Connect with us

Economia

Conheça os principais tipos de risco

Publicado

on

Risco é qualquer incerteza que possa atrapalhar um determinado plano a ser bem-sucedido. Com isso, um risco pode ser mensurado pela probabilidade de ocorrência e pelo impacto que isso pode causar nas expectativas atribuídas.

Nesse sentido, vamos abordar os principais tipos de riscos relacionados ao mercado, riscos que o investidor pode enfrentar diariamente em suas decisões e que precisam ser pensados a partir do processo de suitability que será melhor explicado no final.

Risco de crédito

Assim, o risco de crédito está relacionado a possíveis perdas quando o emissor de um título de dívida não honra devidamente seus compromissos, pela incapacidade financeira. Nesse sentido, está naturalmente presente nos títulos de renda fixa.

Além disso, existem agências responsáveis por mensurar esse risco, as famosas agências de rating, como a Standard and Poor ‘s, e a Moody’ s, elas atribuem uma avaliação que, na prática, representa uma probabilidade de pagamento de um emissor de dívidas.

publicidade

Alguns exemplos importantes de títulos de renda fixa que apresentam esse risco de crédito são:

CDB e LCI: nesse caso, o emissor do título é o banco que está tomando recursos do investidor. Debêntures e notas promissórias: O emissor, nesse caso, é uma empresa não financeira.

Risco de mercado: sistemático e não sistemático

Esse risco se caracteriza pelas oscilações de preços ou valor de títulos e valores mobiliários, oscilações essas que podem ocasionar em perdas ou ganhos para o investidor. Com isso, há dois tipos fundamentais de riscos presentes em ativos de renda variável.

Risco Sistemático: esse risco decorre de diversos fatores macroeconômicos, como variação na taxa de juros, câmbio ou qualquer outra variável que possa afetar a economia como um todo, logo ele não pode ser mitigado através de diversificação

Enquanto isso, o  não sistemático pode ser mitigado através da diversificação, esse risco é aquele que está atrelado a fatores específicos da companhia ou de um setor econômico. Com isso, pode ser reduzido com diversificação da carteira através da compra de diferentes ativos do mercado

publicidade

De liquidez

Primeiro é preciso entender o conceito de liquidez, que é a facilidade com que está associado um processo de compra/venda de um ativo sem que isso afete de maneira substancial o preço desse ativo.

Dessa forma, o risco de liquidez surge quando o investidor não consegue finalizar uma negociação pelo preço justo de mercado, seja pelo alto volume, seja pela baixa demanda em relação a esse ativo em questão.

Nesse sentido, isso pode afetar o investidor de duas formas, mais precisamente, primeiro, este pode não obter o valor justo de mercado para um determinado ativo, outro ponto é que há o risco de não haver referência de preços, comprometendo assim a marcação a mercado no caso de ativos financeiros.

Adequação ao investidor: Suitability

Esse é um processo que deve ser realizado para garantir que obrigatoriamente os produtos ofertados ao investidor estão condizentes com o perfil de investidor do cliente. Nesse sentido, esse processo busca entender algumas questões:

Se o serviço financeiro está adequado ao objetivo do cliente

publicidade

Se a situação financeira do cliente é compatível com o produto ofertado

Se o cliente possui conhecimento necessário para compreender o risco relacionado ao produto, serviço ou operação.

O post Conheça os principais tipos de risco apareceu primeiro em Brasil123.

publicidade
publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Generated by Feedzy