Connect with us

Sem categoria

Preço dos combustíveis devem ficar com duas casas decimais

Publicado

on

Amanhã (7), é o último dia para que postos em todo país se adequem à regra de exibir o preço dos combustíveis com duas casas decimais, e não mais com três, como ocorre atualmente. Essa mudança foi determinada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), por meio da Resolução nº 858/2021, publicada em novembro do ano passado.

De acordo com a ANP, o principal objetivo da mudança “é deixar o preço do combustível mais preciso e claro para o consumidor, além de estar alinhado com a expressão numérica da moeda brasileira”. Deste modo, os preços deverão ser exibidos com duas casas decimais tanto no painel de preços quanto nos visores das bombas abastecedoras.

Além disso, a ANP informa, que nas bombas o terceiro dígito poderá ser mantido, desde que marcando zero e travado no momento do abastecimento. “Dessa forma, os postos não precisarão trocar os módulos das bombas, o que poderia acarretar custos aos agentes econômicos”, justificou a agência.

Ao avaliar a situação, a agência diz que a mudança não implicará no aumento do valor final dos preços dos combustíveis, uma vez que a norma não trará “custos relevantes aos revendedores e nem restrições aos preços praticados”.

publicidade

Preço dos combustíveis

De acordo com uma pesquisa da ANP, o preço da gasolina disparou nas bombas e pode ser encontrado a R$ 8,599 o litro.  Mesmo assim, o combustível vale mais a pena que o etanol em praticamente todo o país.

Segundo o divulgado, entre os 418 municípios do país onde foram coletados dados dos dois combustíveis, apenas 4 é mais vantajoso escolher álcool a gasolina. Todos eles se encontram em Goiás, nas cidades de Trindade, Morrinhos, Águas Lindas de Goiás e Aparecida de Goiânia. Contudo, na média dos estados, essa troca não é vantajosa.

Na média dos mais de 4 mil postos pesquisados em todo o país pela ANP, o preço do litro do etanol representou 75,6% do valor da gasolina, o que representa vantagem para esta última. Importante lembrar, porém, que essa relação varia muito entre os postos e entre as cidades.

Qual mais vantajoso ? Etanol ou gasolina.

Para calcular a vantagem que o álcool tem sobre a gasolina, primeiramente é necessário considerar que o biocombustível tem, em média, 70% do poder calorífico da gasolina. Deste modo, para saber se o etanol mais é vantajoso ou não, basta multiplicar o valor do litro da gasolina por 0,7.

Assim, caso o valor resultante for menor que o do litro do etanol, é melhor abastecer com gasolina. Se for maior, o etanol é a melhor opção. Em outras palavras, se o preço do álcool for menor que 70% do preço da gasolina, o primeiro vale mais a pena. Se for maior, a gasolina deve ser escolhida

publicidade

Na bomba, para saber qual combustível vale mais a pena, o motorista deve multiplicar o valor do litro da gasolina por 0,7. Se o valor resultante for menor que o do litro do etanol, é melhor abastecer com gasolina. Se for maior, o etanol é a melhor opção.

Durante a semana terminada em 23 de abril, no levantamento sobre o preço dos combustíveis, o preço médio do litro da gasolina no país foi de R$ 7,270 na média do país. Já o preço do litro do etanol ficou em R$ 5,496. Em todos os estados e no Distrito Federal, o preço médio da gasolina foi mais competitivo do que o etanol.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.