InícioEconomiaSalário-Mínimo 2021: Veja o que mudou

Salário-Mínimo 2021: Veja o que mudou

O salário-mínimo 2021 sofreu um pequeno reajuste no valor, que passou a ser maior, comparado ao valor do ano passado. Todavia, o reajuste não prevê nenhum ganho real para os profissionais que irão recebê-lo. Muito pelo contrário, está sendo considerado apenas a inflação.

Salário-mínimo: O que é?

Salario-minimo 2021

O salário-mínimo, nada mais é do que um valor fixo de um dos salários mais baixos que um funcionário pode receber legalmente.

Além disso, o salário-mínimo também pode valer como base de valor de aposentadoria.

Esse salário foi aprovado como Lei de Diretrizes Orçamentárias, apresentada pela equipe econômica do Governo.

Neste caso, por ter sido aprovado pela lei, é um direito garantido a todos os indivíduos que trabalham de carteira assinada.

No entanto, mesmo sendo um direito garantido pela lei, ainda existem trabalhadores que recebem metade deste salário.

Isto acontece devido às várias condições de exploração trabalhista vivida por alguns trabalhadores.

Salário-mínimo 2021: Novo valor

O salário-mínimo 2021 sofreu poucas modificações ao longo dos anos desde que foi criado.

No entanto, as modificações consideradas maiores sempre acontecem em seu valor.

Até o mês de dezembro do ano passado, o valor do salário-mínimo 2021 estava estipulado em cerca de R$ 1.088.

Todavia, desde aquela época, esse valor estava sendo analisado para ser revisto e modificado no ano seguinte.

Foi exatamente o que aconteceu. O salário-mínimo 2021 foi reajustado para o valor de R$ 1.100.

Por que o salário-mínimo 2021 foi reajustado?

O reajuste do salário-mínimo 2021 foi feito pela Constituição Federal. Esta constituição determinou que o reajuste precisava ser feito para recompor a inflação do ano anterior.

A inflação normalmente é calculada de dezembro a janeiro para que o reajuste já entre em vigor no mês de janeiro.

Um dos maiores indicadores de inflação utilizado é o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

Neste caso, o INPC é calculado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Além disso, o INPC também pode ser utilizado como uma forma de corrigir o abono salarial e BPC (Assistência a Idosos carentes e deficientes físicos).

Os reajustes sofridos pelo salário-mínimo 2021, também causam impacto no pagamento de benefícios como:

  • INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e,
  • Seguro-Desemprego.

Qual foi o valor dos últimos salário-mínimo?

Durante os últimos anos, o salário-mínimo tem sofrido alguns pequenos reajustes, principalmente em seus valores devido a inflação.

Desde o ano de 1994 até o ano de 2016, o salário-mínimo passou a ser reajustado aos poucos.

Neste caso, vários fatores contribuíram para que houvesse uma taxa maior de reajustes entre esses anos.

Entre eles, estava o motivo de estabilização econômica que foi sancionado pelo Plano Real.

Nos anos seguintes, o valor passou a ser reajustado de forma mínima, chegando a:

  • 6,48% em 2017
  • 1,81% em 2018
  • 4,11% em 2020

Quem pode receber salário-mínimo 2021?

O direito do salário-mínimo é garantido a trabalhadores que possuem carteira assinada. Como é o caso de alguns funcionários públicos, empregados domésticos e muitos outros.

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDOS