Connect with us

Bancos

Nubank anuncia uso do cartão de crédito ao Apple Pay

Raquel Luciano

Publicado

on

No final do mês de agosto, o Nubank liberou inclusão do cartão de crédito ao Apple Pay. Ela funciona como uma carteira digital para iPhone, Apple Watch, iPad e Mac, e permite efetuar pagamentos sem contato físico em estabelecimentos físicos, online e aplicativos.

A partir de agora, o Apple Pay está disponível para todos os clientes que possuam um cartão de crédito ou débito Nubank, seja o roxinho, o Ultravioleta ou da Conta PJ.

Este serviço da Apple funciona como uma carteira dentro do dispositivo móvel. O cliente adiciona cartões no aplicativo e, no momento do pagamento, será possível escolher entre eles.

A quitação acontece de forma prática e segura. Não há necessidade de manusear dinheiro ou cartão — além de não precisar de contato com outra pessoa.

publicidade

Nubank libera inclusão do cartão de crédito ao Apple Pay: Como adicionar?

  • Na tela inicial do aplicativo do Nubank, entre em “Meus Cartões”;
  • Decida se quer adicionar o seu cartão virtual ou físico;
  • Selecione “Configurar” e depois “Adicionar ao Apple Pay”;
  • Pronto! Você será redirecionado ao app Wallet. Para finalizar, basta seguir as instruções indicadas.

Caso prefira, o usuário poderá deixar o cartão Nubank como principal. Neste caso, no iPhone, a pessoa deve abrir o app Wallet, pressionar e segurar o cartão Nubank e, então, arrastar para a frente dos seus cartões.

Como utilizar o Nubank no Apple Pay

O Apple Pay pode ser usado nas variadas compras do cotidiano. Para isso, é só selecionar o cartão Nubank cadastrado no app Wallet e seguir o passo a passo abaixo:

Pagamento com iPhone usando o Face ID:

  • Abra o app Wallet;
  • Selecione o seu cartão Nubank — caso ele já seja o seu cartão principal, basta clicar duas vezes no botão lateral do iPhone;
  • Olhe para o dispositivo para realizar a autenticação com o Face ID ou insira o código;
  • Mantenha a parte superior do iPhone perto do leitor de proximidade até aparecer o “OK”, além de uma marca de verificação na tela.

Pagamento com iPhone usando o Touch ID:

  • Abra o app Wallet;
  • Selecione o seu cartão Nubank — se ele já for o seu cartão principal, é só colocar o dedo no Touch ID;
  • Mantenha a parte superior do iPhone próximo ao leitor de proximidade até aparecerem o “OK” e uma marca de verificação na tela.

Pagamento com o Apple Watch:

  • Para utilizar o seu cartão padrão, clique duas vezes no botão lateral;
  • Mantenha a tela do Apple Watch próximo ao leitor de proximidade;
  • Aguarde até sentir um toque suave.

No caso do pagamento com o Apple Pay em lojas físicas, será preciso verificar se o estabelecimento aceita pagamento por aproximação. Caso aceita, basta aproximar o celular desbloqueado da maquininha no momento de pagar.

Já no caso das lojas online e aplicativo, será possível pagar com Apple Pay se a página exibir o botão “Pagar com Apple Pay” no momento de concluir a compra.

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Jornalista formada pela Universidade Nove de Julho com experiência na produção de matérias para portais de notícia nos estados do MS, BA, MG e SP. Atualmente é Redatora do Sua Finança.

Bancos

Banco Inter lança dois novos serviços para clientes. Veja quais são!

Raquel Luciano

Publicado

on

Seguindo tendências do mercado financeiro, o Banco Inter está se tornando cada vez mais completo, possibilitando que os clientes encontrem nele diversas soluções para os problemas financeiros do dia a dia. As novidades mais recentes são o empréstimo consignado privado e o pagamento da fatura do cartão via Pix.

No caso do empréstimo consignado privado, o destaque da oferta vai para a taxa de juros, que é de 2,12% ao mês, uma das menores do mercado – no caso do consignado público, ela pode ser ainda menor, na faixa de 1,30% ao mês. O serviço está disponível para trabalhadores com carteira assinada e oferece ainda 48 meses de prazo para quitar a dívida.

Podem aproveitar esse crédito os funcionários de empresas conveniadas à fintech. Pela modalidade de empréstimo consignado privado, as parcelas são descontadas diretamente da folha de pagamento do tomador. A solicitação pode ser feita pelo aplicativo do Banco Inter.

Pagamento da fatura por Pix

Clientes Banco Inter também podem quitar a fatura do cartão de crédito do banco pelo Pix. O banco digital foi pioneiro em habilitar a funcionalidade. Para utilizá-la, basta encontrar o QR Code do documento e ir nas opções “Pix”, “Pagar” e, em seguida, “Pix com QR Code”.

publicidade

No próximo passo, o cliente deve verificar os dados que surgirem na tela e se na descrição consta o pagamento no nome do titular. Feito isso, basta informar o valor desejado e clicar em “Continuar”. Outra opção é salvar o QR Code na galeria de imagens para efetuar o pagamento de forma direta pelo smartphone, sem a necessidade recorrer a outro dispositivo.

Podem aproveitar esse crédito os funcionários de empresas conveniadas à fintech. Pela modalidade de empréstimo consignado privado, as parcelas são descontadas diretamente da folha de pagamento do tomador. A solicitação pode ser feita pelo aplicativo do Banco Inter.

Como se tornar cliente do Banco Inter

Para se tornar cliente do Banco Inter é bastante fácil e o processo é feito totalmente online. Primeiro, baixe o aplicativo do banco digital no celular ou tablet nas plataformas Android ou iOS.

Em seguida, preencha o cadastro, informando dados pessoais, além do envio de documentação online.

Após aprovado, você receberá um e-mail e o cartão de débito da conta corrente Banco Inter chegará no endereço cadastrado. O registro da senha é feito também online após a chegada do cartão, tudo dentro do aplicativo.

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Bancos

C6 Bank libera até 4 tag de pedágio para clientes do banco digital

Raquel Luciano

Publicado

on

Além de ser o primeiro banco a oferecer tag de pedágio totalmente gratuita para seus correntistas, o C6 Bank também oferece aos seus clientes a possibilidade de pedir tags adicionais e gratuitas para usar em outros veículos ao mesmo tempo. O benefício exclusivo reforça o compromisso do banco digital de tornar o produto acessível a todos os públicos.

No mercado, há diferentes modelos de contratação de tags. Algumas empresas cobram taxa de adesão e mensalidade, além do valor do pedágio. Outras isentam os clientes dessas tarifas por um período ou por tempo indeterminado.

No caso do C6 Bank, o primeiro C6 Tag é sempre gratuito. O cliente só paga o valor do pedágio ou do estacionamento onde a tag foi utilizada. Não há taxas de envio ou de adesão. O produto é realmente gratuito.

Além disso, usuários do cartão de crédito C6 Carbon, modalidade correspondente à versão black da Mastercard, têm direito a três tags gratuitas adicionais e pagam uma mensalidade de R$ 5 a partir da quarta.

publicidade

Os demais clientes pessoas físicas e MEIs podem solicitar a primeira tag gratuita e, a partir da segunda, pagam a mensalidade de R$ 5. Não há limite de tags por conta. Os pedidos podem ser feitos diretamente pelo aplicativo do banco, disponível na loja de apps da Apple (App Store) e do Android (Google Play Store).

O C6 Tag é aceito em todas as estradas pedagiadas do país e em mais de 380 estacionamentos de shoppings, aeroportos e centros comerciais espalhados pelo Brasil e foi premiado recentemente pelo Instituto MESC — Melhores Empresas em Satisfação do Cliente na categoria “Pagamentos — Liberação de Cancelas”, que contava com outros 11 produtos.

Com o C6 Tag, a cancela do pedágio ou do estacionamento é aberta e o valor é debitado diretamente da conta corrente do cliente. Na prática, a tag funciona como um cartão de débito do carro.

A oferta torna-se atrativa para uma parcela significativa da população que não está disposta a pagar uma mensalidade para ter acesso ao serviço.

Um levantamento encomendado pelo C6 Bank para a MindMiners, startup de pesquisa digital, indica que 27,5% dos usuários de serviços de pagamento eletrônico de pedágio e estacionamento consideram o preço do serviço um dos fatores mais importantes na hora da contratação, enquanto 27,8% mencionam a qualidade.

publicidade

Do total de entrevistados, quase 40% dizem que é alta ou muito alta a chance de trocar de marca para economizar.

Outras vantagens

Os clientes do C6 Bank donos de veículos ainda podem aproveitar duas outras vantagens oferecidas pelo banco. A primeira delas é abastecer seus veículos nos postos da rede Shell com pagamento em débito em conta direto pelo aplicativo do banco.

A funcionalidade Shell Box é uma opção rápida e 100% digital de pagamento, já que não envolve o manuseio de cartões de crédito ou de dinheiro.

O recurso pode ser usado por todos os clientes C6 Bank para abastecer com qualquer tipo de combustível, seja comum ou aditivado, nos mais de 3.500 postos Shell habilitados com Shell Box. Basta que o saldo em conta corrente seja suficiente para pagar pelo abastecimento.

O valor é debitado diretamente da conta. Além disso, o cliente pode consultar no comprovante que aparece no aplicativo todos os detalhes sobre a operação, como local, data, volume abastecido e tipo de combustível utilizado.

publicidade

Com apenas R$ 5 por mês, usuários do C6 Tag também podem contratar o Seguro C6 Tag Rodovia. Primeira do tipo no país, a solução aprovada pela Susep, a Superintendência de Seguros Privados, é uma parceria com Seguros SURA, uma das maiores seguradoras da América Latina, e oferece assistência em todas as estradas pedagiadas do país.

As comodidades do Seguro C6 Tag Rodovia incluem guincho disponível 24 horas por dia, táxi gratuito para terminar a viagem em um perímetro de até 400 km do local do acidente e hospedagem, conforme a circunstância da ocorrência.

Além disso, o serviço oferece uma cobertura de até R$ 5 mil para danos em veículos próprios e de terceiros. Quem já tem seguro de automóvel pode usar esse valor para ajudar a pagar a franquia de danos materiais.

O seguro está disponível para carros, incluindo automóveis particulares, táxis e aqueles que operam com aplicativos de transporte de passageiros, independentemente do ano de fabricação.

A contratação é simplificada pelo app do C6 Bank sem a necessidade de preencher formulários ou fazer avaliações do veículo. Após concordar com os termos e finalizar a contratação, o cliente já está coberto. A cobrança mensal de R$ 5 é recorrente e feita em débito em conta tendo como base a data de contratação do seguro.

publicidade

Sobre o C6 Bank

O C6 Bank é um banco completo, lançado em 2019, que já superou a marca de 11 milhões de clientes no Brasil. Sem agências físicas, a instituição financeira já tem em seu portfólio mais de 20 itens, incluindo conta corrente isenta de taxa de manutenção, cartão sem anuidade, transferências e saques gratuitos, tag de pedágio grátis, programa de pontos, Conta Global, plataforma de investimentos, entre outros.

O banco teve o maior crescimento na base de clientes entre os bancos digitais do país, segundo levantamento do UBS Evidence Lab publicado em outubro de 2020. O C6 Bank atende pessoas físicas, MEIs e PMEs e está presente em 100% dos municípios brasileiros. Mais informações sobre o banco em https://www.c6bank.com.br

Fonte: Assessoria de Imprensa

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

publicidade
Continue Lendo

Bancos

Banco Mundial e FMI: você conhece?

Pedro Hostyn

Publicado

on

Se você acompanha o noticiário econômico e, claro, esse site que você está lendo agora, com certeza já ouviu falar de Banco Mundial e FMI. Mas na prática, você sabe o que eles fazem? Ou ainda, você sabe para que eles servem? Se a resposta for não, esse texto é para você!

Mas antes de explicar o que são esses órgãos, é preciso falar sobre como eles surgiram.

Como surgiram o FMI e o Banco Mundial?

Com o fim eminente da Segunda Guerra Mundial, em julho de 1944, 45 países se reuniram em uma cidade nos Estados Unidos chamada Bretton Woods. Lá, os países buscaram formas de recuperar a economia e fazer com que o mundo, agora interligado, não sofresse uma crise econômica conjunta.

Para isso, o Acordo de Bretton Woods utilizou da cooperação entre países para fundar e iniciar os trabalhos do Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial. Basicamente, eles são órgãos multilaterais que ajudam os países membros quando eles precisam ou recorrem aos órgãos.

publicidade

Apesar de serem parecidos, FMI e Banco Mundial não são a mesma coisa e essas diferenças são relevantes na prática. Isso porque o noticiário fala das entidades como se fossem parecidas, mas suas finalidades são distintas.

Banco Mundial FMI

Foto: Banco Mundial – reprodução

Banco Mundial

Como o próprio nome diz, o Banco Mundial é um banco que financia o mundo inteiro. Dessa forma, em vez de governos recorrerem a bancos nacionais, que mexeria de forma severa com as finanças dos países, eles recorrem a uma instituição externa.

Por isso, o Banco Mundial atual para financiar programas de desenvolvimento. Além disso, ele tem o objetivo de reduzir a pobreza e promover o desenvolvimento dos países membros. Para isso, ele faz empréstimos com juros baixos para apoiar projetos de infraestrutura, de saúde e de educação. Atualmente, ele está mais focado em pautas ESG e igualdade de raça e gênero.

A assembleia é formada pelos ministros da economia dos países integrantes, que hoje somam 189 nações. Como participante, o Brasil mantém sua cadeira na instituição e tem poder de voto nas decisões do banco.

Banco Mundial FMI

Foto: Reuters – reprodução

Banco Mundial FMI

Foto: Pixabay

Fundo Monetário Internacional

Assim como o Banco Mundial, o FMI também é um órgão que busca atender aos países membros e segurar a economia mundial para que crises econômicas sejam mitigadas ou, quem sabe, evitadas. Por isso, é comum dizermos que a instituição preza pela estabilidade do sistema financeiro global.

Para isso, ele também atua com empréstimos para países que precisam de dinheiro para manter a estabilidade monetária. Apesar disso, diferentemente do Banco Mundial, o FMI não financia projetos de infraestrutura. Ele apenas injeta dinheiro na economia para que ela se segure. Em contrapartida, ele exige que o tomador faça politicas de austeridade (superávit fiscal, redução de gastos públicos, pagamento de todas as dívidas e até novos impostos).

O poder de voto se dá através das cotas dos países. Dessa forma, quanto mais um país coloca dinheiro no FMI, maior fica seu poder de voto. Além disso, o órgão também atua com programas de capacitação para que as nações consigam atingir o desenvolvimento.

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Bancos

Bancos digitais dominam mercado financeiro e deixam pra trás os concorrentes

Raquel Luciano

Publicado

on

Antigamente, para que uma pessoa pudesse guardar o dinheiro era necessário abrir uma conta em um banco, que oferecia dentre os serviços um cartão de débito, cartão de crédito, cheque e saques ilimitados. Mas, tudo vem mudando com a entrada dos bancos digitais no cenário nacional.

Os bancos digitais foram criados de olho no novo perfil dos clientes, que cansados das burocracias que os tradicionais bancos tinham, buscavam uma nova forma de gerenciar o seu dinheiro.

Com cada vez mais pessoas estão usando aplicativos instalados no celular para ter acesso a conta corrente, e quando as agências bancárias se tornaram obsoletas, Fintechs viram um mercado em expansão, e resolveram criar bancos digitais que pudesse oferecer serviços iguais ao bancos tradicionais sem a necessidade de uma agência física e passando bem longe de toda a burocracia para a abertura de conta que essas bancos pediam dos clientes.

Para abrir uma conta corrente em um banco é preciso ir até uma agência bancária mais próxima, levar alguns documentos pessoais, comprovantes de residência e de renda e torcer para que o banco aprove a pessoa como cliente.

publicidade

Já nos bancos digitais isso não acontece. A pessoa escolhe a melhor opção, como Nubank, Banco Inter, Banco Neon, Banco Next e outros, baixa o aplicativo, informa os dados solicitados sem sair de casa e aguarda a aprovação que chega por e-mail.

Ou seja, antes mesmo de ser cliente de um banco digital a pessoa já sente a diferença das tradicionais instituições financeira.

Migração das contas correntes para bancos digitais

É devido a essas vantagens que muitos clientes estão migrando das contas correntes tradicionais para os bancos digitais.

A Nubank, que tem cerca de 10 milhões de clientes no Brasil, registrou em 2019 um valor de R$ 400 milhões em investimento, de acordo com a própria empresa, mostrando o quanto a conta digital influência na rotina dos brasileiros e está tornando essas empresas grandiosas.

E esse interesse dos brasileiros pelos bancos digitais é tão visível que alguns bancos famosos resolveram abrir contas digitais também.

publicidade

É o caso do Bradesco que lançou sua própria conta digital, o Banco Next, que oferece todas as funções da instituição financeira, mas é controlada apenas pelo aplicativo sem os procedimentos que afastaram os clientes deste tipo de banco tradicionais.

Bancos digitais oferecem serviço diferenciado

Mas, será que somente o fato de não ter que pegar fila é o grande diferencial dos bancos digitais?
Além de ser um sistema mais tecnológico, com as contas digitais os clientes têm a sua disposição:

• Menores taxas comparas dos bancos comuns;
• Cartão de crédito sem anuidade;
• Recebimento de pagamento via boleto bancário;
• Transferências entre contas sem cobrança de taxas (isso vale somente para Banco Inter, Nubank, Neon. Já o Banco Next cobra transferência, sendo isente apenas o Bradesco);
• Alguns bancos digitais servem como poupança, onde o dinheiro aplicado gera dinheiro todo o mês.
• Abertura de conta digital para negativados no Serasa/SPC.

Ou seja, são tudo isso a chave para o crescimento das contas digitais no Brasil, com possibilidade de expansão ainda maior nos próximos anos.

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Bancos

Nu invest: Conheça essa nova plataforma de investimento

Jéssica Queiroz

Publicado

on

A Nu invest faz parte do banco Nubank e promete revolucionar o mundo dos investimentos

A Nubank é conhecida por ser uma das plataformas de banco digitais mais utilizadas da atualidade. Esse banco oferece inúmeros tipos de opções para seus clientes.  Atualmente a Nubank criou a Nu Invest, voltada para investimentos seguros através de uma plataforma totalmente administrada pelo Nubank.

O que é a Nu invest? 

Nu Invest

Imagem: Istock Photos

O Nu invest nada mais é do que a nova plataforma de investimento do banco digital Nubank. Dentro dessa plataforma, os investidores têm acesso a diversos tipos de produtos financeiros. 

O grande propósito dessa nova plataforma é garantir que o acesso ao investimento seja feito de forma mais simplificada. 

Principalmente para quem deseja ir além das contas poupança e realmente investir em ações ou títulos. 

publicidade

Por essa razão, a Nu invest utiliza toda a estrutura e experiência da Easynvest. Dessa forma, são oferecidas muito mais opções de investimento e estruturação para os clientes que desejam investir. 

Nu Invest: É confiável investir?  

Imagem: Istock Photos

Apesar de ser uma plataforma de investimento totalmente nova no mercado de investimentos, a Nu invest é considerada bastante segura. 

A Nu Invest atua com a plataforma Easynvest, consolidada desde de o ano de 1968 como uma ótima empresa de investimentos no Brasil. 

Além disso, essa instituição carrega consigo todos os registros considerados necessários para funcionamento. 

Os selos que comprovam e atendem a seriedade da agência podem ser encontrados facilmente no rodapé do aplicativo de investimento da Nubank. 

Por isso, apesar de ser nova, não existe nenhum tipo de motivo para que os usuários desconfiem da confiabilidade da Nu invest. 

publicidade

Aprenda a investir na plataforma de investimento da Nubank 

Nu Invest

Imagem: Istock Photos

Uma das consideradas grandes vantagens de se investir nessa nova plataforma é a sua facilidade de investimento. 

Desde o processo de inscrição ao primeiro investimento, os passos são simples e rápidos de se realizar. 

O Nu Invest oferece um portfólio considerado completo para investimento. Assim que a inscrição for confirmada o cliente já pode visualizar todas essas opções. 

Para investidores de primeira viagem, o próprio aplicativo alerta sobre evitar investimentos com renda variável e optar por investimentos mais seguros. 

O próprio cliente pode escolher, dentre as muitas opções, onde e de que forma deseja investir: 

  • Renda fixa: CDB, LC, LCI, LCA, CRI, CRA, LFT, Tesouro Direto e Debêntures;
  • Mercado futuro: Mini índice, mini dólar, contrato de índice, opções e contrato de dólar;
  • Renda variável: Ações, BDR, FLL, ETF;
  • Outros tipos: Fundos de investimentos, previdência privada, COE, ofertas públicas;

O que essa plataforma de investimento oferece?

Imagem: Istock Photos

Existem muitos benefícios atrelados a se investir na Nu Invest. O primeiro deles é a facilidade com que os investimentos podem ser feitos. 

Além disso, existem inúmeros produtos de investimentos disponíveis para o cliente escolher como e onde deseja investir. No entanto, não é só isso, a plataforma ainda oferece: 

publicidade
  • Blog Nubank;
  • Canal Nu Invest;
  • Plataforma Mulheres Investidoras;
  • Invest;

Dessa forma, todos que entram na plataforma em busca de conhecimento para realizar seu primeiro investimento, têm informações acessíveis. 

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Bancos

Banco digital oferece videoaulas gratuitas sobre educação financeira

Raquel Luciano

Publicado

on

O C6 Bank, banco digital completo para pessoas físicas e jurídicas, está oferecendo 15 videoaulas gratuitas de educação financeira na plataforma de cursos da B3, a bolsa do Brasil.

Apresentados pelo professor Liao Yu Chieh, head de educação do C6 Bank, os vídeos esclarecem dúvidas comuns aos brasileiros e trazem dicas valiosas para quem busca inteligência financeira.

As aulas adotam linguagem simples, em pílulas de até três minutos de duração, o que facilita o acesso de todos os públicos aos conceitos financeiros. Os vídeos estão disponíveis no site da B3 e, para acessá-los, basta fazer um cadastro simples e gratuito com nome, e-mail e senha.

Iniciativas de Educação Financeira

Desde o seu lançamento, em 2019, o C6 Bank já desenvolveu uma série de iniciativas com o intuito de ajudar as pessoas a alcançarem a inteligência financeira. Além de distribuir conteúdo gratuitamente em diversos formatos e plataformas, o banco também aposta na realização de cursos para levar informação de qualidade à população, especialmente àquelas situadas em regiões vulneráveis.

publicidade

Em 2020, por exemplo, o banco iniciou uma parceria com o Instituto PROA, de São Paulo, que tem projetos voltados para jovens da rede pública de ensino, e se tornou responsável pelo módulo de educação financeira do curso que forma jovens programadores para o mercado de trabalho.

Os estudantes aprendem a fazer orçamentos, conhecem os diferentes tipos de renda (bruta, líquida, variável e extra) e tornam-se aptos a elaborar planejamentos financeiros de longo prazo, para si mesmos e suas famílias.

Já neste ano, como parte das iniciativas para reforçar a promoção da diversidade e da inclusão na sociedade, o C6 Bank promoveu um workshop de educação financeira para 100 mulheres trans.

O curso ministrado de forma remota pelo professor Liao Yu Chieh abordou temas de finanças pessoais, com estratégias para que as pessoas melhorem sua relação com o dinheiro, com conhecimento prático sobre gestão inteligente de recursos.

Outra iniciativa recente do banco, feita em parceria com a Nova Escola, capacitou mais de 7 mil professores dos ensinos Fundamental e Médio no país. Além disso, o C6 Bank também lançou sua maior ação de educação financeira, o programa Sua Vida Financeira com Prof. Liao na GloboNews, exibido semanalmente na emissora.

publicidade

Após a veiculação na TV, os vídeos ficam disponíveis em uma editoria especial no G1 – Sua Vida Financeira e também nas redes sociais do banco.

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Title

IVVB11 S&P 500 IVVB11 S&P 500
Dicas2 horas atrás

IVVB11: o ETF que salvou os investidores brasileiros

Se você é um investidor e ainda mantém seu dinheiro apenas no Brasil, você está investindo errado, e o IVVB11...

Ray Dalio Bridgewater Ray Dalio Bridgewater
Investimentos16 horas atrás

Bridgewater: conheça o fundo mais lucrativo do mundo

A Bridgewater Associates é a maior gestora de hedge funds do mundo e conta com a liderança de um dos economistas...

B3 ESG GPTW B3 ESG GPTW
Investimentos19 horas atrás

B3 anuncia novo índice ESG

Na levada dos investimentos do futuro, a bolsa brasileira, a B3, anunciou um novo índice de ESG. E para provar...

Tesla Tesla
Ações21 horas atrás

Tesla registra lucro e anima o mercado

A Tesla, do icônico Elon Musk, apresentou ao mercado lucros acima das expectativas e animou os investidores nos dois últimos...

hidrogênio verde hidrogênio verde
Economia24 horas atrás

Hidrogênio verde: um potencial brasileiro

A crise hídrica no Brasil mostrou a necessidade de utilizarmos energia renovável para atender à demanda de energia elétrica no...

Netflix Netflix
Ações1 dia atrás

Netflix: efeito Round 6 deixa empresa com lucro recorde

A nossa tão amada Netflix informou ao mercado que fechou o terceiro trimestre de 2021 com um lucro líquido de...

Sérgio Moro Sérgio Moro
Sem categoria2 dias atrás

Sérgio Moro deve se filiar ao Podemos e concorrer em 2022

O ex-juiz Sérgio Moro deve se filiar ao partido Podemos para representar a terceira via em 2022. Além disso, o...

final de semana final de semana
Dicas2 dias atrás

Final de semana: descanso será merecido

Após uma semana de sangue na bolsa de valores, chegou o final de semana. Claro, com ele vem aquelas dicas...

Ibovespa Ibovespa
Investimentos2 dias atrás

Ibovespa opera em queda pelo segundo dia seguido

O Auxílio Brasil e o teto de gastos ainda deram o que falar no índice da bolsa brasileira. Com isso,...

Economia2 dias atrás

PEC aprovada e Bolsonaro defendendo Guedes: confira

Em meio a suspeitas de que Paulo Guedes sairia do ministério da Economia, Bolsonaro se reuniu com o ministro na...

Mais lidos