Connect with us

Moedas e Câmbio

Comece a semana com a cotação do dólar! Veja qual valor desta segunda (18)

Raquel Luciano

Publicado

on

A cotação do dólar nesta segunda-feira (18) começa a ser operado em alta, em dia negativo nos mercados externos, conforme a alta dos preços de energia dão força aos receios de piora na inflação global.

Às 9h18, a moeda norte-americana 0,59%, vendida a R$ 5,4849.

Na sexta-feira, o dólar fechou em queda de 1,10%, a R$ 5,4526. No acumulado da semana, a queda foi de 1,13% — a mais expressiva desde a semana terminada em 27 de agosto (-3,50%). Apesar do resultado, a moeda norte-americana passou a acumular alta de 0,13% no mês e de 5,12% no ano.

Cenário para as variações do dólar

Na cena doméstica, o Banco Central divulgou mais cedo que a estimativa do mercado financeiro para a inflação deste subiu para 8,69%. Já a previsão para o PIB voltou a cair, para 5,01%.

publicidade

No exterior, o dia é negativo, conforme aumentam os temos de piora na situação da inflação global, devido à alta nos preços de energia.

Dados da China também reforçam o sentimento negativo: dados divulgados mais cedo mostraram que a economia do país cresceu 4,9% no terceiro trimestre, em bases anuais – o pior desempenho desde o terceiro trimestre de 2020, afetado pela pandemia da Covid.

Porque ganhar dinheiro investindo em dólar?

Quando um investidor aporta em mais de uma modalidade de investimentos, chamamos isso de diversificação. Isso é bom porque esse investimento em dólar não fica dependente de apenas um setor e pode ganhar muito em momentos de turbulência.

Como o dólar é a moeda mais forte do mundo e representa a maior economia do planeta, é fundamental ter investimento por lá. Quando a moeda sobe em comparação ao real, os índices brasileiros tendem a cair ou ficar de lado, apesar de essa norma ser quebrada algumas vezes.

Atualmente, o Ibovespa opera em queda no ano, enquanto as bolsas por lá estão na alta de dois dígitos. Enquanto o Ibovespa cai mais de 4%, o S&P 500 subiu 19% desde o início do ano. Quem entrou em janeiro no mercado por lá está se dando bem.

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Jornalista formada pela Universidade Nove de Julho com experiência na produção de matérias para portais de notícia nos estados do MS, BA, MG e SP. Atualmente é Redatora do Sua Finança.

Moedas e Câmbio

Após Black Friday, dólar começa a semana cotado a R$ 5,59

Raquel Luciano

Publicado

on

O dólar opera em leve queda nesta segunda-feira (29), com os investidores atrás de mais pistas sobre se a variante ômicron do coronavírus para avaliar os possíveis impactos na recuperação da economia global.

Às 9h14, a moeda norte-americana recuava 0,02%, a R$ 5,5935. Na sexta-feira, o dólar fechou em alta de 0,54%, a R$ 5,5948. Com o resultado, passou a acumular recuo de 0,93% no mês, mas avanço de 7,86% no ano.

Cenário para a cotação do dólar

Na cena externa, a cautela prevalecia, mas o dia era de relativa correção nos mercados após o forte abalo de sexta-feira, quando os ativos globais reagiram à descoberta da variante ômicron do coronavírus em vários países, levando os governos a adotar medidas restritivas de viagens.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que a variante ômicron representa um risco muito elevado, mas destacou que também há muitas dúvidas sobre a variante, especialmente sobre o perigo real que representa.

publicidade

Por aqui, a FGV divulgou que o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) desacelerou para 0,02% em novembro. Com o resultado, passou a acumular alta de 16,77% no ano e de 17,89% em 12 meses.

Na cena política, as atenções seguiram voltadas para a tramitação da PEC dos Precatórios no Senado. A PEC é a principal aposta do governo para viabilizar o Auxílio Brasil. A proposta adia o pagamento de precatórios (dívidas do governo já reconhecidas pela Justiça) e altera o cálculo do teto de gastos (regra pela qual, de um ano para outro, as despesas do governo não podem crescer mais que a variação da inflação).

Analistas veem mais inflação e alta menor do PIB

Já o mercado financeiro elevou novamente a estimativa para inflação e também passou a prever uma alta menor da atividade econômica em 2021 e 2022. A projeção dos analistas para o IPCA de 2021 subiu de 10,12% para 10,15%, de acordo com o boletim Focus do Banco Central. Para 2022, a projeção subiu de 4,96% para 5%.

A previsão do mercado para o PIB deste ano passou de 4,80% para 4,78%. Para 2022, o mercado reduziu a previsão de avanço da economia de 0,70% para 0,58%.

Para a taxa básica de juros, a projeção do mercado segue em 9,25% ao ano no fim de 2021 e em 11,25% ao ano no fim de 2022. Já a estimativa para a taxa de câmbio no fim de 2021 permanece em R$ 5,50. Para o fim de 2022, ficou estável também em R$ 5,50 por dólar.

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Destaques

Metaverso: terreno virtual é vendido por R$13 milhões

Pedro Hostyn

Publicado

on

O metaverso está, sim, tomando conta do mundo e na última terça-feira, 23, uma transação milionária foi feita nesse mundo. A compra de um terreno virtual foi efetuada por vultuosos R$13 milhões. A operação, na verdade, foi feita em dólar, na casa dos US$2,4 mi e a moeda utilizada foi a Decentraland (MANA).

Essa é a maior transação de compra virtual da história e marca um início (milionário) do metaverso no ramo da construção. Mesmo que virtual, a transação tem respaldo de aceitação social. Com isso, a moeda MANA subiu 130%.

Para você que ainda não entendeu o que é metaverso

Metaverso é uma vida digital. Simples assim. Com ela, cada pessoa será um diferente personagem, pode fazer as coisas que quiser e também terá pensamentos próprios. Seria como entrar em um computador para, literalmente, viver. Com isso, o metaverso seria o jogo da vida real, onde você faria compras, trabalharia e tudo o que você faz hoje.

Dessa forma, existem diversas teorias de como a economia vai se modelar a isso. Atualmente, já existem criptomoedas de metaversos. Com elas, você transforma os reais e criptomoedas e faz as compras dentro do jogo. E isso é interessante, porque essa realidade já tem dado ganhos exorbitantes aqui no mundo real.

publicidade

Isso porque a MANA, moeda do metaverso Decentraland, já subiu mais de 9.525%, um potencial de alta acima da grande maioria das ações do mundo, por exemplo. E isso em apenas dois anos. E o futuro parece ser promissor. Isso porque há uma guinada mundial, de grandes empresas, de criarem seus próprios metaversos e começarem a gerar diferentes realidades com isso.

metaverso terreno virtual Decentraland

Foto: Decentraland | Reprodução

A compra do terreno

Um fato ainda inusitado para nós, mas a compra do terreno é um passo importante na consolidação desse mundo virtual. Isso porque transações dessa magnitude nunca foram feitas, apesar de já contarmos com transações de valores relevantes nesse mundo.

Em junho de 2021, houve a compra de um terreno por 1,3 milhão de MANA, cerca de US$913 mil dólares à época. Porém a transação da última terça-feira, 23, foi ainda maior, por 618 mil MANA, o que em valores em dólares dá mais de US$2,4 milhões. A venda foi feita para a empresa Tokens.com, que agora detém parte do metaverso para si.

Terrenos e outros produtos vendidos no metaverso são feitos através de NFT, um tipo de ativo digital que permite a comercialização de produtos digitais. Com isso, o dono do NFT tem um “comprovante legal”, dentro do metaverso, afirmando que é dono do terreno. A área é de, aproximadamente, 556 metros quadrados. Para ler mais sobre NFT, clique aqui.

Segundo a Tokens.com, a ideia é fazer desfiles de moda no terreno adquirido, de modo a impulsionar as vendas de roupas para os avatares dos jogos. A empresa ainda afirma que fará parcerias com empresas do mundo real, de modo a conseguir legitimidade à sua ideia.

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Moedas e Câmbio

Dólar fecha esta quarta (24) em queda, cotado a R$ 5,59

Raquel Luciano

Publicado

on

O dólar fechou em queda de 0,24%, cotado a R$ 5,5948, nesta quarta-feira (24), com investidores de olho no noticiário em torno da PEC dos Precatórios e na divulgação de uma bateria de dados nos Estados Unidos.

Na ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve (banco central dos EUA), divulgada nesta quarta, vários integrantes disseram que estariam abertos a acelerar a conclusão de seu programa de compra de títulos se a inflação permanecesse alta e também a agir mais rapidamente para aumentar as taxas de juros.

Com o resultado, a moeda norte-americana passou a acumular recuo de 0,93 no mês. No ano, ainda tem valorização de 7,86% contra o real.

Cenário

No mercado internacional, os preços do petróleo tiveram leve recuo, após forte avanço na véspera, mesmo após os Estados Unidos e outros países, entre eles a China, anunciarem que farão uso de suas reservas estratégicas de petróleo para tentar provocar uma queda nos preços da commodity.

publicidade

Na agenda doméstica, a FGV divulgou que o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) caiu em novembro para o menor valor desde abril.

Na cena política, as atenções seguiram voltadas para a tramitação da PEC dos Precatórios no Senado e no xadrez político que se desenha conforme o noticiário eleitoral esquenta, com mais informações sobre pré-candidatos para a Presidência da República em 2022.

A PEC é a principal aposta do governo para viabilizar o programa. A proposta adia o pagamento de precatórios (dívidas do governo já reconhecidas pela Justiça) e altera o cálculo do teto de gastos (regra pela qual, de um ano para outro, as despesas do governo não podem crescer mais que a variação da inflação). O governo afirma que, se aprovada, a PEC abrirá espaço de R$ 91,6 bilhões no orçamento de 2022.

Projeções para inflação, juros e dólar

O mercado financeiro elevou novamente a estimativa para inflação oficial, e passou a prever um valor acima de 10% neste ano, segundo pesquisa Focus do Banco Central. Já a previsão de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) deste ano passou de 4,88% para 4,80%. Para 2022, a estimativa de alta foi reduzida de 0,93% para 0,70%.

Para a taxa básica de juros, foi mantida em 9,25% ao ano a previsão para o fim de 2021. Para o fim de 2022, a expectativa para a Selic foi elevada de 11% para 11,25% ao ano.

publicidade

Já a projeção para a taxa de câmbio no fim de 2021 permaneceu em R$ 5,50 por dólar.

Juros mais altos teoricamente elevariam a atratividade para investimentos na renda fixa brasileira, fluxo esse que aumentaria a oferta de dólares e poderia baixar o preço da moeda.

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Destaques

Cidade Bitcoin: o projeto ousado de El Salvador

Pedro Hostyn

Publicado

on

Já pensou em morar em uma cidade completamente montada pelo governo, com energia renovável e livre de impostos? Essa é a proposta de El Salvador para a Cidade Bitcoin. O país, que foi o primeiro a aceitar a criptomoeda como forma de pagamento, pretende colocar esse projeto ousado em prática.

A cidade deve contar com energia geotérmica, além de ter um formato circular, em “homenagem” à moeda. O projeto inusitado levantou polêmicas no país.

El Salvador e o Bitcoin

A relação entre El Salvador e o Bitcoin não é de longa data, mas é uma relação muito boa. Ao contrário de grandes países, como a China, o país latino-americano vê a criptomoeda com bons olhos, mas, acima de tudo, como uma forma de se inserir na economia mundial. Isso porque com a aceitação da criptmoeda, o país busca aprimorar o comércio na região.

Por isso, El Salvador foi o primeiro país a ter o Bitcoin como moeda oficial. Apesar disso, nem todos os lugares aceitam o pagamento pela moeda, o que é um empecilho, ainda, para a plena adoção do meio de pagamento. Contudo, Nayib Bukele, presidente do país, se mostra como um dos líderes favoráveis à moeda, apesar da fraca relevância de El Salvador no comércio mundial.

publicidade

E dessa forma, o presidente passou a projetar uma cidade em “forma de bitcoin”, com característica circular, totalmente renovável e, claro, livre de impostos.

Nayib Bukele, presidente de El Salvador, anuncia a Bitcoin City. Foto: Divulgação

O projeto da cidade

A Bitcoin City será uma cidade com setores residenciais e comerciais, restaurantes, um aeroporto e, ainda, energia renovável para a mineração de Bitcoin. Isso porque, segundo o projeto, a Bitcoin City ficará em área próxima a um vulcão, o que permite a implementação da energia geotérmica.

Ainda, na praça central da cidade, o governo estaria disposto a colocar um símbolo de Bitcoin, para representar a importância da criptomoeda para o país. O projeto inusitado ainda contaria com a vantagem de ser livre de impostos para receita, propriedade, ganhos de capital ou impostos sobre folha de pagamento.

Para bancar esse projeto, o governo pretende lançar um “título de Bitcoin” no valor de US$1 bilhão, o que poderia financiar a construção. Contudo, o presidente disse que desse título, metade servirá para construir a cidade, enquanto a outra metade seria usada para reforçar as divisas do país em Bitcoin.

Em resumo, a cidade funcionaria quase como um paraíso fiscal, de modo a atrair o capital estrangeiro e buscar desenvolver a área. A Bitcoin City ainda é apenas um projeto, mas os favoráveis ao governo buscam implementar o projeto o mais rápido possível. Por outro lado, a oposição ao presidente afirma que o projeto é uma “insanidade”, e alegam que o país deveria ter outras preocupações no momento.

Atualmente, o preço do Bitcoin está US$57 mil dólares, com forte queda depois de atingir as máximas históricas no início do mês. Com o atual preço, as divisas de El Salvador na moeda passariam de 2 mil bitcoins, a maior reserva de um governo.

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Moedas e Câmbio

Solana: a criptomoeda que pode bater o Ethereum

Pedro Hostyn

Publicado

on

Se você está no mundo dos Bitcoins e do Ethereum, é provável que você ainda não conheça a Solana. Atualmente, é a quinta maior plataforma de blockchain do mundo, e sua criptomoeda, a SOL, é uma das maiores criptomoedas do mundo.

Diferentemente do Bitcoin, a Solana é uma plataforma de contratos inteligentes, que busca unir compradores e vendedores de forma mais rápida, segura e eficaz. Por isso, a função da SOL é a mesma do ETH (criptomoeda do Ethereum) e, por isso, especialistas acreditam que as duas baterão de frente nos próximos anos.

O que é a Solana?

A Solana é uma plataforma de contratos inteligentes. De uma forma resumida, é como se você entrasse em um sistema e, lá de dentro, pudesse fazer contratos, como os contratos “normais”, só que de forma descentralizada, ou seja, sem intervenção de governos. E para isso, o Solana usa uma moeda própria, a SOL.

Vamos dar um exemplo: você quer comprar uma casa. Para isso, precisa ir no banco acertar as coisas de pagamento, depois precisa ir no cartório para passar o imóvel para o seu nome e mais um monte de burocracias. Nesses casos, incidem taxas e impostos cobrados pelo governo. Na Solana, não. Você vai lá, compra a casa em poucos minutos e faz o pagamento com SOL. E para ter 1 SOL, faz-se uma conversão normal, como se fosse trocar Real por Dólar.

publicidade

E o que chama a atenção é que o serviço é tão revolucionário que a cotação de SOL, em dólar, subiu 11.567,4% apenas em 2021. Isso quer dizer que se você tivesse investido R$1.000 no início do ano, hoje teria algo em torno de R$116.670,00 sem contar a variação do dólar, ou seja, valeu a pena para quem teve o olhar apurado lá no início.

Solana SOL

Foto: Skorzewiak/Shutterstock

Vale a pena?

Se você acredita que as moedas tradicionais vão perder força nos próximos anos e que as moedas descentralizadas vão crescer no mundo, sim, vale a pena. Porém, você deve se atentar ao risco que envolve investir esses valores nesses ativos. Isso porque é comum que eles subam e caiam 10% ao dia. Você teria estômago?

É por isso que especialistas em investimentos afirmam que não é ideal colocar mais de 5% dos seus investimentos em criptomoedas, dado o risco que ela apresenta. Dessa forma, você pode separar o seu dinheiro de modo a investir com pouca exposição. Vale lembrar que a SOL, diferentemente de outras criptomoedas, ainda não tem um ETF apenas dela na B3. Por isso, plataformas como a Binance, são excelentes para você começar.

Além disso, se você gosta de emoção, as criptomoedas são negociadas o dia todo, todos os dias. Por isso, elas continuam variando de preço em finais de semanas e feriados. Isso permite que você faça operações quando quiser, na palma da sua mão.

Atualmente a SOL é a quinta maior criptomoeda em capitalização, atrás de Bitcoin, Ethereum, BNB (moeda da Binance) e Tether.

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Dicas

Criptomoedas: invista pela sua corretora

Pedro Hostyn

Publicado

on

Se você é um dos entusiastas das criptomoedas, saiba que, agora, você pode investir nelas através da plataforma de qualquer corretora do Brasil. Isso porque a B3 conta com alguns ETF que investem apenas nesses ativos. Dessa forma, fica mais fácil, e acessível, se expor à variação desses ativos que, nos últimos anos, fizeram muitos novos milionários.

Contudo, você deve entender que são ativos de altíssima volatilidade, e que podem subir e cair de forma brusca durante os pregões.

Os ETF de criptomoedas

Existem 4 ETF de criptomoedas nos quais você pode investir na B3. São eles: QBTC11, QETH11, HASH11 e BITH11. Desses, dois são exclusivamente de bitcoin, um exclusivamente de Ethereum e um que mescla entre diversas criptomoedas e faz uma carteira diversificada.

Nesses casos, vale a pena para o investidor que quer se expor às criptos, porque não exige cadastro extras em corretoras internacionais, nem precisa de muito dinheiro para começar no mercado. Além disso, esses ETF cobram taxas baixas, o que não deve afetar a rentabilidade do investidor.

publicidade

Por outro lado, quedas e subidas na casa dos 5% (às vezes mais), são comuns. Isso acontece porque as criptomoedas são negociadas todos os dias, 24 horas. Dessa forma, entre um pregão e outro, os preços podem variar, o que precisa ser corrigido pelo ETF. Além disso, na segunda-feira o preço pode mudar bastante também, dado que no final de semana, a cota do ETF não muda de preço.

criptomoedas ETF

Foto: Alesia Kozik | Reprodução

Qual o melhor ativo?

Não existe uma resposta definitiva para isso, porque o investidor precisa traçar uma estratégia para investir nas criptomoedas. Você deve saber em qual moeda quer investir, se quer diversificar ou seguir apenas uma ou, ainda, se quer, de fato, investir nesses ativos.

Com isso em mãos, você deve analisar as características de cada ETF. O QBTC11 e o BITH11 investem apenas em Bitcoin. Com isso, você fica exposto a uma cripto apenas, nesse caso, a maior delas. Se pegar os rendimentos de ambos os ETF no período, veremos que ambos renderam 54%, com diferenças de menos de 1% entre eles, o que mostra uma estratégia bastante parecida.

Por outro lado, o QETH11 investe apenas em Ethereum, a segunda maior criptomoeda do mundo. Com isso, você fica exposto a apenas essa moeda e pode fazer um rebalanceamento entre Bitcoin e Ethereum da forma como desejar. O QETH11 já rendeu mais de 200% desde janeiro. Com isso, você toma as rédeas do seu investimento. Vale lembrar que tanto o Bitcoin quanto o Ethereum bateram as máximas de preços no início desse mês

Contudo, o HASH11 pode ser a escolha ideal para quem quer investir em diversas criptomoedas e não conhece muito desse mundo. Isso porque esse ETF investe em uma série de criptoativos, o que dá diversificação e, claro, diminui um pouco o risco. Mesmo assim, é extremamente arriscado investir em criptomoedas. Com essa diversificação e um risco menor, o rendimento também foi menor. Até agora, o ETF rendeu “somente” 16% desde abril, um rendimento espetacular, mas abaixo dos outros ETF citados acima

publicidade

Veja Também:

Está “bombando” na Internet:

Continue Lendo

Title

Paulo Guedes Paulo Guedes
Economia1 hora atrás

Paulo Guedes afirma que Brasil vai crescer

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a falar que o país vai crescer, contrariando as expectativas do mercado no...

PEC dos Precatórios PEC dos Precatórios
Destaques11 horas atrás

PEC dos Precatórios é aprovada; confira o texto final

Depois de muito fazer barulho, preocupar o mercado e aumentar as tensões políticas, o Senado aprovou a PEC dos Precatórios....

mercados emergentes mercados emergentes
Renda Variável1 dia atrás

Mercados emergentes: saiba como investir neles

O Brasil é um dos mercados emergentes mais promissores do mundo e isso atrai os olhares de diversos investidores no...

bolsa está barata bolsa está barata
Ações1 dia atrás

A bolsa está barata? Confira a verdade por trás disso

Não há um investidor sequer que não saiba que a bolsa está caindo e que os prejuízos do ano se...

Ibovespa Ibovespa
Investimentos1 dia atrás

Ibovespa surpreende, levanta voo e fecha no positivo

Desde o dia 8 de outubro, o Ibovespa não subia mais de 2% no dia. Desde essa data, o índice...

Ações americanas Ações americanas
Ações1 dia atrás

É hora de vender ações americanas?

As ações americanas bateram as máximas e agora especialistas começam a ver a bolsa bastante descolada da realidade. Por isso,...

André Mendonça André Mendonça
Política1 dia atrás

André Mendonça garante cargo no STF

O plenário do Senado Federal aprovou ontem, 1, o nome de André Mendonça para a vaga restante no Supremo Tribunal...

PIB sobe 4% em relação a 2020, mas Brasil está em desaceleração PIB sobe 4% em relação a 2020, mas Brasil está em desaceleração
Economia2 dias atrás

PIB sobe 4% em relação a 2020, mas Brasil está em desaceleração

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil subiu 4% nos últimos 3 meses em comparação ao ano de 2020, segundo...

Renda fixa Renda fixa
Renda Fixa2 dias atrás

A verdade por trás de renda fixa

Se você investe em renda fixa, você deve achar que não pode perder dinheiro de nenhuma forma ou, ainda, que...

Ações2 dias atrás

Saiba as ações que mais subiram e caíram em novembro

O mês de novembro foi o quinto mês consecutivo de queda no Ibovespa. Com o fechamento nas mínimas do ano,...

Mais lidos