Cheque Especial do Banco do Brasil: saiba como liberar e se realmente compensa

O cheque especial é disponibilizado pelas instituições financeiras a todo e qualquer cliente que se tornar correntista do banco, e para saber qual será o limite de crédito liberado, o perfil do usuário será analisado e de acordo com ele o banco definirá qual o valor máximo que será liberado.

E no BB funciona da mesma maneira, assim que você realizar a abertura da sua conta na instituição, automaticamente a opção do cheque especial estará disponível para que você o utilize quando quiser.

O cheque especial é uma modalidade de crédito liberada pelas instituições financeiras para que o cliente possa pegar o dinheiro quando quiser, com mais facilidade, e sem a necessidade de comprovação do destino do empréstimo, diferente do que acontece em outras modalidades de crédito.

Como pegar cheque especial no BB?

Como usar o cheque especial? | Conta em Banco

Assim como em todas as outras modalidades de empréstimo, o perfil do cliente passará por uma análise rigorosa, para que limite de crédito do cheque seja estabelecido e definido pelo banco.

Os bancos solicitam que o correntista apresente determinados documentos importantes para a liberação do crédito, sendo que eles são fundamentais para comprovar que você realmente consegue pagar pelo dinheiro que será emprestado. Por isso, o BB pode solicitar que você apresente o extrato de movimentação bancária em outros bancos que você tenha conta, o comprovante de renda por holerites e da declaração do Imposto de Renda.

Após a análise do perfil do cliente, o banco disponibilizará o limite de crédito máximo para o cheque especial, sendo que quanto maior a renda do correntista, maior será o limite que será liberado para ele, uma vez que o valor é calculado conforme a renda do cliente.

Depois da liberação você conseguirá pegar o valor referente ao cheque especial com muita facilidade, podendo ser solicitado através do aplicativo do banco ou pelo portal do BB que pode ser aberto direto no computador.

O Banco cobra alguma tarifa para aprovar o cheque especial?

Não, assim que você realizar a abertura da sua conta a opção do cheque especial já estará disponível para você, gratuitamente, sendo que o limite será liberado de acordo com a análise que foi feita do seu perfil.

O valor referente ao crédito liberado, estará sempre disponível na sua conta, mas não é necessário e nem obrigatório que ele seja utilizado, assim você tem a opção de decidir quando e se realmente quer utilizar. Caso em algum momento você queira usar o cheque especial, é importante saber que taxas de juros e outros custos serão cobrados, assim como ficou estabelecido no contrato.

Taxas de juros e encargos

O Banco do Brasil oferece aos seus clientes a possibilidade de solicitar o cheque especial sem ter que pagar taxas de juros, isso, se a quitação do valor total referente ao empréstimo for pago em até 10 dias após a data da solicitação.

Por exemplo, se você solicitou o cheque especial no dia 10 de Janeiro de 2020, e o total de dias de uso foi de até 10 dias, realizando o pagamento da dívida até o dia 20 de Janeiro, você não precisará pagar nenhuma taxa, ou seja, pegando R$500 você precisará pagar os mesmos R$500.

Agora, caso você não realize o pagamento da dívida dentro desse período, a partir do 11º dia começará a contar e a cobrar os juros referentes ao cheque especial.

As taxas de juros aplicadas sobre o cheque especial do Banco do Brasil poderão chegar a no máximo 12,49% ao mês, sendo que a taxa mínima que poderá ser cobrada mensalmente corresponde a 1,99%.

Atenção

As taxas de juros aplicadas sobre o valor o cheque especial são muito altas, por isso, antes de realizar a contratação, seja no Banco do Brasil ou em qualquer outra instituição financeira, procure saber quais as taxas e encargos serão aplicados sobre o valor. Se puder não pegar o crédito, será muito melhor para você, por isso só pegue em caso de extrema necessidade, ou caso consiga realizar o pagamento no prazo de até 10 dias.

Nunca pense em utilizar o cheque especial como componente adicional do seu salário, mas somente quando precisar de dinheiro com muita urgência.

Caso você realmente precise solicitar algum tipo de empréstimo, existem outras opções de crédito que são muito mais vantajosas, com taxas de juros bem menores, e que podem te ajudar a solucionar o seu problema sem te trazer novos problemas ainda maiores. O ideal é que você compare as taxas de juros que são aplicadas por cada instituição, e busque aquela que te oferece melhores condições de pagamento.

Aqui no site nós temos várias dicas de como solicitar um empréstimo, as instituições financeiras que oferecem as menores taxas de juros e várias informações que podem ser muito úteis para te ajudar no momento que você mais precisa, basta clicar aqui.