Connect with us

Direitos do Trabalhador

Recife anuncia novo Auxílio de R$ 1,5 mil para vítimas de incêndios

Publicado

on

A cidade do Recife, em Pernambuco, anunciou os pagamentos de um novo Auxílio Emergencial para pessoas que foram vítimas de um grande incêndio que atingiu uma comunidade no Pina, na Zona Sul da capital. Segundo informações do governo local, um pagamento será de R$ 200 e o outro de R$ 1,2 mil.

O anúncio do benefício de R$ 1,2 mil foi feito pelo prefeito da cidade, João Campos (PSB) ainda na última sexta-feira (6). O adicional de R$ 200 foi acordado logo depois de uma reunião do governo local com moradores da região atingida pelo incêndio  nesta segunda-feira (9). As informações foram confirmadas pela prefeitura do Recife.

São 141 famílias com direito ao auxílio. Representantes dos moradores deverão participar de uma nova rodada de reuniões ainda nesta terça-feira (10). No novo encontro, a prefeitura deverá cadastrar oficialmente quais são as famílias que poderão receber o benefício de R$ 250 e também o auxílio-pecúnia de R$ 1,2 mil.

A prefeitura do Recife também anunciou que fará uma espécie de mutirão para ajudar as famílias a tirarem novos documentos como RG e CPF. Segundo relatos de moradores da comunidade, muitas destas documentações foram perdidas durante o incêndio que destruiu casas inteiras da comunidade ainda na última sexta (6).

publicidade

“Estamos ofertando o auxílio pecúnia, que é em relação a ocorrência do sinistro, que vai ser R$ 1.500 pagos de uma vez só, e depois vai ser ter o auxílio moradia de R$ 200 ao mês até fechar o destino das pessoas para um lugar digno”, disse o secretário de Governo e Participação Social do Recife, Carlos Muniz.

Reivindicações

Embora o governo do Recife tenha anunciado os auxílios, o fato é que as reivindicações dos moradores da comunidade do Pina eram maiores. Entre outros pontos, eles pediam por um auxílio-pecúnia no valor de R$ 3 mil.

Além disso, eles também pediram que o auxílio-moradia não fosse de R$ 200, mas sim de R$ 500 por um período de seis meses. Eles também pediram a concretização de um novo projeto de moradia para quem perdeu as suas casas.

Para as mães que precisam trabalhar, os moradores também pediram vagas em creches para elas consigam deixar os seus filhos enquanto estão no serviço. Por fim, eles também pediram um projeto de ajuda aos trabalhadores que não estão conseguindo adicionar renda neste momento.

Auxílio por incêndio

O incêndio que atingiu palafitas no Recife começou por volta das 16h30 da última sexta-feira (6). Moradores do manguezal da Bacia do Pina perderam tudo ou quase tudo durante o ocorrido. Há relatos de que as chamas se espalharam rapidamente.

publicidade

Informações do Corpo de Bombeiros dão conta de que o incêndio começou a ser controlado por volta das 18h da sexta-feira (6). De toda forma, a corporação também afirma que precisou permanecer no local até às 22h para combater pequenos focos.

Não há relatos de mortos ou feridos depois do incêndio. O número de pessoas que perderam a casa ou ao menos uma parte dos pertences ainda não foi oficialmente divulgado. A prefeitura trabalha com pouco mais de 140 famílias.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.