Connect with us

Economia

Poupança segue tendo o pior rendimento da renda fixa

Publicado

on

A caderneta de poupança ainda é o investimento mais comum do Brasil. Segundo dados da ANBIMA, 80% dos investidores possuem dinheiro por lá, mesmo que o rendimento não seja o melhor. Contudo, mais uma vez ela vem perdendo para todos os outros produtos da renda fixa, incluindo aqueles que possuem a mesma segurança que ela.

Dessa forma, hoje vamos falar da poupança, como funcionam os rendimentos e o que explica a popularidade. Além disso, vamos dar opções de investimentos seguros e que rendem bem mais que a caderneta mais famosa do Brasil.

Os rendimentos da poupança

A poupança é o investimento mais popular do Brasil. Apesar disso, ela segue uma regra de rentabilidade que faz com que ela sempre perca para os outros ativos. Contudo, no atual cenário, as perdas são enormes, já que o investidor pode ganhar do dobro em outros títulos seguros. Por isso, especialistas dizem para tirar o valor de lá.

Isso porque a poupança possui duas formas de rendimento, que dependem do andamento da taxa Selic. Quando a Selic for maior que 8,5% ao ano, o rendimento é de 0,5% ao mês + Taxa Referencial. Essa é a atual rentabilidade, que fica próxima a 6,2% ao ano. Quando a Selic for menor ou igual a 8,5% ao ano, o rendimento é de 70% da Selic + Taxa Referencial.

publicidade

Diante disso, a rentabilidade atual da poupança está abaixo de todos os outros indicadores. Enquanto a Selic está em 13,25%, a inflação está em quase 12%. Por isso, diz-se que a caderneta tem um rendimento real negativo (valor investido mais os rendimentos, descontados da inflação).

Contudo, ela é bastante popular. Isso porque o governo criou uma política de fácil acesso ao investimento, com cartões de pagamentos. A ideia é financiar o Sistema de Habitação, que cuida da construção de empreendimentos voltados à população.

Foto: Reprodução

Mesma segurança, mas rendimentos maiores

Diante disso, é importante que o investidor saiba que outros produtos possuem rendimentos maiores. Além disso, dentre esses produtos, existem aqueles que possuem o mesmo risco, ou seja, que são pagos diretamente pelo governo do Brasil. Por isso, sair da poupança para rendimentos maiores não é difícil e muito menos arriscado.

Para começar, se você tem dinheiro na poupança, você pode buscar o Tesouro Selic. Nesse título, você empresta dinheiro diretamente ao governo – o mesmo que paga a sua poupança -, em troca de rendimentos ligados à taxa básica de juros. Hoje, esse título rende 13,25% ao ano.

publicidade

Além disso, é possível procurar fundos de investimentos DI, que buscam render a taxa CDI, que fica próxima à Selic. Nesses fundos é preciso cuidar do percentual das taxas. Ainda, opções de crédito privado, como CDB, LCI, LCA, contas digitais, entre outros, podem ser excelentes opções.

Contudo, vale lembrar que é preciso planejamento. Isso porque você deve entender o motivo do seu investimento. Se você precisa de saques rápidos ou se pode mantê-los por longos prazos. Além disso, é fundamental que você faça aportes constantes, de preferência mensalmente.

O post Poupança segue tendo o pior rendimento da renda fixa apareceu primeiro em Brasil123.

publicidade
publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.