InícioFinanças PessoaisDicasPoupança para os filhos, como fazer?

Poupança para os filhos, como fazer?

Não existe essa história de estar cedo demais para começar a investir. Quanto antes o início no mundo dos investimentos mais seguro será o futuro da pessoa. Por isso muitos pais começam desde o nascimento a fazer uma poupança para os filhos.

Existem maneiras seguras de guardar dinheiro para suas crianças. Isso pode ser feito de uma maneira que garanta ganhos reais. Você gostaria de saber como dar segurança financeira através de uma poupança para os filhos? Vamos te ajudar a descobrir neste texto. É só continuar a ler.

Como fazer poupança para os filhos?

Uma das formas de fazer essa poupança para os filhos é realizar pequenos investimentos todos os meses. Essa prática pode ter início com o nascimento do seu pequeno. Os juros vão render um bom montante até que a criança atinja os 18 anos.

É importante traçar um objetivo para essa poupança. Como ajudar na faculdade ou comprar um carro. Além disso, deixe seus filhos cientes sobre a situação. É bom começar a educação financeira desde cedo.

Agora que já conhece os conceitos básicos vamos explorar duas boas formas de fazer esse investimento:

Tesouro IPCA

Essa modalidade do Tesouro Direto é ideal para investimentos a longo prazo por diversos motivos. Primeiramente porque há a garantia de ganho real. Isso porque o Tesouro IPCA usa como taxa de rendimento o valor da inflação. Em outras palavras, fazendo com que seu dinheiro sempre renda mais do que o aumento dos preços.

Há também muita segurança neste investimento. Já que títulos do governo representam baixo risco no mercado. Outros tipos de Tesouro Direto, como o Selic, podem representar um risco caso a inflação cresça demais em um período. E como o planejamento é fazer uma poupança para os filhos, o investimento deve ficar aplicado por um longo tempo.

Renda variável

Era uma prática de quem fazia poupança para os filhos comprar ações de grandes empresas. Já que essas traziam uma maior seguridade. Mas no momento atual essa prática requer um cuidado maior.

Grandes empresas também podem passar por quedas no valor de suas ações. Por isso, deixar o investimento por um longo tempo neste modelo pode não ser uma boa escolha.

Se quiser investir em renda variável para seus filhos, existe uma maneira. De tempos em tempos confira o rendimento das ações. Venda as que desvalorizaram e compre novas que se mostram promissoras. É importante estar sempre atento neste tipo de investimento.

Previdência Privada

Esse modelo pode dar segurança financeira para seus filhos em um momento difícil. A Previdência Privada é um investimento a longo prazo. A rentabilidade pode não ser tão atrativa quanto o Tesouro IPCA, mas há algumas vantagens.

Ao fazer uma Previdência Privada no seu nome é possível indicar uma pessoa para receber o benefício em caso de morte do titular. A grande vantagem é que neste caso não é preciso fazer inventário.

Quando pais deixam o herdeiro, este tem que fazer toda a documentação dos bens antes de recebê-los. Isso tem alguns custos e pode demorar um tempo. A Previdência Privada irá possibilitar ao seu filho uma quantia de dinheiro de forma rápida neste momento de dificuldade.

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDOS