Connect with us

Direitos do Trabalhador

Mais de 22 milhões receberão auxílios sociais em agosto, diz Governo

Publicado

on

Mais de 22 milhões de brasileiros deverão receber algum auxílio social do Governo Federal neste mês de agosto. A projeção foi feita pelo Ministério da Cidadania no final da última semana. As pessoas receberão benefícios como o Auxílio Brasil, o vale-gás nacional, o Pix Caminhoneiro e o auxílio-taxista. Há ainda projetos de descontos como a Tarifa Social de Energia Elétrica.

O programa que abocanha a maior parte do número de usuários é o Auxílio Brasil. Segundo informações do Ministério da Cidadania, mais de 18,3 milhões de pessoas estão aptas ao recebimento do benefício social, considerando os dados de julho. Vale lembrar que o Governo pretende elevar o patamar para mais de 20 milhões neste mês de agosto.

Há ainda outras nuances que precisam de consideração nestes números. De acordo com o Ministério da Cidadania, mais de 5 milhões de brasileiros receberão o vale-gás neste mês. Entretanto, o dado não deve ser somado aos 20 milhões do Auxílio Brasil, porque quem recebe o primeiro, precisa obrigatoriamente receber o segundo. Assim, um mesmo cidadão recebe os dois benefícios.

Também é preciso considerar que alguns números ainda não estão oficialmente fechados. O Governo ainda está realizando as seleções para o Pix Caminhoneiro, que pode atender quase 900 mil pessoas. A quantidade de motoristas de táxi selecionados para o auxílio-taxista é ainda mais incerta. O Ministério do Trabalho ainda não terminou de receber os envios dos dados das prefeituras sobre o tema.

publicidade

Mesmo que se confirme o dado de que o Brasil contará com mais de 20 milhões de pessoas recebendo benefícios sociais em agosto, este ainda não será um recorde de beneficiários. Dados do Ministério da Cidadania apontam que nos primeiros meses de pandemia em 2020, o Auxílio Emergencial chegou a ser pago diretamente para quase 70 milhões de indivíduos.

Mudanças na próxima semana

As alterações nos programas sociais do Governo Federal acontecem em um contexto de aprovação da chamada PEC dos Benefícios. O texto já foi aprovado e promulgado pelo Congresso Nacional ainda no último mês de julho.

O documento prevê uma série de alterações no sistema de liberações dos programas sociais brasileiros. O Auxílio Brasil, o vale-gás nacional e o Pix Caminhoneiro começam os seus pagamentos no próximo dia 9 de agosto.

Já o auxílio-taxista deverá demorar mais um pouco para sair do papel. Em entrevista recente, o Ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, adiantou que o plano é começar os pagamentos do programa ainda no próximo dia 16 de agosto.

Viés eleitoral dos auxílios

Parte da oposição acusa o Governo Federal de aplicar os aumentos em seus auxílios sociais apenas por causa da proximidade das eleições deste ano. O Planalto, por sua vez, nega a acusação e diz que não há interesse eleitoral nos aumentos.

publicidade

A maioria dos eleitores brasileiros parece acreditar que o Governo só aumentou o valor por causa das eleições. Ao menos é o que mostra uma nova pesquisa do instituto Datafolha, que revela que 61% vê motivação eleitoral nas mudanças.

Ainda de acordo com o levantamento, outros 6% afirmam que o Governo está preocupado com as eleições, mas aproveitou o momento para ajudar os mais pobres. Para 31%, o aumento nos auxílios tem apenas um interesse em ajudar os mais necessitados.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Generated by Feedzy