Connect with us

Sem categoria

A pressão do mercado e a elevação dos preços e da demanda por óleo e gás 

Publicado

on

Empresas listadas em bolsa têm sofrido pressão do mercado para demonstrar maior disciplina financeira, limitando gastos no curto prazo, o que explica a recuperação lenta da produção, analisa a divulgação oficial do Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE 2031).

A pressão do mercado e a elevação dos preços e da demanda por óleo e gás 

Conforme informações do Ministério de Minas e Energia (MME), a pressão para reduzir emissões também impacta os investimentos na cadeia de combustíveis fósseis. Os aumentos dos preços e da demanda por O&G deram impulso a novas aprovações de projetos e contratação de serviços petrolíferos em 2021.

No entanto, estas concentram-se em regiões muito promissoras, como Brasil, Guiana, EUA e Oriente Médio, informa o Ministério de Minas e Energia (MME). Os investimentos em upstream continuam 50% abaixo do patamar registrado entre 2010 e 2014 (IEA). 

Estoques comerciais de petróleo

Conforme informações oficiais do Ministério de Minas e Energia (MME), o aumento expressivo de estoques comerciais de petróleo em países da OCDE no começo da pandemia já foi majoritariamente revertido.

publicidade

Os estoques comerciais da OCDE

Todavia, o patamar atual ainda se encontra acima dos níveis históricos observados em períodos anteriores a 2014. Mesmo levando-se em conta o crescimento da demanda da última década, estoques comerciais da OCDE ainda asseguram mais de 90 dias de consumo desses países, destaca o Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE 2031).

A elevação dos estoques na China

Além disso, nos últimos anos, os estoques na China também se elevaram, ultrapassando o patamar de 100 dias de importações em 2021 (Bloomberg). 

Os estoques ainda relativamente altos devem impedir aumentos significativos e persistentes dos preços no curto prazo, pondera o Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE 2031), de acordo com divulgação do Ministério de Minas e Energia (MME).

Preço real histórico do petróleo

Os preços de petróleo registrados em setembro de 2021 (US$ 74/b) estão acima da média histórica das últimas décadas, informa o Ministério de Minas e Energia (MME). Desde 1990, os preços permaneceram 75% do período abaixo de US$ 80/b, o que pode fazer com que consumidores e tomadores de decisão considerem esse patamar como alto. 

A adição mandatória de etanol nos EUA

Os preços acima de US$ 80/b motivaram os EUA a implementar a adição mandatória de etanol à gasolina em 2005 e a elevar as metas de eficiência energética de novos veículos em 2007, informa o Ministério de Minas e Energia (MME). Além disso, consumidores tendem a escolher automóveis menores e mais eficientes quando da elevação expressiva dos preços dos combustíveis. 

publicidade

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.