Connect with us

Economia

O que está por trás do fechamento das lojas da Forever 21?

Publicado

on

A loja de departamentos norte-americana, Forever 21, fechará as portas de todas as suas lojas no Brasil até este domingo (19/06). Como forma de conter prejuízos, a marca anunciou uma liquidação de 50% no valor de seus produtos, até durarem os estoques. Há a possibilidade que as vendas on-line ou em marketplaces sejam mantidas.

Atuando há 8 anos no Brasil, a Forever 21 possui mais de 15 lojas espalhadas pelo país. A empresa está enfrentando um processo de recuperação judicial nos Estados Unidos e também tem enfrentado dificuldades em sua operação no território brasileiro, o que justifica a liquidação e a saída.

As lojas brasileiras viraram alvo de ações judiciais devido aos constantes atrasos nos aluguéis nos principais shoppings de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, que são administrados pelas redes Multiplan e brMalls. Sendo assim, ainda em janeiro de 2021, a Forever 21 teve que realizar o fechamento de 11 lojas.

Os problemas da varejistas começaram em 2019, pouco depois de ter realizado a expansão da operação para 50 países. No mesmo período, solicitou o pedido de proteção contra falência na Justiça dos Estados Unidos. A empresa também fechou as suas 44 lojas no Canadá no ano passado.

publicidade

Contudo, até o momento, a varejista ainda não realizou qualquer divulgação oficial sobre o término das suas operações no Brasil, mas, de acordo com o jornal Estadão, funcionários da loja confirmaram o fechamento das portas no próximo domingo, assim como a Associação Brasileira de Shopping (Alshop).

O que levou ao fechamento das lojas da Forever 21?

A Forever 21 chegou ao Brasil sendo o símbolo de uma marca descolada, chamando a atenção de jovens. Contudo, no exterior, a varejista estava posicionada com uma marca de peças baratas, mas aqui no Brasil isso não se cumpriu devido aos altos custos de importação e infraestrutura, o que elevou o custo das roupas.

Nesse sentido, como o fast-fashion possui alta rotatividade estes altos custos não permitiram que a Forever 21 tivesse ganho de escala em nosso território, dificultando a concorrência por preço com outras varejistas. A Forever 21 não conseguiu se posicionar no Brasil, principalmente com a chegada da pandemia, com isso, foi necessário encerrar a operação para que o prejuízo não fosse maior.

A pressão passou a ser maior com o ganho de mercado de algumas marcas chinesas de venda online , como Shopee e Shein. Estas lojas tem se adequado melhor ao público em que a Forever 21 está inserida, praticando valores mais baixos sem que necessariamente incorrer em prejuízo.

Além disso, um agravante foi a mudança de comportamento do público para o qual a marca é voltada, que passou a priorizar a compra de forma on-line, dificultando a manutenção da operação em lojas físicas. A Forever 21 costuma utilizar grandes lojas para praticar suas vendas, algo que tem se tornado cada vez mais incompatível com o público alvo a que se destina, principalmente quando não há uma estratégia bem definida.

publicidade

 

O post O que está por trás do fechamento das lojas da Forever 21? apareceu primeiro em Brasil123.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.