Connect with us

Sem categoria

Moedas raras de R$ 0,50 e R$ 1 podem valer uma fortuna; veja como trocar

Publicado

on

O mercado de notas e moedas raras tem se destacado nos últimos dias. Isso porque, os numismatas, assim chamados os colecionadores desses itens têm oferecido altos valores para adquirem os bens valiosos.

Talvez você não saiba, mas é possível que tenha uma pequena fortuna em seu bolso ou carteira. Existem várias notas e moedas procuradas pelos colecionadores no momento, a ressaltar a moeda de R$ 1 e outra de R$ 0,50.

Moeda de R$ 1 pode valer até R$ 10 mil

Os colecionadores estão de olho nas moedas de R$ 1 criadas pelo Banco Central (BC) para as Olimpíadas do Rio. No entanto, a mais rara é a que representa a entrega da bandeira, feita para homenagear a passagem das Olimpíadas de Londres em 2012.

Em suma, a regra é: quanto mais antiga for a moeda mais cara e rara ela é. Segundo os meios digitais, como site e blogs, desses colecionadores, as moedas confeccionadas para as Olimpíadas do Rio 2016 podem custar até R$ 7 mil.

publicidade

Todavia, alguns numismáticos estão vendendo as moedas por valores inferiores. Isso porque, a moeda da entrega da bandeira possui 2 milhões de exemplares, já as demais, 20 milhões.

Além disso, é possível encontrar essas moedas na internet com valores variados de R$ 175 a R$ 300. As moedas de atletismo, mascotes Tom e Vinícius, natação e paratriatlo têm valores a partir de R$ 8.

Contudo, é importante informar que logo quando as moedas foram lançadas eram muito fáceis de serem encontradas, porém, com o passar dos anos e uso elas ficaram cada vez mais raras.

Moeda rara de R$ 0,50 centavos

O Banco Central realizou a produção de 40 mil unidades de moedas de R$ 0,50 com um erro gravíssimo, sem o número 0. O modelo circulou no país até 2012, quando o BC começou a retirá-la de circulação. No entanto, o banco não conseguiu encontrar todas as moedas.

Como o BC ainda não conseguiu recolher todas as unidades, há ainda alguns desses itens no bolso ou na carteira de alguém, ou mesmo circulando pelo país sem ninguém notar o erro. Contudo, caso possua a moeda, há colecionadores que podem pagar até R$ 700 para tê-la em suas coleções.

publicidade

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.