Connect with us

Economia

Rendimento do trabalhador no Brasil é de R$ 2.652 no 2º trimestre

Publicado

on

O trabalhador brasileiro continua a ver a sua renda encolher no país. A saber, o rendimento real habitual dos trabalhadores do país caiu 5,1% em um ano. Com isso, o rendimento médio foi de R$ 2.652 no segundo trimestre deste ano.

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) Contínua, realizada pelo IBGE, o rendimento estava em R$ 2.794 no mesmo período do ano passado. Isso mostra que os trabalhadores do país estão recebendo menos em suas ocupações profissionais.

Por outro lado, o IBGE revelou que a massa de rendimento real habitual cresceu 4,4% em relação ao trimestre anterior, para R$ 255,7 bilhões. Na comparação com o segundo trimestre de 2021, o crescimento foi um pouco maior, de 4,8%.

“Embora não haja aumento no rendimento médio dos trabalhadores, houve crescimento da massa de rendimento porque o número de pessoas trabalhando é bastante elevado”, explicou Adriana Beringuy, coordenadora de pesquisas por amostra de domicílios do IBGE.

publicidade

Petrobras REDUZ PREÇO DA GASOLINA pela 2ª vez em 10 dias

Taxa de informalidade fica em 40% no trimestre

O levantamento do IBGE também mostrou que a taxa de informalidade no Brasil atingiu 40% da população ocupada no segundo trimestre. Esse percentual corresponde a 39,3 milhões de trabalhadores do país, enquanto a população ocupada somou 98,3 milhões de pessoas no período.

A saber, a informalidade manteve o mesmo patamar registrado no segundo trimestre do ano passado, mas ficou levemente inferior ao resultado do primeiro trimestre (40,1%). Ainda assim, o número de trabalhadores informais no país bateu recorde na série histórica do indicador, iniciada em 2015.

O IBGE também revelou que o desemprego no Brasil recuou no segundo trimestre, atingindo 10,1 milhões de pessoas. Apesar da queda, os brasileiros seguem enfrentando muitas dificuldades, como uma inflação bastante elevada e juros que não param de subir.

Por fim, a taxa da população na força de trabalho ficou estimada em 108,3 milhões no trimestre, acréscimo de 1,1 milhão de pessoas na base trimestral e de 4,1 milhões na anual. Já a população fora da força de trabalho somou 64,7 milhões no período, queda de 2,6 milhões em relação ao segundo trimestre do ano passado.

publicidade

Leia também: Petrobras reduz preço do querosene de aviação; preço das passagens vai cair?

O post Rendimento do trabalhador no Brasil é de R$ 2.652 no 2º trimestre apareceu primeiro em Brasil123.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Generated by Feedzy