Connect with us

Direitos do Trabalhador

CAIXA finaliza liberação de R$1 mil, mas você ainda pode sacar; veja como

Publicado

on

A Caixa Econômica Federal encerrou no dia 15 de junho, os depósitos do saque extraordinário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). A liberação do valor de até R$ 1 mil é destinada aos trabalhadores nascidos no mês de dezembro.

Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, cerca de 42 milhões de trabalhadores estão aptos a resgatarem os recursos. Aqueles que quiserem aderir a nova modalidade terão até o dia 15 de dezembro deste ano para realizar o saque.

Sendo assim, o saque de até R$1 mil está disponível para nascidos de janeiro a dezembro.

Como solicitar o saque?

Não é necessário solicitar o saque, pois o dinheiro está sendo disponibilizado automaticamente na conta do trabalhador no Caixa Tem. Porém, caso o beneficiário não tenha uma conta no aplicativo, a Caixa Econômica abrirá uma em nome do trabalhador.

publicidade

Em contrapartida, em casos em que o trabalhador esteja com os dados incompletos junto ao Fundo de Garantia, será necessário acessar o aplicativo do órgão para completar as informações e pedir a liberação dos recursos.

Sou obrigado a sacar?

Não. O saque é facultativo ao trabalhador, ou seja, caberá a ele resgatar o dinheiro ou não. Caso o cidadão não esteja interessado em realizar o saque, deverá informar por meio do aplicativo do FGTS ou nas agências da Caixa a decisão.

Mesmo que o crédito tenha sido realizado na Conta Poupança Social Digital, o trabalhador pode, ainda assim, optar por desfazer o crédito automático, basta acessar os canais mencionados até o dia 10 de novembro.

Contudo, vale ressaltar que é possível apenas não movimentar os valores depois de creditados. Acontece que após o dia 15 de dezembro, os recursos serão retornados a conta do FGTS, devidamente corrigidos.

Como consultar?

A consulta do FGTS poderá ser feita por meio do aplicativo do FGTS ou pelo Internet Banking da Caixa.

publicidade

Pelo aplicativo:

Baixe ou atualize o aplicativo do FGTS caso já tenha;
Abra o app e clique em “Entrar no aplicativo” e clique em “Continuar”;
Informe seu CPF, vá em “Não sou um robô” e, depois, em “Próximo”;
É possível que o sistema solicite a identificação de imagens, selecione-as e vá em “Verificar”;
Na sequência, informe a senha e clique em “Entrar”;
Aparecerá uma mensagem com informações sobre o saque extraordinário do FGTS, clique em “Entendi”;
Na tela inicial, vá em “Saque Extraordinário”;
Em seguida, aparecerá quanto estará disponível para o saque;
Clique em “Ver contas FGTS liberadas”, caso queira saber de quais contas o dinheiro será debitado;
Para liberar o dinheiro, basta voltar à tela anterior e tocar em “Solicitar saque”;
Para finalizar, clique em “Confirmar”.

Pelo site:

Acesse o site www.fgts.caixa.gov.br;
Na página inicial, vá em “Saque Extraordinário do FGTS” e clique em “Consulte aqui”;
Informe o seu CPF ou o número do PIS;
Clique em “Não sou um robô” e vá em “Continuar”;
Caso o sistema solicite a identificação de imagens, identifique-as e vá em “Verificar”;
Insira a sua senha e clique em “Continuar”;
Feito isto, o sistema informará se você terá direito ao saque do FGTS e como ocorrerá o procedimento.

publicidade
publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.