Connect with us

Sem categoria

O que acontece se o trabalhador não sacar o saldo do FGTS?

Publicado

on

O saque extraordinário do FGTS começou a ser pago no dia 20 de abril. A organização do calendário é definida de acordo com o mês de nascimento de cada trabalhador. Neste momento, o valor máximo de saque permitido é de R$ 1.000 para cada conta.

Mas o que pode acontecer no caso de o trabalhador não realizar o resgate do FGTS durante o prazo permitido? Basicamente, se entende que o calendário de saque vai até o dia 15 de junho para os cidadãos nascidos até dezembro e que poderão realizar o resgate do FGTS por uma cota única.

Depois que o valor estiver disponível em conta, o trabalhador pode usar esse dinheiro para pagar as suas contas, usando o dinheiro na função débito, até mesmo fazer compras nos supermercados e em outros estabelecimentos. De acordo com o Governo Federal, cerca de R$ 30 bilhões vão ser liberados e injetados na economia.

Por onde será possível movimentar o dinheiro do FGTS?

A movimentação do dinheiro do FGTS vai ocorrer diretamente pelo aplicativo da Caixa Tem. Porém, desde já, o cidadão conta com a opção de não realizar o resgate do FGTS. Para isso, ele deve acessar o aplicativo do FGTS, ou então se dirigir a uma agência da Caixa Econômica Federal e informar que não deseja realizar o saque.

publicidade

Se o valor estiver disponível na poupança social digital e o cidadão escolher por não usar o valor do saque extraordinário, a partir do dia 15 de dezembro de 2022 essa quantia vai retornar para a conta do FGTS. O valor que não for resgatado do FGTS volta para a sua conta de origem e é corrigido de acordo com a inflação.

Isso mostra que o dinheiro que volta para a conta do trabalhador não irá lhe acarretar prejuízos, simplesmente pelo fato de não ter realizado o saque. Se o cidadão optar por retirar apenas uma parte do valor, o sistema vai entender que no final das contas ele teve interesse de realizar o saque.

Saque-aniversário do Fundo de Garantia: como aderir?

Sim, neste momento além da possibilidade de realizar o saque extraordinário do FGTS, os trabalhadores também podem tentar aderir ao Saque Aniversário. Para isso, é preciso acessar o FGTS junto à Caixa Econômica Federal ou se dirigir a uma agência do banco estatal.

A parcela máxima pode chegar a R$ 2.900,00, para contas que possuem um saldo acima de R$ 20.000,00. Quando os valores forem liberados na conta do trabalhador, o mesmo terá até três meses para realizar o saque. O período para saque será até dezembro de 2023.

Uma novidade em relação ao saldo do FGTS é que já é possível receber um extrato diretamente em sua casa, através de uma correspondência. É possível informar o seu endereço através da Internet, de uma agência da Caixa Econômica Federal ou pelo telefone 0800 726 01 01, ligação que pode ser feita sem custos.

publicidade

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.