Connect with us

Direitos do Trabalhador

Vale-gás: governo não pretende aumentar número de usuários, diz jornal

Publicado

on

Pouco mais de 5,4 milhões de brasileiros receberam o vale-gás no último mês de abril deste ano. E se depender do Governo Federal, a quantidade de pessoas aptas ao recebimento do programa seguirá neste nível. É o que diz uma matéria do jornal Extra, publicada no final da tarde desta quarta-feira (16). A notícia repercutiu entre os usuários.

Segundo as informações do jornal, fontes do Governo Federal teriam dito que a tendência natural neste momento é manter a quantidade de usuários do programa do jeito que está. Se a informação se confirmar, então seria possível dizer que nenhum dos usuários que estão na fila de espera poderão entrar na folha de pagamentos do projeto em junho.

Neste momento, estima-se que pouco mais de 18 milhões de brasileiros cumpram todos os requisitos para o recebimento do benefício. No entanto, dados do próprio Ministério da Cidadania apontam que apenas pouco mais de 5 milhões estão recebendo o dinheiro de fato. O Governo Federal explica que a negativa acontece por causa da falta de espaço no orçamento.

Foi justamente este o motivo apresentado pelas fontes do jornal Extra. Dentro do Ministério da Cidadania, há uma preocupação com a situação das contas públicas. O aumento no número de usuários do vale-gás nacional significa automaticamente uma elevação nos gastos públicos por causa dos novos depósitos que seriam realizados.

publicidade

Seja como for, é importante lembrar que o Ministério da Cidadania ainda não bateu o martelo sobre o assunto. Durante esta semana, membros da pasta se reunirão mais algumas vezes para trazer os números finais aos depósitos de junho do vale-gás nacional. É provável que eles anunciem os novos dados ainda antes do final desta semana.

Número caiu em abril

Caso o número de usuários do vale-gás nacional não suba em junho, seria a segunda vez consecutiva que o Governo Federal impediria o aumento no número de beneficiários do programa. Em abril, quando o último depósito foi feito, o vale-gás não cresceu.

Pelo contrário. Dados divulgados pelo próprio Ministério da Cidadania apontam que mais de 200 mil brasileiros que estavam na folha de pagamentos do programa anteriormente, tiveram que deixar de receber o dinheiro por causa de suspensões e/ou bloqueios.

O Ministério da Cidadania explica que na maioria dos casos, os processos de bloqueio e de suspensão aconteceram por causa de inconsistências nas informações prestadas em contas de usuários no Cadúnico ou mesmo no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Vale-gás nacional

O vale-gás nacional, oficialmente chamado de Auxílio Gás dos Brasileiros, foi criado e aprovado pelo Congresso Nacional ainda no final do ano passado. Logo depois da aprovação, o programa foi oficialmente sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL).

publicidade

Os pagamentos do novo benefício começaram em dezembro e continuam sendo realizados até hoje, sempre nos meses pares. Como o último repasse aconteceu em abril, teremos um agora neste mês de junho. A próxima liberação está marcada para acontecer na sexta-feira (17).

Para ter direito ao vale-gás nacional, é necessário ter uma renda per capita de até meio salário mínimo, ou seja, R$ 606 por pessoa. Além disso, também é importante ter uma conta ativa no Cadúnico ou ser usuário do Benefício de Prestação Continuada (BPC) do INSS.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.