Connect with us

Direitos do Trabalhador

Restituição do Imposto de Renda: onde o dinheiro será depositado?

Publicado

on

Faltam menos de 24 horas para a liberação de mais um lote da restituição do Imposto de Renda. A Receita Federal lembra que a terceira rodada será feita nesta sexta-feira (29). O depósito acontecerá justamente nas contas que os cidadãos informaram no processo de declaração deste ano. Basta conferir o dado na sua documentação.

Nos casos em que a conta informada na declaração tenha sido fechada por qualquer razão, o cidadão não precisa se preocupar. A Receita Federal explica que o valor ficará disponível para uso no Banco do Brasil por um período de um ano. Contudo, é necessário informar o agendamento dos depósitos oficialmente.

Para tanto, o cidadão pode ir diretamente para uma agência do Banco do Brasil. Há ainda a opção de realizar o procedimento através do portal BB, ou ainda através dos telefones da central de relacionamento da instituição. Veja abaixo os telefones de contato.

capitais: 4004-0001;
demais localidades: 0800-729-0088;
Especial exclusivo para pessoas com deficiência auditiva: 0800-729-0088.

publicidade

Nesta terceira liberação, a Receita Federal está fazendo os repasses para pouco mais de 5,2 milhões de contribuintes. O plano é pagar o valor para as pessoas que fazem parte dos seguintes grupos de prioridade:

contribuintes idosos acima de 80 anos;
contribuintes entre 60 e 79 anos;
contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave;
contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Além destes grupos prioritários, a Receita Federal afirma que também libera nesta sexta (29), os pagamentos da restituição para as pessoas que enviaram as suas declarações do Imposto de Renda até o dia 2 de maio.

A consulta

Desde a última semana, cidadãos já podem conferir se estão no grupo de contribuintes que podem receber a restituição neste mês de julho. A consulta pode ser feita no site do Meu Imposto de Renda, e exige apenas a digitação do CPF e da data de nascimento.

A Receita Federal não divulga detalhes sobre as datas de pagamentos de cada grupo com muita antecedência. Assim, ainda não é possível saber quem vai receber o dinheiro nos dois últimos grupos que ainda restam até o final do ano.

publicidade

Dessa forma, o cidadão precisa atentar para as datas de restituição para conferir a liberação da consulta, que normalmente acontece com uma semana de antecedência para a liberação oficial do saldo pela Receita Federal.

O calendário da restituição

Ao todo, a Receita Federal pretende concluir cinco parcelas de restituição até o final deste ano. Duas delas já foram concluídas. A primeira aconteceu no dia 31 de maio, e a segunda no dia 30 de junho, para usuários que têm direito ao dinheiro.

Além da liberação desta sexta-feira (29), a Receita ainda prevê duas liberações no decorrer do ano. Veja abaixo o calendário detalhado de restituições.

1º lote: 31 de maio (já foi pago)
2º lote: 30 de junho (já foi pago)
3º lote: 29 de julho
4º lote: 31 de agosto
5º lote: 30 de setembro

Os cidadãos que declararam o Imposto de Renda mais cedo, têm naturalmente mais chances de receber uma possível restituição logo nas primeiras datas.

publicidade

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Generated by Feedzy