Connect with us

Direitos do Trabalhador

Imposto de Renda: mais de 20 milhões já enviaram declaração

Publicado

on

Mais de 20 milhões de brasileiros já enviaram a declaração do Imposto de Renda neste ano de 2022. Os dados foram divulgados pela própria Receita Federal e consideram os números colhidos até às 11h da última segunda-feira (9). Ao todo, se espera que mais de 34 milhões de pessoas enviem os documentos oficiais.

Quem ainda não enviou a declaração, pode realizar o procedimento até o final deste mês de maio. A data final para o envio é o próximo dia 31. O cidadão que não enviar a documentação até o final do prazo terá que pagar uma multa que pode corresponder até a 20% do valor do Imposto devido oficialmente.

Até aqui, a Receita Federal estima que mais de 60% dos brasileiros que devem enviar a declaração, já realizaram o envio. Os outros 40% ainda não realizaram a declaração. Especialistas seguem indicando que os usuários que realizam o processo mais cedo, possuem mais chances de evitar possíveis problemas.

Ao mesmo passo, quem deixa o envio apenas para última hora, corre risco de passar por problemas. A Receita Federal alerta que os últimos dias do prazo costumam congestionar o sistema do aplicativo. Assim, as pessoas poderão correr o risco de perder o prazo final e ter que pagar uma multa.

publicidade

O cidadão que precisa declarar o Imposto de Renda tinha até o dia 10 de maio para optar pela declaração por débito automático da 1ª ou cota única. Desde então, o contribuinte precisará realizar o pagamento desta cota inicial através da emissão de um DARF. Depois do dia 10, ele poderá usar o débito automático apenas nas demais cotas.

A restituição

Embora a Receita Federal tenha optado pela alteração no prazo final de entrega da declaração do Imposto de Renda, o fato é que o calendário da restituição segue o mesmo e não passou por nenhuma alteração até aqui.

A expectativa é de que o primeiro lote seja pago já no dia 31 de maio, ou seja, a data final da entrega da declaração. O plano da Receita Federal é criar uma fila virtual com os nomes de todas as pessoas que podem receber a restituição.

Indivíduos que declararam o Imposto de Renda nas primeiras datas possuem mais chances de receber a restituição logo nas primeiras parcelas. Ao mesmo passo, quem deixa para a última hora, deve receber o dinheiro nas últimas parcelas apenas nas últimas datas, considerando que o cidadão tenha direito ao programa.

Quando a minha restituição vai sair

Segundo informações da própria Receita Federal, não é possível saber quando será a data do recebimento da sua restituição do Imposto de Renda. Embora exista uma fila virtual sobre o tema, o fato é que é necessário esperar pela decisão final.

publicidade

O calendário das restituições é o seguinte:

1° Lote – 31 de maio
2° Lote – 30 de junho
3° Lote – 29 de julho
4° Lote – 31 de agosto
5° Lote – 30 de setembro

Para saber em qual dia se encaixa, o cidadão precisa realizar a consulta exatamente no dia anterior à liberação do lote. Assim, ele saberá se estará ou não dentro da folha de pagamentos do dia seguinte.

publicidade
publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.