Connect with us

Direitos do Trabalhador

Novo saque do FGTS liberado; veja quem pode sacar até R$ 6.220

Publicado

on

A Caixa Econômica Federal liberou neste mês mais um saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Os trabalhadores residentes das cidades que declararam estado de calamidade devido as fortes chuvas podem sacar até R$ 6.220 das suas contas vinculadas ao fundo.

Só este ano, mais de 100 cidades foram contempladas com a liberação do saque especial devido aos impactos pluviais. De acordo com a instituição financeira, os trabalhadores vítimas dos desastres devem estar atentos aos resgates, pois após liberados possuem um prazo de disponibilidade de apenas 60 dias.

Cartão de crédito da CAIXA foi liberado via aplicativo

Quem pode realizar o saque calamidade do FGTS em junho?

No total, o banco já autorizou o saque para mais de 120 cidades brasileiras que compõem os seguintes estados:

publicidade

Rio de Janeiro;
Bahia;
Minas Gerais;
São Paulo; e
Espírito Santo.

Veja na tabela abaixo os municípios com prazos abertos para realização do saque calamidade neste mês de junho:

Municípios com possibilidade de saque
Data limite para realização do saque calamidade

Angra dos Reis (RJ)
02 de julho de 2022

Aperibé (RJ)
06 de julho de 2022

publicidade

Bom Jesus do Itabapoana (RJ)
23 de junho de 2022

Cambuci (RJ)
20 de junho de 2022

Itaocara (RJ)
20 de junho de 2022

Mesquita (RJ)
12 de julho de 2022

Miracema (RJ)
23 de junho de 2022

publicidade

Nova Iguaçu (RJ)
13 de julho de 2022

Paraty (RJ)
03 de julho de 2022

Queimados (RJ)
11 de agosto de 2022

Aimorés (MG)
20 de junho de 2022

Cataguases (MG)
06 de julho de 2022

publicidade

Mateus Leme (MG)
04 de julho de 2022

Bom Jesus do Norte (ES)
10 de julho de 2022

São Gabriel da Palha (ES)
03 de julho de 2022

Consulta ao FGTS

Os trabalhadores habilitados a realizarem o saque calamidade podem consultar os seus valores no FGTS pelo aplicativo do próprio órgão (disponível para aparelhos Android e IOS), pelo site ou agência da Caixa.

Vale lembrar que, no momento do saque será necessário apresentar um documento de identificação oficial e comprovante de residência atualizado (120 dias anteriores à data do decreto de calamidade pública).

publicidade

Caixa libera último saque do FGTS de até R$ 1 mil hoje

Nesta quarta-feira, 15 de junho, o Governo Federal encerra com os depósitos do saque extraordinário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência, cerca de 42 milhões de trabalhadores estão aptos a resgatarem o valor de até R$ 1 mil.

Mesmo que os repasses sejam finalizados nesta quarta-feira (15), os trabalhadores poderão sacar os recursos até 15 de dezembro, caso contrário, retornarão às contas do FGTS do titular devidamente corrigidos. Os depósitos estão ocorrendo via conta Poupança Digital+, do Caixa Tem.

Como posso consultar o saldo do FGTS?

A consulta do FGTS poderá ser feita por meio do aplicativo do Fundo de Garantia ou pelo Internet Banking da Caixa.

Pelo aplicativo:

Baixe ou atualize o aplicativo do FGTS caso já tenha;
Abra o app e clique em “Entrar no aplicativo” e clique em “Continuar”;
Informe seu CPF, vá em “Não sou um robô” e, depois, em “Próximo”;
É possível que o sistema solicite a identificação de imagens, selecione-as e vá em “Verificar”;
Na sequência, informe a senha e clique em “Entrar”;
Aparecerá uma mensagem com informações sobre o saque extraordinário do FGTS, clique em “Entendi”;
Na tela inicial, vá em “Saque Extraordinário”;
Em seguida, aparecerá quanto estará disponível para o saque;
Clique em “Ver contas FGTS liberadas”, caso queira saber de quais contas o dinheiro será debitado;
Para liberar o dinheiro, basta voltar à tela anterior e tocar em “Solicitar saque”;
Para finalizar, clique em “Confirmar”.

publicidade

Pelo site:

Acesse o site www.fgts.caixa.gov.br;
Na página inicial, vá em “Saque Extraordinário do FGTS” e clique em “Consulte aqui”;
Informe o seu CPF ou o número do PIS;
Clique em “Não sou um robô” e vá em “Continuar”;
Caso o sistema solicite a identificação de imagens, identifique-as e vá em “Verificar”;
Insira a sua senha e clique em “Continuar”;
Feito isto, o sistema informará se você terá direito ao saque do FGTS e como ocorrerá o procedimento.

Sou obrigado a sacar?

Não. O saque é facultativo ao trabalhador, ou seja, caberá a ele resgatar o dinheiro ou não. Caso o cidadão não esteja interessado em realizar o saque, deverá informar por meio do aplicativo do FGTS ou nas agências da Caixa a decisão.

Mesmo que o crédito tenha sido realizado na Conta Poupança Social Digital, o trabalhador pode, ainda assim, optar por desfazer o crédito automático. Para isso, basta acessar os canais mencionados até o dia 10 de novembro.

Contudo, vale ressaltar que é possível apenas não movimentar os valores depois de creditados. Acontece que após o dia 15 de dezembro, os recursos retornam para conta do FGTS, devidamente corrigidos.

publicidade

Quem será contemplado?

Por ser a última liberação, já podem sacar os valores de até R$ 1 mil os trabalhadores nascidos entre janeiro e novembro. A partir desta quarta, os recursos estarão disponíveis para os aniversariantes de dezembro.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.