InícioEconomiaAinda vale a pena comprar com o dólar alto? Saiba mais!

Ainda vale a pena comprar com o dólar alto? Saiba mais!

Dólar alto vem mexendo com a economia brasileira desde o começo de 2020, ainda mais para quem precisa fazer compras no exterior ou realizar viagens para fora do país.

E esse aumento pegou muitas pessoas de surpresa que usam o dólar como opção de trabalho, atuando com e-commerce de produtos.

Além disso, sites como Aliexpress, Amazon e outros que atuam com a cotação do dólar para estipular os preços das vendas dos produtos, se tornaram uma opção quase abandonada para quem precisa comprar aqui no Brasil, buscando outras opções.

Ou seja, com o crescimento exponencial da moeda americana, chegando agora em maio na casa dos $ 5,25, fica a dúvida se ainda vale a pena comprar com dólar alto.

Vale a pena comprar com o dólar alto?

Bem, se você for olhar o contexto completo, neste momento é mais indicado esperar que a moeda americana abaixe um pouco o valor para então retornar as compras.

Segundo especialistas, esse valor do dólar alto o coronavírus, que mesmo com a chegada da vacina, não foi ainda controlado e por isso relações comerciais ainda não voltaram ao normal, dentre elas o turismo que movimenta grande dinheiro em diversos países.

Por isso, muitos acreditam que quando a doença estiver mais controlada, e o pânico da pandemia diminuir, o dólar poderá sofrer uma baixa, ajudando nas compras online ou durante viajem para o exterior.

Assim, você precisa analisar para qual modalidade vai usar o dólar, e se é possível remediar essa compra por algumas semanas, tendo o otimismo de queda.

Mas, se for impossível ficar longe da moeda americana, veja abaixo algumas dicas para comprar dólar alto sem perder dinheiro.

Como comprar dólar alto sem perder dinheiro

Para te ajudar a não perder dinheiro com a alta do dólar, veja como ter acesso a moeda americana, sem perder muito direito com a cotação do dia.

Dica 1 – Compra dólar aos poucos

A primeira dica para comprar dólar alto e assim não perder tanto com a conversão da moeda é por adquirir em pequenas quantidades, o suficiente para não pagar muitas taxas de emissão ou entrega.

Neste caso, fique sempre de olho no valor do dia, se existe uma baixa em relação a cotação do dia anterior, e ao sentir o melhor momento, faça a compra.

Dica 2 – Fique de olho nos preços dos produtos

Se você tem interesse em comprar um produto em dólar, é interessante ficar de olho no valor que ele aparece nos sites, e se houve mudanças em relação a cotação.

Também pesquise em corretoras de câmbios os sites especializados as taxas, sabendo se ele está caro ou não.

Dica 3 – Não esqueça os impostos e taxas

Antes de comprar dólar alto, não esqueça de calcular o IOF (imposto sobre operações financeiras), que para a compra de moeda em espécie é de 1,1%.

Já para compras em cartões pré-pagos (aqueles tíquetes de viagem) e no cartão de crédito, ele passa a 6,38% de tudo que você gastar em dólar.

Ou seja, isso pode atrapalhar a cotação dependendo do valor do dólar, ainda mais quando é para uso em viagens ao exterior.

Assim, nossa dica final é sempre antes de comprar dólar, fazer uma boa cotação em diferentes sites, analisar o que diz os especialistas sobre o aumento ou queda na moeda nos próximos dias, e se existe uma urgência de cotar dólar neste momento, prorrogando para um momento mais oportuno.

Raquel Luciano
Jornalista formada pela Universidade Nove de Julho com experiência na produção de matérias para portais de notícia nos estados do MS, BA, MG e SP. Atualmente é Redatora do Sua Finança.
Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDOS