Connect with us

Economia

Quatro em cada dez mulheres empreendem em busca de independência financeira

Publicado

on

Quatro em cada dez mulheres do país começam a empreender para alcançar a independência financeira. Pelo menos é isso que aponta um levantamento da Serasa Experian. A saber, esse é o principal motivo que leva as mulheres do Brasil a iniciarem uma vida de empreendedorismo.

Por falar nisso, independência financeira significa poder viver sem precisar trabalhar, com alguma fonte de renda o mais constante possível. Esse é o principal objetivo das mulheres empreendedoras do país, mas há outras razões que as fazem recorrer ao empreendedorismo.

De acordo com a pesquisa, o segundo motivo apontado pelas mulheres para começar um negócio é a flexibilidade de tempo (29%). Em seguida, ficaram: fazer o que acredita (24%), ter renda complementar (21%) e ganhar mais dinheiro (20%).

Além disso, a pesquisa da Serasa mostrou que 55% das mulheres já conquistaram a independência financeira. Enquanto isso, a renda total de 57% das empreendedoras vem do próprio negócio.

publicidade

A propósito, a Serasa Experian ouviu 446 empreendedoras brasileiras em janeiro e fevereiro deste ano. A pesquisa foi feita com sócias ou donas de micro, pequenas e médias empresas. Também foram ouvidas empreendedoras individuais ou autônomas, trabalhadoras informais e profissionais liberais que trabalham por conta própria.

Mulheres sofrem com os desafios diários

Embora muitas mulheres consigam obter resultados positivos com o empreendedorismo, vale destacar os desafios que elas enfrentam. Em resumo, há o preconceito de fornecedores, parceiros e clientes, que nem sempre respeitam as empreendedoras simplesmente pelo seu gênero.

Outro desafio é a dupla jornada. Em muitos casos, mulheres empreendedoras são casadas e mães. Isso quer dizer que elas precisam se desdobrar para realizar um bom trabalho tanto no empreendimento quanto em casa. Aliás, muitos ainda jogam as responsabilidades do lar para a mulher, mesmo se ela trabalhar fora de casa.

“As mulheres encontram no empreendedorismo uma forma de empoderamento, e estar à frente de cargos de liderança é um passo importante para a diminuição da desigualdade. No entanto, sabemos que se manter em um mercado competitivo e desafiador exige planejamento, tempo e recursos financeiros”, disse Cleber Genero, vice-presidente de PME da Serasa Experian.

Segundo as mulheres, elas têm uma sensação de receber menos oportunidade que os homens no mercado de trabalho. “Por isso, é fundamental que cada vez mais mulheres tenham a oportunidade de se preparar para ocuparem esses lugares”, acrescentou Genero.

publicidade

Leia Também: Taxa de juros deve continuar alta no Brasil, aponta ata do Copom

O post Quatro em cada dez mulheres empreendem em busca de independência financeira apareceu primeiro em Brasil123.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.