Connect with us

Direitos do Trabalhador

Voucher de R$ 400 para caminhoneiros poderá durar até o final do ano

Publicado

on

Caminhoneiros de todo o país poderão ganhar uma ajuda do Governo Federal já nos próximos dias. Segundo apurações da emissora CNN Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (PL) estaria próximo de anunciar um novo voucher para esta categoria trabalhista. O novo programa pagaria R$ 400 por mês, com duração até o final deste ano apenas.

O objetivo da criação do voucher é tentar suavizar os efeitos do aumento dos combustíveis. Na última semana, a Petrobras anunciou mais uma elevação do preço do diesel, o que acabou gerando ainda mais irritação da categoria. Alguns caminhoneiros já começaram a sinalizar que poderão realizar greves como as que aconteceram em 2018.

A possibilidade de paralisação é uma grande preocupação para o Palácio do Planalto neste momento. A avaliação dentro do Governo Federal é de que é preciso dar uma resposta para a categoria. A ala mais ligada ao Ministro da Economia, Paulo Guedes, acredita que uma paralisação dos caminhoneiros poderia ser muito ruim para a economia neste momento.

Esta não é a primeira vez que o Governo Federal sinaliza pagamentos de auxílios para os caminhoneiros. Em outros momentos, membros do Planalto disseram que poderiam pagar o benefício o quanto antes. No entanto, nas outras ocasiões, o projeto não se concretizou. Parte dos trabalhadores da área criticam o valor proposto.

publicidade

Boa parte dos caminhoneiros dizem que a solução para a diminuição do preço do combustível seria mesmo uma interferência nas políticas da Petrobras. No entanto, economistas afirmam que o presidente Jair Bolsonaro (PL) não tem o poder de simplesmente interferir, e dizem que uma simples interferência pode ter efeitos ainda piores para a economia.

Além do voucher

Outra proposta que segue sendo analisada pelo Governo Federal neste momento é o aumento no valor do vale-gás nacional. Hoje, dados do Ministério da Cidadania apontam que o programa social faz pagamentos de R$ 53 para pouco mais de 5,6 milhões de cidadãos.

O plano do Governo Federal é elevar o valor dos repasses do benefício para o dobro da proposta atual. Caso estivesse valendo, cada cidadão estaria ganhando em junho R$ 105. Afinal de contas, este é o patamar que corresponde a 100% da média nacional do preço do botijão.

A proposta em questão poderia ser aprovada por meio de uma emenda ao projeto que prevê compensações para estados. A matéria já foi apresentada e está em tramitação no Senado Federal neste momento.

Auxílio Brasil

Paralelamente, também existe uma proposta de aumento nos valores do Auxílio Brasil. O Ministério da Cidadania aponta que o programa social faz pagamentos de, no mínimo, R$ 400 por família. Pouco mais de 18 milhões estão aptos ao recebimento em junho.

publicidade

Uma ala mais ligada ao presidente Jair Bolsonaro acredita que é possível aumentar o valor do benefício para a casa dos R$ 600 ainda neste ano. O plano é aplicar a elevação o quanto antes para não ter problemas com a Justiça Eleitoral.

De todo modo, o plano para aumentar o valor do Auxílio Brasil ainda se encontra em fase de negociação inicial. Membros do Ministério da Economia, por exemplo, são contra a ideia de elevação neste momento.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.