode receber?

Para receber o Auxílio Brasil de R$ 400, os interessados deverão atender os seguintes requisitos:

É necessário estar inscrito no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);
Ser selecionado pelo Ministério da Cidadania;
Estar em situação de pobreza ou de extrema pobreza.
A exigência para as famílias em situação de pobreza para ter direito ao benefício é ter em sua composição, gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças, adolescentes ou jovens entre 0 e 21 anos incompletos.

publicidade

Como solicitar o benefício?

Há três possibilidades:

Se já tinha o Bolsa Família: Auxílio Brasil será pago automaticamente;
Se está no CadÚnico, mas não recebia o Bolsa Família: vai para a lista de espera;
Se não está no CadÚnico: é preciso buscar um CRAS para fazer o registro, sem garantia de receber.

No mais, é possível consultar o benefício pelo aplicativo Auxílio Brasil ou Caixa Tem. Além dos meios digitais, o cidadão consegue entrar em contato com a central telefônica do Ministério da Cidadania, no número 121.

Calendário de pagamentos de maio

Final do NIS 
Data de pagamento

1
18 de maio

publicidade

2
19 de maio

3
20 de maio

4
23 de maio

5
24 de maio

6
25 de maio

publicidade

7
26 de maio

8
27 de maio

9
30 de maio

0
31 de maio

Auxílio Brasil pode pagar parcela extra 

O Auxílio Brasil, programa social que substituiu o Bolsa Família em novembro do ano passado, atende atualmente cerca de 18 milhões de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza.

publicidade

Mensalmente, o programa disponibiliza um benefício mínimo no valor de R$ 400 aos beneficiários. No entanto, é possível que as famílias recebam quantias consideravelmente superiores.

Isso porque, o Auxílio Brasil conta com uma série de benefícios complementares criados justamente para aumentar a mensalidade básica de R$ 400. Em alguns casos, a parcela extra pode chegar ao valor de R$ 1 mil.

Auxílio Brasil com parcela extra de R$ 1.000

Uma das formas de receber a parcela extra de R$ 1.000 do programa é através do Auxílio Esporte Escolar ou da Bolsa de Iniciação Cientifica Júnior. Em suma, os abonos consistem em incentivos a jovens que integram famílias beneficiárias do programa que se destacarem em competições esportivas ou acadêmicas.

Ou seja, famílias integradas por estudantes de 12 a 17 anos incompletos, que possuem um alto desempenho em competições de jogos escolares, ou em campeonatos acadêmicos podem receber o auxílio complementar.

A intenção é incentivar os jovens a se dedicarem as atividades escolares, o que enquadra o estudo e desenvolvimento esportivo e científico. As famílias aprovadas nessas categorias podem receber um pagamento único de R$ 1.000 ou R$ 100 mensais.

publicidade

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.