Connect with us

Sem categoria

Os modelos híbridos e elétricos são tendências no mercado de automóveis

Publicado

on

Conforme informa o Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE 2031), em um cenário com maior oferta de modelos híbridos e elétricos, os preços altos podem incentivar a adoção desses veículos.

Os modelos híbridos e elétricos são tendências no mercado de automóveis

Usualmente, os preços acima de US$ 80/b levam à elaboração de projetos de lei nos EUA, com vistas a inibir políticas anticoncorrenciais praticadas pela Opep (NOPEC Bills), informa a divulgação oficial do Ministério de Minas e Energia (MME).

PDE 2031 e as projeções para o petróleo Brent no curto prazo

Alguns fatores pressionam os preços para cima, de acordo com o Ministério de Minas e Energia (MME). São eles:

Opep+ mantém produção em cheque para drenar excesso de estoques ao longo de 2021;
Taxas de declínio crescentes em campos maduros, intensificadas pela falta de investimentos;
Recuperação da demanda de petróleo baseada no aumento da vacinação e em estímulos econômicos.

publicidade

Fatores que pressionam os preços para baixo e impactam o mercado de automóveis

Surgimento de novas ondas de infecção e variantes, e manutenção temporária do trabalho remoto;
Retomada da produção de campos paralisados, em especial nos EUA, e reversão dos cortes da Opep+;
Altos estoques e capacidade ociosa recorde;
 Aumento das exportações do Irã.

Conforme informa o Ministério de Minas e Energia (MME), o cenário referencial do Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE 2031) projeta um frágil equilíbrio entre oferta e demanda mundial de petróleo no curto prazo.

Projeções de petróleo no horizonte decenal

Transição energética e demanda de longo prazo;

Demanda de petróleo e superciclos;

Eletrificação de veículos;

publicidade

Covid-19 e a demanda;

Covid-19 e seus impactos na oferta;

Preços de equilíbrio do petróleo no longo prazo.

PDE 2031 e as projeções para o petróleo Brent no horizonte decenal

Sobre a transição energética e a demanda de longo prazo, os investimentos e inovação ainda são requeridos para que as emissões líquidas sejam nulas em 2050.

De acordo com o Ministério de Minas e Energia (MME), as tecnologias necessárias ainda não estão maduras e cerca de 75% do progresso requerido para a descarbonização da economia ainda não é economicamente viável, sendo um desafio particularmente árduo para indústria pesada e para o transporte rodoviário de cargas, marítimo e aéreo. 

publicidade
Petróleo e mercado de automóveis:  tecnologias que devem ser relevantes 

CCUS na produção de cimento;
Eletrólise de hidrogênio baseado no metanol;
Fundição de aço aprimorada com CCUS;
Navios a célula de combustível;
Ferro reduzido para aço com base hidrogênio;
Veículos pesados a bateria;
Veículos pesados a célula a hidrogênio;
Navios a amônia;
Ferro reduzido para aço via gás com CCUS.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.