Connect with us

Dicas

Cursos online são opção barata e efetiva para aprender a empreender

Raquel Luciano

Publicado

on

Todo empreendedor lida com a dúvida de como fazer o negócio dar certo, e a boa notícia é que hoje é possível encontrar cursos online para melhorar a gestão da sua empresa.

Entre os muitos tipos de empresas para investir, há a possibilidade de abrir um negócio próprio, no qual você vai pensar tudo desde o início, participar da criação, implantação e gestão de uma ideia sua. Além disso, você precisará ter muita paciência para ganhar aceitação do mercado e know-how para gerenciar crises e ser sempre inovador.

Mas, além de um empreendimento independente, você tem a opção de abrir uma franquia. Esse tipo de negócio está em alta no Brasil e consiste em um modelo pronto que é vendido para potenciais franqueados.

Ou seja, você será dono de um negócio que já tem uma marca, produtos e serviços desenvolvidos e certo reconhecimento no mercado. Mesmo assim, como responsável pelo seu ponto, você terá que mantê-lo rentável e sempre com ideias novas.

publicidade

Por isso, antes de saber onde aplicar o seu dinheiro em um negócio, é bom ter a ajuda de um curso online, que é uma opção barata que vai ajudar no crescimento do empreendimento.

Tipos de cursos online para empreender

Conheça abaixo algum dos cursos online mais famosos para quem busca abrir um negócio e não sabe que decisões precisam ser tomadas inicialmente.

  1. Aprender a empreender

Instituição: Sebrae

O curso é destinado para quem quer iniciar um negócio, adquirir noções básicas de como gerir um empreendimento ou melhorar uma empresa que já existe.

Nele, há conceitos de mercado, finanças e empreendedorismo, além do desenvolvimento de atitudes que compõem o perfil de um empreendedor.

  1. Iniciando um Pequeno e Grande Negócio

Instituição: Sebrae

As aulas têm como objetivo transmitir princípios, fundamentos e práticas de empreendedorismo úteis para abrir pequenos negócios. Além de ensinar o que e como fazer para iniciar um empreendimento, o curso dá noções de produtos e serviços de qualidade e técnicas para elaborar pesquisas de mercado.

publicidade
  1. Curso Online de Plano de Negócios

O plano de negócios é muito importante para a empresa se apresentar para possíveis investidores. O objetivo do curso do iPed (Instituto Politécnico de Ensino à Distância) é ensinar a elaborar a apresentação do seu negócio em todos os aspectos: atividades, mercado, financiamento, recursos, fluxo de caixa e lucro.

O iPed oferece três planos para fazer o curso: grátis, plus e Premium, onde esse último custa 129,90 reais.

Existem ainda algumas opções de curso online em inglês que são ministrados por grandes universidades, e que vão ampliar o seu conhecimento quando o assunto é abrir um empreendimento, e como ele pode ser inserido no mercado, obtendo lucros consideráveis.

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Jornalista formada pela Universidade Nove de Julho com experiência na produção de matérias para portais de notícia nos estados do MS, BA, MG e SP. Atualmente é Redatora do Sua Finança.

Dicas

IVVB11: o ETF que salvou os investidores brasileiros

Pedro Hostyn

Publicado

on

Se você é um investidor e ainda mantém seu dinheiro apenas no Brasil, você está investindo errado, e o IVVB11 foi excelente para quem ficou sabendo disso há 1 ano. Isso porque a bolsa brasileira caiu durante o ano, mas os Estados Unidos estão em outra vibe.

Por isso, reiteramos que diversificar os investimentos em diferentes setores é fundamental, mas diversificar entre países é a chave para a sobrevivência no longo prazo.

Esse material não é recomendação de compra ou venda. Ele é apenas elucidativo e busca trazer mais informações ao investidor. Qualquer operação é de responsabilidade do investidor.

O que é o IVVB11?

O IVVB11 é mais um ETF que é listado na B3 e que está atrelado ao mercado internacional. Nesse caso, ele replica o índice S&P500, a maior bolsa de valores do mundo.

O S&P500 tem gigantes mundiais listadas por lá: Apple, Berkshire Heathaway, JP Morgan, Nike, entre outras. Por isso, é uma bolsa altamente procurada pelos investidores devido à maior participação na economia do mundo das companhias que estão lá. Como o próprio nome diz, são 500 empresas listadas no índice.

publicidade

Como qualquer ETF, o investidor leva de bandeja uma série de ativos junto, no caso, 500. Isso por si só já é vantajoso. Contudo, é importante lembrar que as companhias listadas são de diversos setores diferentes, o que gera mais uma diversificação dentro do ETF. Ou seja, se você desejar colocar o ETF em carteira, diversifica em diversos setores de outro país.

Além disso, é importante saber quem são os players que operam nessa bolsa. E o melhor de tudo é que é o mundo todo. Isso porque os Estados Unidos são a maior economia do mundo, então a busca pelas bolsas de lá é uma prioridade. Dessa forma, todos os grandes investidores que você conhece investem lá.

S&P 500 IVVB11

Foto: Bloomberg

Os retornos do S&P 500

Quem investiu no S&P 500, através do IVVB11, está jogando na cara dos brasileiros os seus números verdes. Isso porque o índice americano deixou o Ibovespa no chinelo. E não foi por pouco.

Se pegarmos a cotação pré-pandemia até hoje, o IVVB11 subiu quase 100%. Desde o primeiro pregão de 2021, a alta são exorbitantes 33%. Para se ter uma ideia, os rendimentos do Ibovespa nos mesmos períodos são -9,87% e -10,84%, respectivamente.

Ou seja, enquanto quem investiu R$1.000 no IVVB11 no primeiro pregão desse ano tem, hoje, algo em torno de R$1.330, o investidor que fez isso no Ibovespa tem R$891,60. Isso dá uma diferença de R$438,40. Uma quantia relevante, certo?

Então, é por isso que o investidor, ao começar, deve buscar diversificar os valores entre diversos setores e, também, entre países. É dessa forma, por exemplo, que minimiza-se perdas ou, ainda, alavanca-se ganhos na renda variável.

publicidade

Concluindo, a pior ideia que se pode ter é comprar tudo em apenas um ativo. Isso faz com que você vire dependente de uma empresa, o que pode causar prejuízos enormes. Como diz o famoso ditado, “nunca coloque todos os ovos na mesma cesta”.

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Dicas

Investir para os filhos: saiba como fazer

Pedro Hostyn

Publicado

on

Se você tem filhos e deseja começar a guardar um dinheiro para eles, investir em produtos de longo prazo pode ser uma excelente ferramenta. Apesar disso, muitos pais acabam não sabendo como fazer e têm dúvidas dos processos.

Por isso, nesse texto vamos tirar algumas dúvidas comuns dos pais e mães que pensam em fazer uma poupança para os filhos.

Como investir para o meu filho?

A primeira parte é separar os seus investimentos dos deles. Isso porque o dinheiro seu é seu, e o dinheiro das crianças é das crianças! Parece bobo, mas faz muita diferença.

Primeiro porque o dinheiro das crianças gera muito mais sofrimento ao ser sacado. Por isso, os pais evitam ao máximo mexer no dinheiro dos filhos, buscando sempre colocar mais. Com isso, a poupança vai ficando sempre maior, em vez de oscilar, como costumam ser os investimentos de muitos adultos.

publicidade

Além disso, costumamos ser mais responsáveis com os investimentos dos filhos, sem muitas aventuras e com os pés no chão. Por isso, investimentos mais seguros costumam ser procurados, apesar de que a renda variável também pode abrir oportunidades de crescimento rápido.

Por outro lado, investir para os filhos permite que você comece com valores pequenos. Digamos que você comece a investir para os seus filhos logo ao nascer. Você terá um prazo de, por exemplo, 18 anos para juntar um bom dinheiro para que consiga pagar a faculdade, dar um carro ou a carteira de motorista. Dessa forma, um investimento de R$100 ao mês, rendendo uma taxa de 0,5% ao mês gera um valor final de R$39 mil reais. Para uma taxa de 0,8%, o valor final fica em R$58 mil, aproximadamente. Ou seja, o investimento com pouco dinheiro pode render bastante no longo prazo.

investir para os filhos

Foto: Pexels – reprodução

Posso investir em renda variável?

A resposta é sim! Inclusive, investir para os filhos, durante um bom tempo, em renda variável permite que os rendimentos e os juros compostos atuem de forma mais satisfatória.

Apesar disso, como o investimento é para o longuíssimo prazo, é sugerido que se faça isso através de fundos de investimentos. Isso porque durante 18 anos, o mercado vai mudar bastante e você não quer ficar perdendo tempo em analisar as carteiras mensalmente, estudar os ativos e fazer os rebalanceamentos, correto? Contudo, se você não se importar, pode comprar ações por conta própria também!

De 2006 para cá, o Ibovespa subiu 174%. Na renda fixa, os valores ficaram abaixo disso, o que mostra que colocar uma parte em renda variável pode aumentar os rendimentos no longo prazo. Isso é bom, dado que com mais dinheiro no bolso, a tranquilidade que você dará para o seu filho é maior.

Apesar disso, é importante investir para os filhos ao mesmo tempo em que se ensina sobre dinheiro. De nada adianta investir, guardar um bom dinheiro, se quando você der para ele, ele vai gastar tudo de forma irresponsável. Por isso, eduque financeiramente, invista para ele e o dinheiro não será um tabu!

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Dicas

Como falar de dinheiro com as crianças

Pedro Hostyn

Publicado

on

Em homenagem ao dia das crianças, um texto sobre a relação do dinheiro com as crianças é fundamental para que o futuro dos pequenos seja o melhor possível. Por isso, proponho um guia básico sobre como abordar o dinheiro nas relações familiares.

Isso porque muitos pais escondem de seus filhos a situação financeira da família e isso gera consequências importantes no futuro.

Como falar de dinheiro?

O primeiro passo para falar de dinheiro é, de fato, falar! Isso porque o assunto é um tabu em muitas famílias e na grande maioria das vezes fica restrito aos responsáveis.

Dessa forma, as crianças crescem achando que os brinquedos das lojas são gratuitos e muitas vezes não entendem porque não ganham o que querem quando desejam. Por isso, saber que as coisas têm um preço e que necessitam de planejamento é fundamental para que elas cresçam conscientes.

publicidade

Dessa forma, tornar o dinheiro um assunto como qualquer outro é naturalizar os processos da vida. Qual o problema, por exemplo, de uma criança saber que é preciso trabalhar para ganhar dinheiro e que, mensalmente, existem contas a pagar? Isso, na verdade, pode ser um momento de família.

Se unir no sofá de casa para pagar as contas, ver quanto sobra e pedir uma pizza para comemorar as finanças. Uma realidade como essa pode ser distante de muitas famílias, mas poderia ser usada para incentivar a economia em casa, por exemplo. Além disso, unir o dinheiro a um momento de prazer (pizza), pode fazer o dinheiro deixar de ser visto como ruim, sofrido.

Ainda, o exemplo acima permite que a criança aprenda por um meio muito forte: o exemplo. Se os pais fazem, a tendência que a criança faça igual (ou parecido) é muito alta. Assim, pais que são responsáveis com o dinheiro criam crianças responsáveis com as finanças também. Quer que seu filho não tenha dívidas? Ensine a eles sobre dinheiro.

crianças

Foto: Skitterphoto – Pexels

Mesada

Além disso, as crianças que ganham mesada têm maior senso de responsabilidade no futuro. Isso porque elas aprendem na pele que é preciso fazer durar, controlar os gastos durante o mês e até fazê-lo render.

Porque não abrir uma conta em um banco para que ela tenha mais familiaridade com o assunto? Pode-se começar com valores pequenos e, à medida que ela cresce, ir aumentando os limites. Além disso, uma conta digital pode fazê-la ver que é possível fazer o dinheiro render sozinho.

Mostrar às crianças as diferentes oportunidades que o dinheiro dá permite que elas cresçam com uma visão mais realista do mundo. Isso porque elas se desenvolvem colocando os pés no chão e incentivando o planejamento em todas as áreas da vida.

publicidade

O dinheiro não deve ser um tabu para as crianças. Deve ser, pelo contrário, um momento de conexão entre pais e filhos, um momento de família. Não é preciso falar em valores, mas apenas em como se lida com o dinheiro e como ele afeta o dia a dia.

Fica aí o desafio!

 

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

publicidade
Continue Lendo

Dicas

Final de semana de novo: dicas de economia

Pedro Hostyn

Publicado

on

O fim de semana está de volta e com ele vem as nossas dicas de economia que tanto amamos. Por isso, essa semana a lista está recheada de coisas boas!

Prepare os links externos e a programação, pois vai começar o final de semana!

Filme da semana é…

O filme do fim de semana é o “Grande Demais para Quebrar!“. Um filme sobre o inesquecível – e, para muitos, inacabado- 2008.

A trama tem um viés menos documentário que se precisa para entender o momento. Porém, a obra é um excelente modo de lembrar de uma das maiores crises do capitalismo até hoje.

publicidade

A obra tem um tom mais governamental, na medida em que mostra como o FED, banco central americano, buscou salvar os bancos da bancarrota. A história mostra que deu certo!

Final de semana

Psychonomics é um livro ideal para momentos de grandes oscilações na bolsa. Foto: Amazon – reprodução

O livro é ideal para o momento

Psychonomics é a obra indicada para o momento e ideal para as semanas que se passaram. Isso porque a grande oscilação exigiu estômago.

Assim como numa montanha russa, é preciso se acostumar com o mercado financeiro para que os enjoos com as quedas passem. Por isso, a obra vai falar sobre a psicologia dos investimentos, tão importante quanto o conhecimento técnico.

Se você parar para pensar, a semana foi movimentada. Com o sobe e desce forte, é importante que o investidor tenha cabeça fria e estratégia definida.

Dessa forma, se você quer entender um pouco mais sobre você mesmo e a relação da sua mente com o seu dinheiro no final de semana, boa leitura!

Eu sei que você coloca em 2x!

Para o seu vídeo (acelerado) do YouTube dessa semana, a dica é uma palestra de um dos maiores investidores do mundo: Howard Marks.

publicidade

Como o economista é estrangeiro, o vídeo é em inglês, mas é possível gerar legendas. Apesar disso, que tal treinar um novo idioma? risos.

Mas o vídeo da FGV Finance é um papo de uma hora sobre o mundo da economia e tudo que cerceia esse universo de renda variável e fundos de investimentos. Dá para ver em partes durante todo o final de semana.

Vale lembrar que Howard Marks também tem livros excelentes escritos e já recomendados por aqui, mas se quiser estender suas leituras, é mais uma via.

Ele é um dos maiores e melhores gestores de investimentos do mundo e possui sob custódia uma boa quantia. Apesar disso, começa a entrar na vida dos brasileiros somente agora, principalmente após o Primo Rico gravar uma finclass com ele.

Só clicar aqui!

publicidade

Maratona nossa de cada dia

A série indicada para essa semana não tem muita relação com economia, mas sim com política, que afeta diretamente seus rendimentos.

Tida como um retrato fiel da política americana, Scandal é uma série premiada e muito elogiada pela crítica. Ela mostra a história de um presidente americano, Fitzgerald, que se apaixonou por uma advogada que defende políticos corruptos, Olivia Pope.

A série é envolvente e mostra os “bastidores” de um mandato de 4 anos de um dos políticos mais importantes do mundo. A série é ficcional, mas o enredo é de alto grau de realidade.

Antes estava na Netflix, mas agora apenas pelo Globoplay, que também conta com séries bem bacanas que serão indicadas nas próximas semanas. Suspense? Talvez.

Bom final de semana!

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Dicas

Turbinando seus investimentos: 5 livros para ajudar você!

Pedro Hostyn

Publicado

on

Aumentar o rendimento dos seus investimentos é sempre uma excelente ideia! Resultados melhores são benéficos no curto, médio e longo prazos e, por isso, livros de investimentos podem ajudar!

Assim, quando se busca aprimorar os retornos, é importante ter uma organização financeira e conhecimento de algumas estratégias que podem ajudar.

Como conhecer estratégias?

Conhecer estratégias de investimentos é sempre bom para que você escolha a que mais se adeque ao seu perfil. Por isso, algumas outras medidas, além de livros, podem ajudar você.

Começamos pelo canal do Primo Rico, comandado por Thiago Nigro. Um dos maiores canais de finanças do Brasil tem diversos vídeos para ajudar você na organização financeira.

publicidade

Além disso, ele também trata de mostrar a carteira pessoal do apresentador, que conta a sua estratégia e seus pensamentos enquanto faz as modificações que acha pertinente.

Apesar da franca exposição da estratégia, é importante ver o vídeo com o intuito educativo, não com a ideia de se copiar estratégias.

Já para os aventureiros da renda variável de mais alto nível, um canal de Aswath Damodaran pode ensinar você sobre a estratégia do valuation. A estratégia tem grande adesão entre os gestores de fundos e pode ser ideal para aqueles que gostam de mexer mais na sua carteira.

Além desses, alguns outros canais podem ajudar, como o Me Poupe!, estrelado por Nathalia Arcuri. O canal conta com mais de 6 milhões de inscritos e é referência para investidores iniciantes.

 

publicidade

O poder dos livros!

Por mais que os canais do YouTube sejam grande fonte de conhecimento, alguns vídeos ainda falham em explicar a fundo finanças pessoais e estratégias financeiras. Por isso, alguns livros podem ajudar você!

Papo de Grana

Estrelada por Tito Gusmão, um dos fundadores da XP Investimentos e atualmente CEO da Warren Corretora, o livro é um compilado básico para quem nunca ouviu falar de investimentos.

Assim, o livro explica cada detalhe dos investimentos e como definir uma estratégia de investimentos desde o início.

Do Mil ao Milhão – sem cortar o cafezinho

Nesse livro, o autor, Thiago Nigro (do canal Primo Rico), resume toda a sua trajetória financeira e ajuda você a implementar três pilares no seu orçamento.

Os pilares de gastar menos, investir melhor e ganhar mais são a referência e a divisão do livro. A obra perpassa por todos os aspectos da vida financeira de uma pessoa comum e é de grande ajuda para os investidores iniciantes (ou para quem não sabe por onde começar).

publicidade

A Psicologia Financeira

O livro, de uma das maiores personalidades de finanças do mundo, Morgan Housel, é uma obra-prima para quem quer entender sobre os efeitos dos investimentos no psicológico do investidor.

Por isso, a obra trata de como os sentimentos irracionais, como ganância, felicidade e desejo de fortuna afetam as escolhas das pessoas na hora de investir. Uma obra fundamental para quem quer tomar melhores decisões com o dinheiro!

O Investidor Inteligente

A obra maior dos investimentos, escrita por Benjamin Graham, mentor de um dos maiores investidores da atualidade: Warren Buffet.

O livro retrata a história dos investimentos e a história de como o autor chegou nas conclusões que o fizeram o maior gestor de investimentos dos Estados Unidos.

Obrigatório para quem quer saber mais sobre investimentos!

publicidade

Quem Pensa Enriquece

Uma das maiores obras de finanças comportamentais da história. Napoleon Hill, conhecido por grandes contribuições à Programação Neurolinguística (PNL) mostra como as atitudes e os pensamentos podem fazer o investidor enriquecer.

Uma obra de fácil leitura e grande proveito no dia a dia de cada um.

 

Boa leitura!

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Dicas

Porque contratar seguro residencial, deixando o imóvel mais protegido?

Raquel Luciano

Publicado

on

O seguro residencial vem ganhando cada vez mais destaque devido ao aumento de furtos e roubos, seja em pequenas ou grandes cidades.

Mas, o que as pessoas não sabem é como contratar seguro residencial, ou até mesmo como ele funciona.

Bem, para começar você precisa entender que quando busca contratar seguro residencial você estará lidando com um serviço de cobertura que expõem diversos riscos.

Entenda como contratar seguro residencial

Para entender como contratar seguro residencial, primeiro você tem que saber que serviço é composto por vários seguros diferentes.

publicidade

Além disso, a sua aquisição está destinada a casas e apartamentos, sejam eles usados para moradia ou opções de lazer.

Assim, dentre as diversas opções se serviços, ao contratar seguro residencial você terá a sua disposição:

  • Serviço contra incêndio, queda de raio e explosão;
  • Proteção contra roubo;
  • Proteção contra danos elétricos;
  • Proteção contra desmoronamento;
  • Proteção contra vendaval, furacão, ciclone e chuva de granizo;
  • Assistência para quebra de vidros e etc.

Mas, esses serviços vão depender basicamente do tipo de contrato que você fechar com a sua seguradora.

Cuidados na hora de contratar seguro residencial

Para que você consiga contratar seguro residencial que te dê todo o suporte necessário, é importante consultar uma empresa que forneça o serviço ideal para a sua casa.

Para que isso seja satisfatório para você, veja algumas dicas:

Procure uma corretora especializada que te ofereça as melhores condições para a sua demanda.

Coloque os prós e os contras de cada caminho a ser seguido lado a lado e, em seguida, opte pela opção mais vantajosa para você.

publicidade

Não contrate algo somente pelo preço.

Jamais venha a contratar seguro residencial apenas pelo preço.

Leve em consideração todos os aspectos já mencionados e onde ele será útil para a necessidade da sua casa.

Fique de olho em todos os detalhes do contrato

Independentemente do que foi oferecido na hora de contratar seguro residencial, fique de olho em todos os detalhes do contrato.

Assim, jamais feche algo sem saber realmente que tipo de serviço está disponível para você.

Se a sua residência for muito grande, e/ou os serviços contratados exigem grande cuidado, crie uma lista de tudo que é apresentado no contrato a fim de que seja mais fácil você achar na hora de buscar ajuda do seguro para resolver algum problema.

publicidade

Nessa lista, inclua apenas os produtos eletroeletrônicos e além de geladeira, máquina de lavar, fogão, e etc.

Ou seja, são detalhes importantes que vão fazer a diferença na hora de Contratar Seguro Residencial.

Lembre-se que o maior bem que uma pessoa pode ter é a sua casa, e por isso você deve protege-la de qualquer problema, seja ele externo ou interno.

Assim, ao Contratar Seguro Residencial escolhe uma opção que supra as suas necessidades e que te dê a segurança certa, evitando problemas futuros.

Jamais deixe para Contratar Seguro Residencial quando o imprevisto já ocorreu. Dê atenção especial a esse tipo de serviço, mantendo toda s família em segurança e tranquilidade.

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Title

Ibovepa Ibovepa
Investimentos59 minutos atrás

Ibovespa: à espera da Selic, índice fica de lado

O Ibovespa ficou de lado hoje, à espera da definição das taxas e juros na economia brasileira. A nova Selic,...

Ciro Gomes Petrobrás Bolsonaro Ciro Gomes Petrobrás Bolsonaro
Política3 horas atrás

Ciro Gomes critica a política de privatização da Petrobrás

Em mais uma de suas fortes declarações, o presidenciável Ciro Gomes se manifestou em sua rede social, se colocando contra...

Selic dólar banco central Selic dólar banco central
Economia6 horas atrás

Selic e dólar: o que podemos esperar daqui em diante?

O Banco Central, através do COPOM, falará ao mercado qual a nova taxa básica de juros do Brasil, a Selic....

exportação de carne exportação de carne
Economia6 horas atrás

Exportação de carne: por que a China barrou o Brasil?

Desde o dia 4 de setembro, a China barrou a entrada de carnes provenientes do Brasil. Com isso, a exportação...

10 fundos de investimentos que mais renderam no C6 Bank 10 fundos de investimentos que mais renderam no C6 Bank
Investimentos8 horas atrás

10 fundos de investimentos que mais renderam no C6 Bank

Diante das incertezas no cenário político-econômico e da alta da taxa básica de juros (a Selic), muitos investidores estão aumentando...

EURP11 EURP11
Renda Variável22 horas atrás

EURP11: investindo na Europa pela B3

Se você pensou que não podia investir no mercado europeu, está enganado, pois o EURP11 serve justamente para isso. Da...

Ibovespa Ibovespa
Investimentos1 dia atrás

Ibovespa fecha em queda com dados da inflação

O Ibovespa fechou mais uma vez em queda. Hoje, os motivos do mercado para as fortes vendas ficaram a sob...

CPI da Covid Bolsonaro CPI da Covid Bolsonaro
Política1 dia atrás

CPI da Covid mira Bolsonaro e outros políticos

A CPI da Covid votou, nesta terça-feira (26), o relatório final da comissão e solicitou o afastamento do presidente Jair...

99Pay lança cashback com pagamento em bitcoin 99Pay lança cashback com pagamento em bitcoin
Moedas e Câmbio1 dia atrás

99Pay lança cashback com pagamento em bitcoin

A 99Pay, carteira digital do app de transporte 99, anunciou que vai incluir em sua plataforma um sistema que permite...

Bolsa estressada Bolsa estressada
Economia1 dia atrás

Bolsa estressada: Saiba o que pode estar causando

A Bolsa estressada é apenas um termo usada quando a Bolsa de valores se mantém em constante queda  A Bolsa...

Mais lidos