Connect with us

Direitos do Trabalhador

Governo aumenta valor e número de usuários do vale-gás em junho

Publicado

on

Nesta sexta-feira (17), o Governo dá início aos pagamentos da quarta liberação do vale-gás nacional. Antes mesmo do início dos repasses, já é possível saber alguns detalhes desta próxima rodada. Já nesta semana, o Ministério da Cidadania revelou que o programa aumentou. O número de usuários e o valor pago por beneficiário serão elavados neste mês.

Valor

Primeiramente, vamos aos valores. Segundo o Ministério da Cidadania, os cidadãos que fazem parte do vale-gás nacional receberão R$ 53 neste mês de junho. Em abril, quando o Governo Federal realizou o último pagamento do programa, o repasse universal foi de R$ 51 por família. Estamos falando, portanto, de um aumento de R$ 2.

A elevação aconteceu por causa do aumento da média nacional do preço do botijão de gás de 13kg. No início do mês, a Agência Nacional de Petróleo (ANP) anunciou que a média atual está na casa dos R$ 105. Em tese, o Governo precisa pagar ao menos a metade deste patamar, o que daria um pouco mais de R$ 52 por pessoa. Assim, eles decidiram arredondar o saldo para a casa dos R$ 53.

Trata-se, portanto, do maior valor pago no vale-gás desde o início dos pagamentos do programa social. Até aqui, o Planalto realizou quatro liberações que giravam sempre entre R$ 50 e R$ 52. De todo modo, o aumento não deve ser muito percebido pelos usuários, já que a elevação do pagamento acompanha um aumento do preço do botijão.

publicidade

O número de usuários

O Ministério da Cidadania também anunciou que o número de usuários do programa aumentará se compararmos com os dados de abril. Naquela ocasião, estima-se que pouco mais de 5,39 milhões de brasileiros tenham recebido o benefício. Em junho, o número subirá para a casa dos 5,68 milhões, de acordo com a pasta.

Estamos falando de uma elevação de pouco menos de 30 mil cidadãos. São pessoas que ainda não tinham recebido nenhum pagamento do benefício, mas que poderão receber a primeira parcela do vale-gás nacional neste mês de junho.

Embora o Ministério da Cidadania tenha confirmado o aumento, ele ainda não será suficiente para recuperar as perdas recentes. Dados da própria pasta apontam que pouco mais de 200 mil pessoas perderam o direito de receber o benefício entre os meses de fevereiro e abril deste ano.

Além disso, a reposição de junho passou longe de ser suficiente para zerar a fila de espera. Dados do Congresso Nacional apontam que pouco mais de 24 milhões de pessoas têm direito de receber o benefício. Destas, mais de 18 milhões estão esperando pela vaga.

O Vale-gás nacional

O vale-gás nacional é um projeto criado e aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) ainda no final do ano passado. Os pagamentos do programa social começaram em dezembro de 2021 para pouco mais de 10 mil pessoas.

publicidade

Desde o início deste ano, mais de 5 milhões de brasileiros passaram a receber o montante, que é sempre pago bimestralmente, ou seja, a cada dois meses. Os depósitos do vale-gás são feitos sempre apenas nos meses pares.

Para receber o benefício, é necessário ter uma renda per capita de até meio salário mínimo, ou seja, R$ 606. Além disso, também é preciso ter um cadastro ativo e atualizado do Cadúnico e/ou ser usuário do Benefício de Prestação Continuada (BPC) do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.